conecte-se conosco


Polícia Federal

Polícia Federal faz apreensão de pasta base de cocaína em Macapá/AP

Publicado

Polícia Federal


.

Macapá/AP – A Polícia Federal apreendeu na tarde da terça-feira (22/9) um pacote contendo cerca de cinco quilos de pasta base de cocaína em Macapá/AP. O entorpecente foi encaminhado da cidade de Porto Velho/RO com destino à Macapá/AP. A Polícia Federal dará continuidade as investigações para identificação dos envolvidos no crime. Os investigados poderão responder, na medida de suas responsabilidades, pelos crimes de tráfico interestadual de drogas, e, se condenados, poderão cumprir pena de até 15 anos de reclusão.

 

Comunicação Social da Polícia Federal no Amapá

[email protected] | www.pf.gov.br

Fone: (96) 3213-7500

Comentários Facebook
Veja Também  Operação Alforria combate trabalho escravo na região metropolitana de Porto Alegre/RS

Polícia Federal

PF investiga crime eleitoral no Crato/CE

Avatar

Publicado


Juazeiro do Norte/CE – A Polícia Federal cumpriu nesta quinta-feira (29/10) um mandado de busca e apreensão (MBA) na cidade do Crato/CE, com o objetivo de apurar crime de captação ilícita de sufrágio, a popular compra de votos, inscrito no artigo 299 do Código Eleitoral, que prevê penas de até quatro anos de reclusão.

A investigação procura identificar possível distribuição de dinheiro para compra de votos. As investigações prosseguem para a apuração dos fatos.

Até o momento não houve prisão.

 

Comunicação Social da Delegacia da Polícia Federal em Juazeiro do Norte – CE

 Contato : (88) 9.9921-0625 / 3311-3232

Comentários Facebook
Veja Também  PF atua contra a comercialização de moedas falsas em Curitiba
Continue lendo

Polícia Federal

PF atua contra a comercialização de moedas falsas em Curitiba

Avatar

Publicado


Curitiba/PR – A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (29/10) a Operação Troco Fajuto, com o objetivo de investigar a aquisição de cédulas falsas comercializadas pela internet. Foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão.

As investigações partiram após uma prisão em flagrante realizada em novembro de 2019, que localizou a entrega de uma remessa de cédulas falsas, via Correios, a um motorista de aplicativos que pretendia utilizar os valores para venda a outros motoristas ou como troco para os usuários do aplicativo.

Os investigados poderão responder pelo crime de comércio de moeda falsa, cuja pena pode chegar a 12 anos de reclusão e multa.

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Curitiba/PR

Telefone: (41) 3251-7813

Comentários Facebook
Veja Também  PF investiga crime eleitoral no Crato/CE
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana