conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil prende suspeito e esclarece tentativa de latrocínio com motivação passional

Publicado

Policial


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

O autor de uma tentativa de homicídio ocorrida no início do mês de setembro em Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá) teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Civil, nesta quarta-feira (23.09), após ser identificado em investigações da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos do município. A arma de fogo, as roupas e outros objetos relacionados ao crime também foram apreendidos durante cumprimento de buscas nos endereços do investigado.

O crime inicialmente tratado como tentativa de latrocínio ocorreu no dia 05 de setembro na região central de Rondonópolis. Na ocasião, a vítima, de 47 anos, estava em uma motocicleta de alta cilindrada, quando parou no semáforo e foi alvejado por disparos de arma de fogo pelo condutor de outra motocicleta, uma Honda Fan, de cor preta.

A vítima, atingida por um disparo nas costas, foi socorrida e no trajeto para hospital disse que o autor do disparo havia pedido a sua mochila, caracterizando possível tentativa de latrocínio. A equipe da Derf Rondonópolis assumiu as investigações e imediatamente iniciou as diligências para identificar a autoria do crime.

Veja Também  Suspeito é detido logo depois de furtar lojas de shopping em Várzea Grande

Durante os trabalhos, surgiu uma nova linha de investigação que apontava possível crime de natureza passional, de tentativa de homicídio. Com base na possibilidade, foram colhidas imagens de câmeras de segurança que mostravam o suspeito perseguindo a vítima pela cidade, além de serem realizadas diligências de campo e campanas que resultaram na identificação do principal suspeito do crime.

Diante das evidências, o delegado Santiago Rozendo Sanches, representou pelos mandados de prisão e de busca e apreensão em três endereços ligados ao suspeito, os quais foram deferidos pela Justiça.

Durante o cumprimento das buscas, os policiais apreenderam no interior veículo Volkswagen Gol do investigado, debaixo do banco do motorista, um revólver calibre 38, com seis munições, cinco intactas e uma picotada.

Em outro endereço do suspeito, foram apreendidas mais nove munições intactas e duas deflagradas, além das roupas, capacetes, calçado, uma caixa de entrega preta e vermelha,  utilizados no dia do crime. Os aparelhos celulares do suspeito e da sua esposa também foram apreendidos.

Veja Também  PM recupera caminhão com 22 cabeças de gado avaliada em R$ 50 mil em Juscimeira

Após o cumprimento dos mandados, o irmão do suspeito compareceu à Derf e entregou a motocicleta Honda Fan, preta, utilizada no dia do crime, a qual estava com o lacre rompido. Interrogado pelo delegado Santiago Rozendo Sanches, o investigado confessou a autoria da tentativa de homicídio, assim como a motivação passional do crime.

Depois de todos os procedimentos de praxe, o preso será encaminhado para o Penitenciária Regional Major Eldo Sá, a disposição da Justiça.

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook

Policial

Condenado por homicídio, homem é localizado pela Polícia Civil em área rural de Juruena

Avatar

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Em diligências no interior do estado, policiais civis da Gerência Estadual de Polinter e Capturas (Gepol) prenderam mais um foragido da Justiça, que era procurado pelo crime de homicídio qualificado. O foragido foi localizado nesta sexta-feira (23) em uma área no município de Juruena (880 km a noroeste de Cuiabá).

 Após receber a ordem judicial de prisão, os policiais passaram a realizar as investigações para localizar o fugitivo. Os investigadores apuraram que o foragido, de 31 anos, poderia estar escondido em uma região de mata densa na zona rural entre os municípios de Juara, Juína e Juruena.

Depois de percorrer vários quilômetros em locais de difícil acesso, a equipe da Polinter conseguiu localizar o homem na altura do quilometro 45, da MT-174, conduzindo um veículo Chevrolet Vectra.

Após acompanhamento tático, os investigadores realizaram a abordagem e, em um primeiro momento, o homem se identificou com nome diverso do que constava no mandado judicial.  Porém, ao ser reinquirido pelos policiais, ele revelou seu verdadeiro nome e recebeu voz de prisão.

Veja Também  PM recupera caminhão com 22 cabeças de gado avaliada em R$ 50 mil em Juscimeira

Ao ser questionado se tinha arma de fogo, ele revelou que possuía uma arma longa em sua residência. Na casa, os policiais  localizaram o armamento e 82 munições de calibre 22 e mais 12 cartuchos intactos de calibre 32.

O preso foi encaminhado à delegacia da Polícia Civil para apresentação à autoridade policial e registro do cumprimento da prisão.

O mandado de prisão foi expedido pela 1ª Vara Criminal da Comarca de Sinop, por sentença penal condenatória de 14 anos por homicídio qualificado, cometido por motivo torpe ou circunstâncias que impossibilitaram a defesa da vítima.

O crime ocorreu em fevereiro de 2011 após uma discussão entre o réu e a vítima ocorrida por conta de uma dívida contraída após a aquisição de uma motocicleta. O réu tem antecedentes criminais pelos crimes de corrupção ativa, furto qualificado e estelionato.

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Em barreira, policiais percebem motorista manuseando pistola enquanto dirigia

Avatar

Publicado


Policiais militares da 21ª Companhia encaminharam à delegacia na noite desta sexta-feira (23.10), um homem por porte ilegal de arma de fogo, na área central da capital.

Os agentes participavam de uma barreira policial montada entre as Avenidas da Prainha e Coronel Escolástico, na subida do Morro da Luz, quando perceberam o motorista do GM Vectra prata, manuseando uma arma de fogo enquanto dirigia.

Foi solicitada ordem de parada, obedecida. Dentro do carro, os policiais encontraram debaixo do banco do motorista uma pistola calibre 380 e uma maleta com três carregadores.

O carro também foi apreendido e encaminhado ao pátio da Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob).

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Veja Também  Condenado por homicídio, homem é localizado pela Polícia Civil em área rural de Juruena
Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana