conecte-se conosco


Saúde

Mortes por Covid-19 já são 33,9 mil no estado de São Paulo

Publicado

Saúde


source
Coronavírus em São Paulo
Agência Brasil/Rovena Rosa

Secretaria estadual atualiza dados da Covid-19 em SP

De acordo com boletim atualizado nesta segunda-feira (21) pela Secretaria Estadual de Saúde, o estado de São Paulo notificou 2.032 novos casos da Covid-19 em um dia, contabilizando agora 937.332 casos desde o início da pandemia. Ainda segundo o boletim, 33.984 mortes foram causadas pela doença no estado.

São Paulo apresenta uma queda gradual da média móvel, apontando uma discreta regressão da pandemia. De acordo com o secretário de saúde, Jean Gorinchteyn, “estamos na nona semana consecutiva na queda de internações do estado”, com mais de 800 mil considerados recuperados. “Mas ainda não podemos esquecer: estamos em quaretena”, completou o secretário.

Existem, no estado, 5.127 pessoas internadas em enfermarias com diagnóstico de suspeita ou confirmação para Covid-19. 3.945 pacientes estão nas unidades de terapia intensiva, em casos considerados graves. A lotação dos leitos de UTI é de 47,7% no estado e 47% na região metropolitana da capital.

Veja Também  Brasil se aproxima das 160 mil mortes por Covid-19; média móvel é de 438 óbitos
Fonte: IG SAÚDE

Comentários Facebook

Saúde

Anvisa recebe primeiros documentos da vacina russa Sputnik V contra a Covid-19

Avatar

Publicado


source
vacina
Fundo de Investimento Direto da Rússia/Reuters

Vacina produzida na Rússia deve realizar testes em estados brasileiros

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recebeu, na quarta-feira (29), os documentos prévios que tratam da vacina Sputnik V, produzida na Rússia. De acordo com a agência, porém, esse “ainda não é um pedido formal”.

A Anvisa deve autorizar as pesquisas clínicas com testes em humanos no Brasil, que serão realizados em parceria entre o Instituto Gamaleya, da Rússia, e os governos do Paraná e Bahia. Uma reunião técnica ainda deve ocorrer antes da formalização dos documentos.

“Os documentos foram enviados pelo laboratório União Química com um pedido de avaliação prévia da documentação pela Anvisa, antes que o laboratório faça o pedido formal com todos os requisitos necessários”, informou a agência em nota.

Fonte: IG SAÚDE

Comentários Facebook
Veja Também  Brasil se aproxima das 160 mil mortes por Covid-19; média móvel é de 438 óbitos
Continue lendo

Saúde

Campanha Nacional de Vacinação contra a Pólio termina hoje

Avatar

Publicado


Crianças com idade de 1 a 5 anos têm até esta sexta-feira (30) para receberem a vacina contra a poliomielite, dia do encerramento da Campanha Nacional de Vacinação contra a doença. Segundo dados preliminares das secretarias estaduais de Saúde, 4,9 milhões de crianças foram vacinadas contra a paralisia infantil desde o início da mobilização, no dia 5 de outubro.

Até agora, cerca de 6,3 (55,9%) milhões de crianças ainda não foram vacinadas contra a doença. O público-alvo estimado é de 11,2 milhões de crianças de 1 a de 5 anos de idade. A recomendação aos estados que não atingirem a meta é continuar com a vacinação de rotina, oferecida durante todo o ano nos mais de 40 mil postos de saúde distribuídos pelo país.

Faltam, portanto, vacinar 7,3 milhões de crianças para que se atinja a meta de imunizar 11,5 milhões do público-alvo. A campanha teve início no dia 5 de outubro e está ocorrendo simultaneamente à campanha de multivacinação, que tem por objetivo atualizar a situação vacinal de crianças e adolescentes menores de 15 anos de idade.

Veja Também  Campanha Nacional de Vacinação contra a Pólio termina hoje

A maior cobertura, até o momento, foi registrada entre as crianças de dois anos de idade (45%), enquanto a menor entre as crianças 3 anos de idade (43%). O Amapá registrou é o estado com o maior índice de vacinação contra a poliomielite no país (76,4%), seguido de Pernambuco (64%) e da Paraíba (61%). Rondônia, com 17,3%, tem a menor cobertura vacinal.

Até o momento, 646 municípios (11,5%) atingiram a meta de 95% de crianças vacinadas. Os dados são preliminares e os municípios têm até o fim de novembro para registrar as doses aplicadas no sistema de informações do Ministério da Saúde.

“Entre o público-alvo da vacinação, a maior cobertura, até o momento, foi registrada entre as crianças de 2 anos de idade (35,33%) e a menor cobertura foi entre as crianças de 3 anos (34,23%). Não existe tratamento para a poliomielite e a única forma de prevenção é a vacinação. A vacina oral de poliomielite (VOP) protege contra dois sorotipos do poliovírus (1 e 3) e a vacina inativada (VIP), contra os três sorotipos (1, 2 e 3)”, informou por meio de nota o ministério.

Veja Também  Saúde lança plano de ampliação da vigilância epidemiológica

Ainda de acordo com a pasta, é recomendado que crianças com infecções agudas, com febre acima de 38ºC ou com hipersensibilidade a algum componente da vacina, sejam avaliadas pelo serviço de saúde antes de tomarem a vacina. O ministério, no entanto, garante que a vacina “é extremamente segura e possui eficácia entre 90% e 95% para a VOP”.

*Com informações do Ministério da Saúde

Edição: Aécio Amado

Fonte: EBC Saúde

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana