conecte-se conosco


PANDEMIA DO CORONAVÍRUS

Mato Grosso registra 112.817 casos e 3.262 óbitos por Covid-19

Publicado

Geral

Assessoria

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste sábado (19.09), 112.817 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 3.262 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 617 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 112.817 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 15.756 estão em isolamento domiciliar e 93.026 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 252 internações em UTIs públicas e 272 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 60% para UTIs adulto e em 31% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19, estão: Cuiabá (22.326), Várzea Grande (8.423), Rondonópolis (7.933), Lucas do Rio Verde (5.237), Sorriso (4.820), Tangará da Serra (4.635), Sinop (4.549), Primavera do Leste (3.654), Campo Novo do Parecis (2.553) e Cáceres (2.355).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

Veja Também  Garoto de 14 anos pega carro escondido dos pais e morre ao bater de frente em caminhão

O documento ainda aponta que um total de 91.064 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 974 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na última sexta-feira (18), o Governo Federal confirmou o total de 4.495.183 casos da Covid-19 no Brasil e 135.793 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 134.935 óbitos e 4.455.386 casos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados de sábado (19).

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

Veja Também  MT1 e Cadeia Neles brigam pela liderança na audiência; Ibope derruba apresentador

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Comentários Facebook

Geral

Professor da Universidade Federal de Mato Grosso morre após não resistir à covid-19

Abdalla Zarour

Publicado

O professor da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Edmundo Souza, morreu vítima da covid-19, neste sábado (24). Ele estava internado há vários dias em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e amigos tinham feito vaquinha virtual para ajudar a família.

Não foi informado se o paciente tinha comorbidades. O comunicado da morte foi feito em um grupo em rede social, que ressalta tradições cuiabanas e recebeu centenas de mensagens de despedida.

Edmundo Souza passou a dar aula na UFMT em 1981 e foi o precursor da capoeira em Cuiabá. Ele passou por vários setores e foi responsável pelas disciplinas de Teoria e Prática do Futebol e Estágio Supervisionado.

Comentários Facebook
Veja Também  Prefeitura divulga normas para dia de finados e edita novo decreto flexibilizando serviços não essenciais
Continue lendo

Geral

Mato Grosso registra 140.244 casos e 3.782 óbitos por Covid-19

Avatar

Publicado

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste sábado (24.10), 140.244 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 3.782 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 443 novos casos de coronavírus no Estado. Dos 140.244 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 13.958 estão em isolamento domiciliar e 121.964 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 182 internações em UTIs públicas e 167 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 45,50% para UTIs adulto e em 19% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (28.110) Rondonópolis (10.361), Várzea Grande (9.879), Sinop (6.874), Sorriso (6.201), Lucas do Rio Verde (5.850), Tangará da Serra (5.632), Primavera do Leste (4.816), Cáceres (3.438) e Campo Novo do Parecis (2.866).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

Veja Também  Entrega da UBS do Jardim Eldorado eleva 51% cobertura da atenção primária

O documento ainda aponta que um total de 112.771 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 1.261 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na última sexta-feira (23), o Governo Federal confirmou o total de 5.353.656 casos da Covid-19 no Brasil e 156.471 óbitos oriundos da doença.

No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 5.323.630 casos da Covid-19 no Brasil e 155.900 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados de sábado (24).

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus.

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus.

A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

Veja Também  Emanuel "revida" Roberto França e Abílio Júnior e "ataca" adversários

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana