conecte-se conosco


Esportes

Renato Portaluppi completa quatro anos como treinador do Grêmio

Publicado

Esportes


.

Nesta sexta-feira (18), Renato Portaluppi completa quatro anos à frente do Grêmio. É a terceira passagem do treinador pelo clube e a mais longeva, desde que foi campeão do mundo como jogador. A conquista de 1983, lhe valeu inclusive uma estátua em sua homenagem na esplanada da Arena do Tricolor Gaúcho, na capital Porto Alegre (RS). Apesar de ídolo, surgem cada vez mais críticas entre os torcedores e rumores de que mais um técnico pode perder o cargo no recém-iniciado Campeonato Brasileiro, independente do tempo e dos serviços prestados.

“Os próximos jogos contra o Fortaleza e o arquirrival Internacional pela Libertadores da América serão decisivos”, acredita Waldir Luiz, comentarista da Rádio Nacional. Ele destaca ainda a vitoriosa passagem de Renato pelo Imortal. “Em 2016, ganhou a Copa do Brasil, recuperando um time meio esfacelado. No ano seguinte, a Libertadores da América e, agora, levou o terceiro título consecutivo no estadual”.

Durante coletiva hoje (18), o presidente do clube Romildo Bolzan reiterou sua convicção no trabalho de Portaluppi. No entanto, o treinador foi enfático ao comentar as críticas recentes. “Se achar que estou atrapalhado, vou ser o primeiro a sair. Ainda mais no clube que amo, que me dedico há quatro anos. Quando não estiver me sentindo bem vou ser o primeiro a sair. Resolvo em dois minutos, afirmou.

O tricampeonato gaúcho conquistado recentemente diante do Caxias do Sul era um feito que não acontecia há 32 anos. Contudo, a queda de rendimento no Brasileirão e a derrota na última quarta-feira (16) para os chilenos da Universidad Católica no retorno da Copa Libertadores, aumentaram a pressão sobre o treinador. O grupo de cerca de 50 torcedores que foi ao aeroporto no dia seguinte recepcionar o time, deixaram o recado, “Não é mole não, ganhar Gre-Nal virou obrigação”.

Veja Também  Série C: Paysandu vence Treze e respira no grupo A

O jornalista Márcio Guedes, comentarista da TV Brasil,  lembra que a permanência de um treinador tanto tempo no cargo contraria as estatísticas nacionais. Em 2020, em dez rodadas, sete técnicos já foram demitidos na Série. Antes da sequência de títulos gremistas, Renato só havia conquistado uma Copa do Brasil pelo Fluminense, em 2007. “Ele provou que é um profissional de bom nível e que vem evoluindo. Não se trata de um grande estrategista, mas tampouco de um técnico fraco. Agora, as últimas atuações do time são sofríveis. Há desgaste físico e houve a perda de Luan e Everton Cebolinha”.

Para Mário Silva, cronista esportivo da Rádio Nacional, existe uma conjuntura negativa. “Além de perder jogadores importantes, muito tempo no comando cria um desgaste natural. Também falta dinheiro, por conta da pandemia, para maiores investimentos. A mudança é possível e faz parte da nossa mentalidade:  nós não somos britânicos”, ressaltou Silva, em alusão ao escocês Alex Ferguson, que ficou 27 anos no comando do Manchester United, e se sagrou o maior campeão de todos os tempos.

Veja Também  Pelé agradece mensagens de felicitação por seus 80 anos

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Comentários Facebook

Esportes

Com retrospecto favorável, Internacional encara Flamengo no Beira-Rio

Avatar

Publicado


O Internacional encara o Flamengo neste domingo (25), às 18h15 (horário de Brasília) no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS), pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os colorados levam ampla vantagem contra os rubro-negros atuando como mandante. A Rádio Nacional transmite a partida.

Levando em consideração somente partidas disputadas pelo Brasileirão no formato de pontos corridos, desde 2003, em 16 embates, os cariocas venceram apenas uma vez na condição de visitantes. Já os gaúchos triunfaram em 11 oportunidades e quatro jogos terminaram empatados. Além disso, o retrospecto positivo também fica demonstrado no número de gols marcados nos confrontos: 27 a 7 a favor dos donos da casa. No ano passado, quando o Flamengo levou a taça de campeão Brasileiro, o Internacional venceu por 2 a 1 no Beira-Rio.

A única derrota do Inter foi em 2015. Na ocasião, o Flamengo venceu por 2 a 1. O gol da vitória foi marcado pelo peruano Paolo Guerrero, que atualmente defende o Colorado. O jogador se recupera de lesão no joelho direito sofrida em agosto, na derrota por 2 a 1 para o Fluminense no Maracanã. A previsão para que Guerrero volte a defender as cores do clube gaúcho é apenas no ano que vem.

Entretanto, apesar das lembranças negativas fora de casa, o último duelo, que terminou empatado por 1 a 1 na Libertadores, teve sabor de vitória para os rubro-negros. Mesmo com placar em igualdade, o Flamengo eliminou o Internacional nas quartas de final da competição continental, após vencer o jogo de ida por 2 a 0 no Maracanã.

Veja Também  Série B: América-MG supera Confiança e assume vice-liderança

Duelo de artilheiros

O meio-campista Thiago Galhardo é a maior esperança de gols do Internacional. Artilheiro do Brasileirão, tendo balançado 14 vezes as redes dos adversários, o jogador marcou a metade dos gols feitos dos colorados na competição. Com 28 gols, a equipe gaúcha tem o terceiro melhor ataque do campeonato, atrás somente de Flamengo, que fez 30, e Atlético-MG, com 31.

Pelo lado da equipe rubro-negra o atacante Pedro tem mostrado que a pontaria está afiada, ocupando o posto de artilheiro do clube no Campeonato Brasileiro com oito gols marcados.

Transmissão da Rádio Nacional

A partida entre Internacional e Flamengo será transmitida ao vivo pela Rádio Nacional, com narração de André Luiz Mendes, comentários de Waldir Luiz e reportagem de Rafael Monteiro. O Show de Bola Nacional começa as 18h. Você escuta a Rádio Nacional aqui:

Veja Também  Série D: Bangu vence Toledo e retorna ao G4 do grupo 7

Confira aqui a classificação atualizada do Campeonato Brasileiro.

Edição: Fábio Lisboa

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

LNF: em meio a maratona, Joinville recebe esperançoso Foz Cataratas

Avatar

Publicado


Garantido no mata-mata da Liga Nacional de Futsal (LNF), o Jonville recebe o Foz Cataratas neste domingo (25), no ginásio do Centreventos Cau Hansen, em Joinville (SC), de olho na liderança do grupo B. Já aos paranaenses, só a vitória interessa para a equipe ainda ter chances de se classificar como melhor quinta colocada geral da primeira fase. A partida será transmitida ao vivo pela TV Brasil.

Trata-se do segundo duelo entre os rivais na edição deste ano da LNF. Em 1º de setembro, em Foz do Iguaçu (PR), o time catarinense venceu por 2 a 0, com gols do ala Rodriguinho e do fixo Lucas Machado. A partida marcou a estreia do JEC na competição, além de ter sido o quarto compromisso do Azulão.

Veja Também  Brasileiro: Atlético-MG empata e perde chance de encostar em líderes

Com três partidas a disputar, o Joinville é o vice-líder da chave com 20 pontos, um a menos que o Carlos Barbosa, que já finalizou a participação na fase de grupos. O duelo com o Foz será o quinto em oito dias e apenas o primeiro da sequência sendo mandante. A maratona iniciou no sábado da semana passada (17), com a vitória por 4 a 3 sobre o Blumenau, pela LNF. Depois, foram três jogos pelo Campeonato Catarinense, contra Lages (13 a 0), Curitibanos (4 a 4) e São Lourenço (3 a 5).

O técnico Daniel Júnior optou por usar o elenco principal nos dois primeiros compromissos, poupando-o nos jogos seguintes. Contra Curitibanos e São Lourenço, o Joinville atuou com atletas que não enfrentaram o Lages, reforçados por jogadores do sub-20. Nessas partidas, o time foi dirigido por Herick Pereira, treinador da base e da seleção brasileira sub-17. Os titulares já voltam à quadra neste domingo.

O Foz é o sexto colocado do grupo B, com nove pontos, e pode chegar, no máximo, a 15 pontos. O Atlântico, quarto colocado e último time na zona de classificação, tem 16. Assim, o Azulão das Três Fronteiras só alcançará a segunda fase se for o melhor quinto colocado das três chaves. No grupo A, a posição é ocupada pela Intelli Tempersul, com 12 pontos. No C, é pelo Campo Mourão com 10 pontos.

Veja Também  Com retrospecto favorável, Internacional encara Flamengo no Beira-Rio

A equipe não atua pela LNF desde o último dia 15, quando superou o Marreco por 2 a 0. Na sequência, enfrentou Umuarama (3 a 2) e Cascavel (0 a 5) por Campeonato Paranaense e Liga Paraná, respectivamente. Para encarar o JEC há três ausências: os alas Pierre e Daniel Feitosa (contundidos) e o fixo Pedro Beraldo, que testou positivo para o novo coronavírus (covid-19). O fixo Léo Costa, recuperado de lesão, está à disposição de Marlus Sokolowski. O técnico, aliás, volta ao banco de reservas depois de cumprir isolamento, após ter sintomas da covid-19. O exame do treinador deu negativo.

Também no domingo, o Corinthians recebe o Brasília às 12h, enquanto Praia Clube e Minas Tênis Clube fazem o clássico mineiro da LNF às 13h30, em Uberlândia (MG).

Confira a classificação da Liga Nacional de Futsal.

Edição: Fábio Lisboa

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana