conecte-se conosco


Polícia Federal

PF deflagra segunda fase da Operação Snack Zero

Publicado

Polícia Federal


.

Vila Velha/ES – A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (16/9), em Cachoeiro de Itapemirim, a segunda fase da Operação Snack Zero, com o objetivo de apurar a suspeita de desvio de recursos públicos que eram destinados à merenda escolar.

Foram cumpridos quatro mandados de busca, expedidos pela Justiça Federal, em residências de funcionários públicos municipais, empresários e na Secretaria Municipal de Educação.

Foram apreendidos documentos e mídias eletrônicas, que serão objeto de análise posterior.

A primeira fase da Operação Snack Zero ocorreu no ano 2019.

Não haverá entrevista coletiva.

 

Comunicação Social da Polícia Federal no Espírito Santo
Telefone: (27) 3041-8051/8029

Comentários Facebook

Polícia Federal

Polícia Federal apreende R$ 212 mil em Corumbá

Publicado


Corumbá/MS – A Polícia Federal apreendeu, na sexta-feira (23/7), R$ 212 mil em espécie, na posse de um homem que não soube explicar a origem do dinheiro.

O indivíduo é suspeito de utilizar o valor na prática do crime de evasão de divisas e posterior prática de crimes transfronteiriços.

A quantia foi apreendida e o homem encaminhado para a unidade da Polícia Federal em Corumbá para prestar depoimento, sendo posteriormente liberado. Foi instaurado inquérito policial para a continuidade das investigações.

Comunicação Social da Polícia Federal no Mato Grosso do Sul

Fone: (67) 3368-1105 

[email protected] | www.pf.gov.br

Comentários Facebook
Continue lendo

Polícia Federal

PF prende foragido uruguaio no litoral de Santa Catarina

Publicado


A Polícia Federal, em atuação conjunta do ECN/Interpol/Brasília, localizou e prendeu neste sábado (24/7) um cidadão uruguaio procurado por estupro contra menor no país vizinho. O indivíduo foi detido em Palhoça, litoral de Santa Catarina.

O uruguaio era procurado pelo governo de seu país, desde o ano passado, após a expedição de sentença penal condenatória.

A prisão se deu em cumprimento a mandado de prisão preventiva para fins de extradição, expedido pelo Supremo Tribunal Federal, a partir de representação feita pelo Escritório Central Nacional da Interpol no Brasil.

Agora, o preso permanecerá à disposição de nossa Corte Suprema, aguardando os trâmites do processo de extradição.

Comunicação Social da Polícia Federal em Santa Catarina

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso