conecte-se conosco


Cuiabá

Empresa oferece “tour” com garotas em lanchas luxuosas no lago de Manso

Publicado

Cuiabá

Uma empresa está oferendo um tour no Lago Manso, com lanchas de luxo, garotas e bebidas alcoólicas.

Os pacotes variam entre R$ 5.290,00, e R$ 7.790,00, onde os clientes podem levar amigos e escolher até quatro garotas, dependendo pacote escolhido.

Os serviços são divulgados em um vídeo que circula nas redes sociais e mostra garotas e rapazes “se divertindo” na embarcação luxuosa, na região do Manso.

Ao todo, são oferecidos três pacotes: o “Lite, Executive e Lux” que dá direito a duas profissionais do sexo, duas cervejas, um champanhe e um cupom de alimentação. Contudo, o contratante poderá levar apenas um amigo.

No “Executive”, o consumidor pode escolher três garotas, três cervejas, dois champanhes e um voucher alimentação.

Neste, poderá levar mais dois colegas. Já no “Luxo”, que é o mais caro deles, o interessado pode escolher até quatro garotas, recebe quatro cervejas, dois champanhes, e como todos os outros, um voucher alimentação.

Nesta opção, outros três amigos podem acompanhar a festa.

Os pacotes podem ser pagos à vista (dinheiro, transferência ou débito) com 5% de desconto ou parcelado em até 4x sem juros no cartão de crédito.

Todo passeio é conduzido por um marinheiro habilitado e o estacionamento é gratuito. Com Folhamax.

Comentários Facebook

Cuiabá

Municípios do Nortão sofrem com quedas de energia elétrica em meio à onda de calor, Candidato ao Senado, Nilson Leitão (PSDB), em viagem pelo interior do estado, observou que o principal fator responsável pelo problema é que a produção local não consegue suprir a alta demanda.  

Kayan Henrique

Publicado

Municípios do Nortão sofrem com quedas de energia elétrica em meio à onda de calor

 

Em meio à onda de calor histórica, municípios do Norte de Mato Grosso sofrem, nos últimos dias, com a queda de energia constante, o que atrapalha desde tarefas simples até o fornecimento de água. Candidato ao Senado, Nilson Leitão (PSDB), em viagem pelo interior do estado, observou que o principal fator responsável pelo problema é que a produção local não consegue suprir a alta demanda.

 


De acordo com Nilson, os dois combustíveis essenciais no desenvolvimento de um país são a indústria e a agricultura. Para dar conta da produção, no entanto, é necessário contar com um sistema que distribua a energia elétrica com eficácia. Ele relembra que até o começo do século Mato Grosso sofria com a falta de abastecimento energético, e, apesar dos grandes investimentos, ainda é preciso tratar a questão com prioridade.

 

“O Nortão nasceu sem energia, sofreu sem energia até praticamente o ano de 2000, quando Dante de Oliveira complementou o trabalho que Jayme Campos iniciou. Aqui a energia era obtida por gerador, muito precária, até a chegada da Usina do Manso. Mas o problema é que ela só leva a energia para fora. A energia que produzimos aqui não fica aqui, os royalties não ficam aqui. Ela é gerada, mas vai para o sudeste. O lucro disso é muito pouco e precisamos inverter isso”, afirma.

 

Segundo Leitão, a qualidade da energia é comprometida devido ao desenvolvimento do estado. “São mais indústrias abrindo, a tecnologia no campo aumenta, precisamos cada vez mais de energia, de quantidade, para poder fazer funcionar tudo isso. Essa é a grande necessidade e estamos na região mais rica para produzir energia limpa, porque o Mato Grosso é o segundo estado mais rico hidricamente. Com mais quantidade de água, de rios, de todo o Brasil”, diz.

 

Para o candidato, a saída é manter o alto nível no fornecimento de energia elétrica. “Mato Grosso já foi importador de energia e hoje é exportador, graças aos investimentos realizados. O que precisamos é não deixar cair a qualidade”, finaliza.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cidades

Projeto de Lei de autoria do vereador Dilmair Callegaro concedeu ao Presidente Bolsonaro o título de cidadão sinopense.

Kayan Henrique

Publicado

Projeto de Lei de autoria do vereador Dilmair Callegaro concedeu ao Presidente Bolsonaro o título de cidadão sinopense.

A honraria foi entregue pelo Sindicato Rural de Sinop, na pessoa do Presidente Redivo, durante evento em Sinop na Impasa.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana