conecte-se conosco


Mato Grosso

Quarta-feira (12): Mato Grosso registra 69.085 casos e 2.264 óbitos por Covid-19

Publicado

Mato Grosso


.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta quarta-feira (12.08), 69.085 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 2.264 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado. 

Foram registradas 1.941 novas confirmações de coronavírus no Estado. Dos 69.085 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 20.466 estão em monitoramento e 46.355 estão recuperados. 

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 307 internações em UTIs públicas e 279 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 79,42% para UTIs adulto e em 31,56% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19, estão Cuiabá (14.470), Várzea Grande (5.523), Rondonópolis (4.276), Lucas do Rio Verde (3.490), Sorriso (3.276), Tangará da Serra (3.037), Sinop (2.517), Primavera do Leste (2.174), Nova Mutum (1.649) e Campo Novo do Parecis (1.339). 

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada no Boletim anexado ao final desta matéria. Para acessar o Painel Interativo da Covid-19 em Mato Grosso, clique aqui.

Veja Também  Museu de Arte Sacra de Mato Grosso participa de evento nacional Primavera dos Museus

O documento ainda aponta que um total de 62.964 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 2.869 amostras em análise laboratorial. 

Mais informações estão detalhadas na Nota Informativa divulgada diariamente pela SES disponível neste link, a partir das 17h.

Cenário nacional

Na última terça-feira (11), o Governo Federal confirmou 3.164.785 casos da Covid-19 no Brasil e 104.201 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 103.026 óbitos e 3.109.630 casos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus. 

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou a atualização desta quarta-feira (12).

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

Veja Também  Aberto o prazo para a retificação dos dados do censo escolar 2020

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook

Mato Grosso

Aberto o prazo para a retificação dos dados do censo escolar 2020

Avatar

Publicado


.

O sistema Educacenso-Inep está aberto desde segunda-feira (21.09) para a retificação dos dados coletados na matrícula inicial de 2020, cujo prazo é de 30 dias conforme portaria 357/2020 do Inep.

A retificação dos dados é para todas as escolas públicas – municipais, estaduais-, além das escolas particulares de Mato Grosso. Devido à pandemia, a retificação é importante para evitar inconsistência de dados.

Segundo Rodrigo Jacob, do setor de censo escolar da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), nesse período é fundamental que as unidades escolares conferirem os dados declarados na matrícula inicial.

Os gestores têm que checar os dados cadastrais da escola, das turmas, dos alunos e professores. Todos os dados coletados servem para dados estatísticos e financeiros.

“Após o fechamento das retificações, é importante imprimir os recibos e relatórios. Os dados vão impactar no valor das verbas federais para as escolas, uma vez que são calculadas por aluno”, frisa Jacob.  

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Veja Também  Policiais militares vão às ruas para fiscalizar e orientar a população sobre os perigos no trânsito
Continue lendo

Mato Grosso

Governador de MT recebe ativista Luisa Mell nesta sexta-feira (25.09)

Avatar

Publicado


.

O governador Mauro Mendes vai se reunir com a ativista da causa animal Luisa Mell, nesta sexta-feira (25.09), no Palácio Paiaguás, em Cuiabá.

Estão em pauta as ações em defesa dos animais atingidos pelos incêndios florestais no Pantanal.

Mauro Mendes vai apresentar para a ativista o Plano de Ação contra o Desmatamento Ilegal e Incêndios Florestais, que tem sido executado desde março, além de ouvir as contribuições de Luisa Mell.

Mendes e a ativista conversaram por telefone na manhã desta terça-feira (22.09).

“Estamos sempre abertos a ouvir sugestões e receber ajuda. A Luisa Mell mostrou que quer somar e toda ajuda é bem-vinda nesse momento. Sempre digo que defender o meio ambiente é uma obrigação de todos nós, tanto pela preservação da natureza em si, da nossa fauna e flora, quanto pela questão econômica, pois Mato Grosso depende da preservação para produzir e manter boas relações comerciais com os países para os quais exportamos”, afirmou o governador. 

Durante a conversa, Mendes explicou para a ambientalista que o Governo de Mato Grosso tem empenhado todos os esforços para reduzir o impacto dos incêndios florestais, frente a condições climáticas e geográficas adversas, com umidade baixa, temperaturas acima dos quarenta graus e rara incidência de chuvas.

Veja Também  Mato Grosso alcançou 96% das metas do Progestão 2019

Já foram mais de R$ 22 milhões investidos para esse fim, com 40 equipes espalhadas por todo o estado para o combate ao fogo, seis aeronaves, três helicópteros e mais de 2500 profissionais envolvidos, desde bombeiros militares, voluntários, integrantes da Defesa Civil e do Exército.

“Também montamos um Posto de Atendimento aos Animais Silvestres do Pantanal, que resgata os animais atingidos pelos incêndios ou que estão fugindo das áreas queimadas. Estamos ampliando esse serviço durante esse período crítico para salvar a maior quantidade possível de animais. Investimos R$ 500 mil nesse ação e estamos recebendo mais R$ 300 mil do programa REM (Global REDD Early Movers)”, relatou. 

A pedido do governador, o Governo Federal repassou mais R$ 10 milhões e garantiu o envio de agentes das forças de segurança nacional para reforçar o combate aos incêndios.

O Governo de Mato Grosso, neste ano, já aplicou mais de R$ 190 milhões em multas por uso irregular do fogo.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana