conecte-se conosco


Política

João Batista pede por hospital de campanha em comunidade indígena no Alto Xingu

Publicado

Política


.

Foto: ANGELO VARELA / ALMT

Com uma ação voltada exclusivamente para os povos indígenas de Mato Grosso, o deputado estadual João Batista do Sindspen (Pros) apresentou, durante a sessão matutina desta quarta-feira (12), indicação sobre a necessidade do governo do estado implantar um hospital de campanha no posto indígena Leonardo Villas Bôas, localizado no Alto Xingu. A iniciativa, como explicou o parlamentar, visa acompanhar a evolução do quadro do novo coronavírus e proteger as etnias que ainda restam no Brasil. 

“O Alto Xingu tem uma população de aproximadamente sete mil índios. São etnias que se encontram severamente ameaçadas por conta da Covid-19. Nos últimos dias, este vírus fez várias vítimas, caciques entraram para a estatística dos mortos pelo coronavírus, inclusive a sua maior liderança, cacique Aritana. Em pouco mais de duas semanas, o cacique Raoni Metuktire estava entre a vida e a morte, mas conseguiu vencer a batalha contra a Covid. Por isso, eu digo que precisamos realizar políticas públicas que incluam os povos indígenas”, comentou o deputado.

Em sua proposição, João Batista explica que fatores como condições sociais, econômicas, geográficas (difícil acesso) e a insuficiência de equipes de saúde contribuem para que o potencial de disseminação da doença seja amplificado.

Veja Também  Mendes anuncia que salários dos servidores voltam a ser pagos dentro do mês trabalhado

“Os povos indígenas merecem o nosso total respeito e a atenção do poder público. Nos dois primeiros meses de 2020, dez milhões de árvores foram derrubadas ilegalmente na porção mato-grossense da bacia do Xingu, o equivalente a 84% do desmatamento na região entre janeiro e fevereiro.

Diante da gravidade da situação, o deputado conta que uma campanha no Alto do Xingu foi desencadeada para arrecadar fundos. O dinheiro será destinado para criação de um hospital de campanha no local. 

“Eu espero que o governador Mauro Mendes, assim como o seu secretariado, receba esta indicação e tome as providências necessárias. Entretanto, até que o Poder Executivo adote as devidas ações, a Associação Indígena Awapá irá gerenciar os recursos arrecadados pela ONG SOS Povos Indígenas do Xingu, mostrando que, em um estado como o nosso, não se deve esperar ações humanitárias por parte do atual administração”, finalizou João Batista.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook

Política

Comissão da AL visita instituições de segurança pública em Pontes e Lacerda, nesta quinta-feira (24)

Avatar

Publicado


.

Para o presidente da comissão, a expectativa é somar com a segurança pública de Pontes e Lacerda

Foto: FABLICIO RODRIGUES / ALMT

O deputado estadual e presidente da Comissão de Segurança Pública e Comunitária da Assembleia de Mato Grosso (ALMT), Delegado Claudinei (PSL), estará na cidade de Pontes e Lacerda (MT) nesta quinta-feira (24) para ter um panorama dos trabalhos realizados pelas instituições de segurança pública do município, que é um polo pertencente à Região Integrada de Segurança Pública (Risp) de Mato Grosso.  

Na programação, Claudinei e outros deputados integrantes da comissão vão visitar a Delegacia Regional da Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso (PJC), o Centro de Detenção Provisória (CDP), a 8ª Companhia Independente do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso (CIBM-MT), o 12° Comando Regional e o 18° Batalhão da Polícia Militar de Mato Grosso (PMMT) e a Gerência Regional da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec). 

Um dos principais objetivos desta ação é conhecer a atuação das forças de segurança pública no município e identificar as principais necessidades de cada instituição para que a Comissão de Segurança Pública possa contribuir e intervir com as devidas soluções. 

Veja Também  Assembleia cancela aquisição dos direitos do filme "Rondon o Desbravador"

Risp – O estado de Mato Grosso conta com 15 polos regionais da Risp, sendo que o deputado Claudinei já visitou os pertencentes aos municípios de Barra do Garças, Primavera do Leste, Rondonópolis, Nova Mutum e Tangará da Serra.  Essa é a primeira vez que a Comissão de Segurança Pública da Casa de Leis segue essa metodologia de ir até os polos. “Avalio que é de suma importância estar no local, conversar e ouvir os representantes, ver de perto a estrutura para entender melhor a realidade de cada instituição”, declara Claudinei. 

De acordo com o presidente da comissão da AL, a expectativa em Pontes e Lacerda é somar com os trabalhos da segurança pública do município. “A nossa intenção é conhecer os trabalhos dos servidores e identificar os pontos que necessitam de melhorias para que possamos articular junto com a Sesp (Secretaria de Estado de Segurança Pública) do governo de Mato Grosso até chegarmos à adequação devida, não só para o servidor, como o de proporcionar um atendimento de excelência para a população”, explica.

Veja Também  Claudinei defende a implantação de Companhia Independente da PM na Vila Operária

Comissão AL – Delegado Claudinei atuou como delegado por 18 anos na Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso (PJC). Em sua gestão parlamentar, a segurança pública é uma das principais bandeiras que ele defende, como também educação, saúde e infraestrutura. Ele é considerado o primeiro delegado de polícia eleito na história do Parlamento de Mato Grosso e o quinto mais votado na 19ª Legislatura da Assembleia Legislativa, com cerca de 30 mil votos.

 

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Política

Mendes anuncia que salários dos servidores voltam a ser pagos dentro do mês trabalhado

Abdalla Zarour

Publicado

O governador Mauro Mendes anunciou nesta terça-feira (22.09) que os salários dos servidores voltarão a ser pagos dentro do mês trabalhado.
A medida já vale para este mês de setembro, cujo pagamento já será feito na próxima quarta-feira (30.09).

“É com muita satisfação que anuncio para todos os servidores do Estado de Mato Grosso que os salários voltam a ser pagos dentro do mês trabalhado, isso significa que voltamos a pagar no último dia útil de cada mês e, agora em setembro, os salários serão efetivados no dia 30”, destacou Mauro Mendes.

Ele lembrou que ao iniciar a gestão, os salários estavam atrasados e com os ajustes, em poucos meses já foi possível pagar no dia 10 de cada mês.

Nos últimos meses, os pagamentos eram feitos no dia 5 e, no dia 4 de setembro, foi possível quitar os vencimentos de agosto.

Por tudo isso, o chefe do Executivo Estadual agradeceu o apoio da Assembleia Legislativa e o empenho dos servidores que atuaram na recuperação econômica do Estado.

Veja Também  Claudinei defende a implantação de Companhia Independente da PM na Vila Operária

“Tivemos muito trabalho em 2019, com dificuldades de caixa, e este ano, com a pandemia. Mas esse é um sinal claro de que todas as medidas que tomamos lá no começo do ano passado e outras tomadas em 2020 estão produzindo resultados positivos”, afirmou o governador.

Mauro Mendes elencou as obras de infraestrutura, na saúde e educação que hoje são tocadas pelo Estado e permitem a geração de mais de 10 mil empregos. Só para citar como exemplo, o Governo investe R$ 1 bilhão em obras em rodovias e pontes, R$ 150 milhões na construção e reforma de escolas e na modernização de unidades de saúde em todo o Estado.

“Nos próximos dias anunciaremos os investimentos para 2021 e tenho certeza de que teremos um ano que vem ainda melhor. Mato Grosso pode voltar a se colocar como um estado promotor de desenvolvimento, com políticas públicas em todas as áreas”, concluiu ele.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana