conecte-se conosco


Policial

PRF apreende veículo com sinais de adulteração em Sorriso/MT

Publicado

Policial


.

Elementos identificadores remetiam a uma viatura do Exército Brasileiro

Uma equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu um veículo, após identificar adulteração em seus elementos identificadores, durante fiscalização na BR-163, em Sorriso.

Por volta das 21h19, de sexta-feira (07), os policiais abordaram o veículo VW/31.320 CNC 6X4, com placas de Tucuruí/PA. O caminhão era conduzido por um homem, de 26 anos.

Ao realizar uma fiscalização minuciosa no veículo, os PRFs encontraram sinais de adulteração em elementos identificadores. Consultando os sistemas, foi constatado que a identificação presente no veículo abordado corresponde a um caminhão da 1ª Base de Apoio Logístico do Exército, localizado no Rio de Janeiro.

Diante da situação, a ocorrência foi encaminhada para Polícia Civil em Sorriso, ficando o veículo à disposição da autoridade policial para perícia e demais trativas.

SECOM PRF MT
e-mail: [email protected]
Instagram: @prf_mt

Fonte: PRF MT

Comentários Facebook
Veja Também  Jovens são presos em flagrante por tráfico de entorpecentes; com a dupla foram encontrados R$ 2 mil em dinheiro

Policial

Homem é detido logo depois de agredir ex-esposa em Rondonópolis

Avatar

Publicado


.

Policiais do 5º BPM prenderam nesta segunda-feira (21.09) um homem por violência doméstica, no residencial João Antônio Fagundes.

A equipe foi informada via 190 por um vizinho que escutava uma mulher gritando por socorro. Na ocasião, acontecia uma briga de casal.  

No local, a vítima disse que  estava separada do agressor há um mês e que tinham saído juntos, mas quando retornaram, o homem deu um tapa em seu rosto e a empurrou, indo embora logo em seguida.

Em diligência, o denunciado foi encontrado próximo de um posto de gasolina.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Veja Também  Homem com várias passagens criminais é pego com droga pela equipe da Rotam
Continue lendo

Policial

Polícia Civil e Procon Municipal apuram aumento de preços em materiais de construção na Capital

Avatar

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

Uma ação conjunta da Polícia Civil, através da Delegacia Especializada de Consumidor (Decon), em parceria com o Procon Municipal realizou na manhã desta terça-feira (22.09), a fiscalização em três lojas de materiais de construção com o objetivo de verificar possível prática de aumento de preços abusivos.

Durante os trabalhos foi realizada a fiscalização dos preços de produtos essenciais relacionados a obras de construção, como cimento, tijolo, ferro e que tiveram aumento de preço significativo nos últimos meses.

Conforme o delegado da Decon, Rogério Ferreira, o disparo no preço de insumos no período de pandemia, onerou a construção civil, porém a ação conjunta visa identificar eventuais pessoas e empresas que possam estar se aproveitando da situação de crise para aumentar suas margens de lucro.

“A ação é semelhando a da semana passada em que realizamos a fiscalização do aumento de preços de produtos da cesta básica. Nesse tipo de caso, em sofre são os consumidores sob a alegação de que se trata apenas de um movimento natural do mercado, ocasionado pela pandemia.”, explica o delegado.

Veja Também  PM recupera relógios roubados de loja em Araputanga

Desde o início da pandemia causada pelo coronavírus, a Polícia Civil e os Procons Municipal e Estadual estão realizando diversas ações integradas, para coibir e reprimir o aumento abusivo no preço de produtos, como o álcool em gel 70º INPM e a ivermectina, resultando na abertura de dezenas de procedimentos investigatórios preliminares e a responsabilização administrativa e criminal de empresários que tentaram se aproveitar da situação de desabastecimento.

 

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana