conecte-se conosco


Mato Grosso

Quatro municípios de MT estão com risco muito alto de contaminação de Covid-19

Publicado

Mato Grosso


.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) divulgou nesta quinta-feira (30.07) o Boletim Informativo n° 151 com o panorama da situação epidemiológica da Covid-19 em Mato Grosso. O documento mostra (a partir da página 17) que apenas quatro municípios do Estado configuram na classificação com risco “muito alto” para o novo coronavírus: Sorriso, Barra do Garças, Paranatinga e Arenápolis. 

Ainda de acordo com informações contidas no boletim, 23 municípios estão na classificação de risco “alto” para a disseminação do coronavírus são: Cuiabá, Lucas do Rio Verde, Rondonópolis, Cáceres, Várzea Grande, Primavera do Leste, Jaciara, Sapezal, Mirassol D’ Oeste, Campo Novo do Parecis, Querência, Tangará da Serra, São Jose dos Quatro Marcos, Nova Mutum, Sinop, Vera, Alto Taquari, Brasnorte, Castanheira, Apiacás, Araguaiana, Planalto da Serra e Ponte Branca.

O sistema de classificação que indica o nível de risco é definido por cores: muito alto (vermelho), alto (laranja), moderado (amarelo) e baixo (verde). De acordo com a definição dos riscos é necessária a adoção de medidas restritivas para o controle da propagação do coronavírus nas cidades. Os indicadores de classificação de risco são atualizados duas vezes por semana e os resultados são divulgados nos Boletins informativos da SES-MT  disponíveis neste link.

Veja Também  Museu de Arte Sacra de Mato Grosso participa de evento nacional Primavera dos Museus

O Governo de Estado publicou novo decreto restringido ainda mais as medidas que devem ser adotadas pelos municípios, com base na classificação de risco para prevenir a disseminação da Covid-19. O Decreto n° 532 foi publicado na edição extra do Diário Oficial de 24 junho. O documento altera as tabelas de classificação de risco, criando uma terceira tabela. Para saber mais informações clique AQUI

Veja a tabela de classificação de risco por município

 

 

Recomendações e cuidados

– Evitar contato próximo com pessoas que sofrem de infecções respiratórias agudas;

– Usar máscara quando sair de casa;

– Evitar aglomerações;

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes. Ficar em casa quando estiver doente;

Veja Também  Governador destina R$ 2,5 milhões para a conclusão da Escola Técnica de Água Boa

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook

Mato Grosso

Policiais penais recebem cautela individual de novas pistolas

Avatar

Publicado


.

Cerca de 200 policiais penais que atuam na maior unidade de Mato Grosso, a Penitenciária Central do Estado (PCE), receberam a cautela individual de pistolas .40 fornecidas pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), por meio da Adjunta de Administração Penitenciária (SAAP). As entregas ocorreram nesta terça-feira (22.09).

Na prática, os policiais penais poderão utilizar o armamento dentro e fora da unidade, se necessário. A ação marca a Semana do Servidor Penitenciário, tendo o dia 25 de setembro como data em reconhecimento a todos os servidores que compõem o Sistema Penitenciário de Mato Grosso. Além das pistolas, os policiais penais receberão também novo fardamento.

O secretário adjunto de Administração Penitenciária, Emanoel Flores, explicou que policiais penais de outras unidades também vão receber a cautela individual e o armamento. Além disso, Emanoel também destacou que o Governo do Estado atuará de forma conjunta com o Governo Federal e o Poder Legislativo para a aquisição de armas para 100% dos servidores do sistema.

“Começamos pela PCE, que é a maior unidade penal do estado, contemplando os servidores com o porte pessoal de arma de fogo. Essa é uma forma de valorizar e dar mais segurança a estes policiais que atuam diretamente com os custodiados de maior periculosidade”, disse Emanoel.

Veja Também  Policiais militares vão às ruas para fiscalizar e orientar a população sobre os perigos no trânsito

A entrega foi bem recebida entre os policiais penais. Atuando há 15 anos na penitenciária, o policial penal Kleber Vital acredita que a entrega foi uma maneira que o Estado encontrou de valorizar os servidores do Sistema Penitenciário.

“É com alegria que recebemos essa entrega, porque sabemos que estamos sendo lembrados pelo nosso trabalho e valorizados pelos gestores. Hoje nós não estamos esquecidos, tem muita coisa para acontecer no Sistema Penitenciário e a gente acredita nessa gestão e na gestão da unidade”, disse o policial penal.

A redução da criminalidade em Mato Grosso muito se deve à realização da Operação Elison Douglas, que desmantelou a maior facção criminosa que atuava no estado. E é justamente por este motivo que o diretor da PCE, Agno Ramos, acredita que a cautela permanente e as novas armas sejam tão importantes, principalmente para a segurança dos policiais penais.

“Os policiais penais da Penitenciária Central combatem a maior facção do estado e aqui está concentrada grande parte dos membros dessa organização criminosa. Como estamos coibindo a entrada de drogas, celulares e impedindo que crimes dentro e fora da unidade ocorram, imagina a importância dessa cautela para estes servidores que vão para casa e precisam proteger seus familiares e a si mesmos?”, disse o diretor da PCE.

Veja Também  Aberto o prazo para a retificação dos dados do censo escolar 2020

Café da manhã

A Semana do Servidor Penitenciário também contou com um café da manhã realizado na Secretaria Adjunta de Administração Penitenciária, na segunda-feira (21.09), contemplando principalmente os servidores que atuam no administrativo do sistema.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Saúde estadual transfere R$ 19 milhões aos municípios de Mato Grosso

Avatar

Publicado


.

O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), efetivou o repasse de aproximadamente R$ 19,4 milhões aos Fundos Municipais de Saúde. O valor total é relativo a nove programas vigentes no Estado e, com as transferências, a gestão estadual segue em dia com os repasses do atual exercício.

De acordo com informações da Secretaria Adjunta de Aquisições e Finanças, todas as transferências são referentes à competência de agosto de 2020, exceto pelo repasse de R$ 1,1 milhão relativo às ações de Vigilância, que foi efetivado em parcela única.  

“O Governo do Estado mantém a rigorosidade nos repasses junto aos municípios, daquilo que é de sua responsabilidade, e faz um grande esforço para assegurar o pagamento de recursos, a fim de garantir os serviços aos pacientes do Sistema Único de Saúde”, declarou o secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo.

A gestão estadual repassou, via Fundos Municipais de Saúde, R$ 9,1 milhões exclusivos para a manutenção dos serviços de Média e Alta Complexidades (MAC).

Veja Também  Aberto o prazo para a retificação dos dados do censo escolar 2020

Do total repassado, R$ 5,1 milhões ainda foram destinados exclusivamente ao custeio dos Serviços da Atenção Primária dos 141 municípios mato-grossenses. Já R$ 1,7 milhão é referente aos serviços prestados nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs).

No que se refere ao desenvolvimento e implementação dos Consórcios Intermunicipais de Saúde, a Secretaria repassou R$ 772,1 mil; o valor foi dividido entre 123 municípios.

A SES ainda transferiu o montante de R$ 819 mil para os serviços de Assistência Farmacêutica na Atenção Básica e Diabetes Mellitus. Já no que se refere ao Programa de Incentivo à Regionalização das Unidades de Reabilitação, Hemoterapia e Saúde Mental, foi repassado um valor na ordem de R$ 375 mil, dividido entre 113 cidades.

A gestão estadual também dividiu o total de R$ 332,3 mil entre os 10 municípios que oferecem o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Brasnorte (R$ 8.531,25), Campo Novo do Parecis (R$ 8.531,25), Campo Verde (R$ 14.247,35), Colniza (R$ 8.531,25), Cotriguaçu (R$ 8.531,25), Jaciara (R$ 14.247,35), Juína (R$ 33.556,25), Primavera do Leste (R$ 45.591,00), Rondonópolis (R$ 121.175,92) e Tangará da Serra (R$ 69.387,50) receberam o recurso, referente ao mês de novembro.

Veja Também  Mato Grosso alcançou 96% das metas do Progestão 2019

Ainda foi destinado o valor total de R$ 60 mil aos municípios que integram o programa de Implantação do Ambulatório de Atenção Especializada Regionalizado em Hanseníase.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana