conecte-se conosco


Policial

Homem investigado por estupro de enteada tem prisão preventiva cumprida em Cuiabá

Publicado

Policial


.

Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

Equipe da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Cuiabá (Dedm) cumpriu nesta quinta-feira (06.08) um mandado de prisão preventiva contra um homem investigado pela unidade policial por estupro de vulnerável praticado contra sua enteada.

A delegada Nubya Beatriz Gomes dos Reis representou pelo pedido de prisão do suspeito, que é professor, após reunir em inquérito policial elementos probatórios que comprovaram o crime praticado reiteradas vezes contra a vítima que era sua enteada.  

De acordo com a investigação, o suspeito praticava abuso contra a vítima desde que ela tinha sete anos, quando ele ainda era conhecido da família. O investigado aproveitava momentos ou criava situações para ficar a sós com a vítima desde que ela era menor de idade e praticar os abusos, inclusive, fazendo a criança se sentir culpada pela situação. Ele a presenteava com roupas, doces e brinquedos para que a vítima ficasse calada. Neste ano, ele voltou a assediar a vítima por várias vezes.

Além da enteada, o suspeito também é investigado pelo estupro praticado contra outra criança da mesma família.

Veja Também  Polícia Civil e Procon Municipal apuram aumento de preços em materiais de construção na Capital

O mandado de prisão foi expedido pelo juiz Jurandir Florêncio de Castilho Jr, da 14ª Vara Criminal de Cuiabá.

Após o cumprimento do mandado, o investigado foi encaminhado à delegacia e posteriormente irá para a unidade prisional do Capão Grande, em Várzea Grande.

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook

Policial

Homem é detido logo depois de agredir ex-esposa em Rondonópolis

Avatar

Publicado


.

Policiais do 5º BPM prenderam nesta segunda-feira (21.09) um homem por violência doméstica, no residencial João Antônio Fagundes.

A equipe foi informada via 190 por um vizinho que escutava uma mulher gritando por socorro. Na ocasião, acontecia uma briga de casal.  

No local, a vítima disse que  estava separada do agressor há um mês e que tinham saído juntos, mas quando retornaram, o homem deu um tapa em seu rosto e a empurrou, indo embora logo em seguida.

Em diligência, o denunciado foi encontrado próximo de um posto de gasolina.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Veja Também  Empresário de Mato Grosso é assassinado a tiros de espingarda calibre 12 dentro da própria empresa
Continue lendo

Policial

Polícia Civil e Procon Municipal apuram aumento de preços em materiais de construção na Capital

Avatar

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

Uma ação conjunta da Polícia Civil, através da Delegacia Especializada de Consumidor (Decon), em parceria com o Procon Municipal realizou na manhã desta terça-feira (22.09), a fiscalização em três lojas de materiais de construção com o objetivo de verificar possível prática de aumento de preços abusivos.

Durante os trabalhos foi realizada a fiscalização dos preços de produtos essenciais relacionados a obras de construção, como cimento, tijolo, ferro e que tiveram aumento de preço significativo nos últimos meses.

Conforme o delegado da Decon, Rogério Ferreira, o disparo no preço de insumos no período de pandemia, onerou a construção civil, porém a ação conjunta visa identificar eventuais pessoas e empresas que possam estar se aproveitando da situação de crise para aumentar suas margens de lucro.

“A ação é semelhando a da semana passada em que realizamos a fiscalização do aumento de preços de produtos da cesta básica. Nesse tipo de caso, em sofre são os consumidores sob a alegação de que se trata apenas de um movimento natural do mercado, ocasionado pela pandemia.”, explica o delegado.

Veja Também  Homem é detido logo depois de agredir ex-esposa em Rondonópolis

Desde o início da pandemia causada pelo coronavírus, a Polícia Civil e os Procons Municipal e Estadual estão realizando diversas ações integradas, para coibir e reprimir o aumento abusivo no preço de produtos, como o álcool em gel 70º INPM e a ivermectina, resultando na abertura de dezenas de procedimentos investigatórios preliminares e a responsabilização administrativa e criminal de empresários que tentaram se aproveitar da situação de desabastecimento.

 

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana