conecte-se conosco


Internacional

Banco Mundial diz que está pronto para ajudar na recuperação do Líbano

Publicado

Internacional


.

O Banco Mundial anunciou, nessa quarta-feira (5), que está pronto para avaliar os prejuízos e necessidades do Líbano após a devastadora explosão ocorrida no porto de Beirute, e disse que ajudará a mobilizar financiamento público e privado para reconstrução e recuperação.

Em nota, a instituição disse que “também estará disposto a reprogramar recursos existentes e a explorar financiamento para apoiar a reconstrução das vidas e do sustento das pessoas impactadas pelo desastre”.

O banco  não indicou os recursos que poderiam ser direcionados para uma iniciativa de recuperação. Em junho, o credor multilateral de desenvolvimento anunciou que realocaria US$ 40 milhões de um programa de saúde existente, de US$ 120 milhões, para o Líbano, que ajudaria o país a combater a pandemia do novo coronavírus. 

Pelo menos 135 pessoas morreram e 5 mil ficaram feridas na explosão no porto de Beirute, que também deixou até 250 mil pessoas desabrigadas, após ondas de choque destruírem fachadas de edifícios. 

Também não ficou claro se o desastre irá alterar as difíceis negociações do Líbano com o Fundo Monetário Internacional (FMI). Desde maio, o FMI e o Líbano tentam estabelecer um pacote amplo de resgate financeiro para estancar uma crise que tem sido vista como a maior ameaça à estabilidade do país desde a guerra civil que durou entre 1975 e 1990. 

Veja Também  Madri adotará isolamentos específicos contra covid-19 na sexta-feira

As conversas foram travadas após discordâncias em relação às perdas financeiras no sistema bancário libanês.

Comentários Facebook

Internacional

Secretário de Estado norte-americano chega a Boa Vista

Avatar

Publicado


.

O secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, desembarcou há pouco na capital de Roraima, Boa Vista. Pompeo vai conhecer o trabalho realizado pela Operação Acolhida, a força-tarefa que o governo federal criou em março de 2018 para receber os milhares de imigrantes e refugiados venezuelanos que chegavam ao Brasil, fugindo da instabilidade política e econômica no país vizinho.

Além de conversar com venezuelanos, Pompeo deve se reunir com o o ministro das Relações Exteriores do Brasil, Ernesto Araújo, e com o governador de Roraima, Antonio Denarium. A expectativa é que eles tratem de possíveis parcerias que atraiam investimentos norte-americanos para o país e para o estado, e, principalmente, sobre a situação na Venezuela.

A visita de Pompeo coincide com o aumento da pressão do governo norte-americano pela saída do poder do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro. Em seu breve tour pela América do Sul, Pompeo visitará também Colômbia, Suriname e Guiana. O embaixador dos Estados Unidos no Brasil, Todd Chapman, já está em Boa Vista desde quarta-feira (16), preparando a chegada do secretário. 

Veja Também  Mike Pompeo encontrará venezuelanos em Boa Vista na sexta-feira

De acordo com o governador de Roraima, Antonio Denarium, os Estados Unidos já destinaram US$ 50 milhões (cerca de R$ 265 milhões) para o Brasil fazer frente a situação humanitária, acolhendo os venezuelanos. 

“Vai ser um privilégio, uma honra para o estado de Roraima, receber a visita do secretário”, disse o governador Antonio Denarium sobre a presença de Pompeo e Chapman. “Eles vieram aqui para conhecer a Operação Acolhida, o trabalho que o Brasil, através [da coordenação] do Ministério da Defesa está fazendo no acolhimento dos venezuelanos”, acrescentou o governador.

O roteiro divulgado à imprensa prevê que o secretário norte-americano visite o posto de identificação e triagem da operação Acolhida; a Instalação WASH (Água, Saneamento e Higiene) da Paróquia de Nossa Senhora da Consolata – projeto que recebe financiamento da Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento, e, na sequência, se reúna com autoridades federais e estaduais na Base Aérea de Boa Vista. Por fim, antes de embarcar com destino a Bogotá, na Colômbia, Pompeo deverá conceder uma entrevista à imprensa.

Veja Também  Madri adotará isolamentos específicos contra covid-19 na sexta-feira

Ouça na Radioagência Nacional:

Edição: Aline Leal

Comentários Facebook
Continue lendo

Internacional

Secretário de Estado dos Estados Unidos chega a Boa Vista

Avatar

Publicado


.

O secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, desembarcou há pouco na capital de Roraima, Boa Vista. Pompeo vai conhecer o trabalho realizado pela Operação Acolhida, a força-tarefa que o governo federal criou em março de 2018 para receber os milhares de imigrantes e refugiados venezuelanos que chegavam ao Brasil, fugindo da instabilidade política e econômica no país vizinho.

Além de conversar com venezuelanos, Pompeo deve se reunir com o o ministro das Relações Exteriores do Brasil, Ernesto Araújo, e com o governador de Roraima, Antonio Denarium. A expectativa é que eles tratem de possíveis parcerias que atraiam investimentos norte-americanos para o país e para o estado, e, principalmente, sobre a situação na Venezuela.

A visita de Pompeo coincide com o aumento da pressão do governo norte-americano pela saída do poder do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro. Em seu breve tour pela América do Sul, Pompeo visitará também Colômbia, Suriname e Guiana. O embaixador dos Estados Unidos no Brasil, Todd Chapman, já está em Boa Vista desde quarta-feira (16), preparando a chegada do secretário. 

Veja Também  Japão elege Yoshihide Suga como novo primeiro-ministro

De acordo com o governador de Roraima, Antonio Denarium, os Estados Unidos já destinaram US$ 50 milhões (cerca de R$ 265 milhões) para o Brasil fazer frente a situação humanitária, acolhendo os venezuelanos. 

“Vai ser um privilégio, uma honra para o estado de Roraima, receber a visita do secretário”, disse o governador Antonio Denarium sobre a presença de Pompeo e Chapman. “Eles vieram aqui para conhecer a Operação Acolhida, o trabalho que o Brasil, através [da coordenação] do Ministério da Defesa está fazendo no acolhimento dos venezuelanos”, acrescentou o governador.

O roteiro divulgado à imprensa prevê que o secretário norte-americano visite o posto de identificação e triagem da operação Acolhida; a Instalação WASH (Água, Saneamento e Higiene) da Paróquia de Nossa Senhora da Consolata – projeto que recebe financiamento da Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento, e, na sequência, se reúna com autoridades federais e estaduais na Base Aérea de Boa Vista. Por fim, antes de embarcar com destino a Bogotá, na Colômbia, Pompeo deverá conceder uma entrevista à imprensa.

Veja Também  Mais de 170 países aderiram ao programa de vacinas contra covid-19

Edição: Aline Leal

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana