conecte-se conosco


Politica MT

Deputado repudia declaração de Mauro Mendes e exige retratação

Avatar

Publicado


.

Foto: ANGELO VARELA / ALMT

Na manhã de quarta-feira (22), o deputado estadual Elizeu Nascimento (DC) usou as redes sociais para manifestar o seu repudio contra a fala do governador de Mato Grosso, logo após Mauro Mendes (DEM), comparar o Ministério Público do Estado à polícia, que de acordo com o democrata, atira primeiro, e só depois pergunta. A fala do governador, que repercutiu negativamente entre os profissionais da segurança pública, aconteceu durante uma entrevista na Rádio Capital FM, onde Mendes classificou como ‘espetaculosas’ a maneira como, às vezes, o órgão tem atuado durante as ações de fiscalizações realizadas nas compras, supostamente superfaturadas, efetuadas pelo governo durante a pandemia.

Por mais de 15 minutos, durante uma live, Elizeu Nascimento, que também é sargento da Polícia Militar, demonstrou sua revolta dizendo, entre outras coisas, que o governador odeia a polícia, trabalha diuturnamente para tirar os direitos dos servidores públicos, especialmente da categoria da segurança pública e de estar tentando denegrir a imagem da polícia, comparando-os à bandidos.

Veja Também  Deputada afirma que reforma da Previdência do estado é prejudicial aos servidores públicos

“O governador de Mato Grosso está achando que polícia é marginal, é vagabundo, que só trabalha nas margens da ilegalidade”, falou Elizeu. O parlamentar ainda disse que estava representando os profissionais da segurança que não podem dizer o que pensam por medo de represálias e exigiu uma retratação.

“A classe exige uma retratação junto aos profissionais da categoria, pois dizer que a polícia, ‘primeiro atira e depois pergunta’, é uma fala desrespeitosa e até discriminatória, é como se fosse um comportamento comum dentro da polícia, colocando todos da segurança pública como profissionais incompetentes, irresponsáveis, imprudentes, enfim, inaptos para exercer suas funções. Eu, por exemplo, atuei por 18 anos como policial sem nunca ter cometido nenhum desvio de conduta, nunca sai atirando para depois perguntar, e não admito ser comparado com um ou outro que comete abuso de autoridade”, declarou Nascimento.

Além do deputado Elizeu, o sindicato dos policiais civis e o próprio Ministério Público também se declararam insatisfeitos com a fala do governador Mauro Mendes.

Veja Também  Faissal sugere auxílio da FAB e contratação de aviões agrícolas para combater incêndios no Pantanal

Fonte: ALMT

Comentários Facebook

Politica MT

Faissal sugere auxílio da FAB e contratação de aviões agrícolas para combater incêndios no Pantanal

Avatar

Publicado


.

Foto: FABLICIO RODRIGUES / ALMT

Preocupado com uma série de queimadas que afetam a região do Pantanal matogrossense, o deputado estadual Faissal Calil (PV) apresentou na sessão plenária de quarta-feira (12), no Poder Legislativo, uma indicação que cobra o governo de Mato Grosso e a Secretaria de Estado de Segurança Pública (SESP), medidas necessárias para contenção e combate ao incêndio no Estado. 

Entre uma das ações, o parlamentar pediu para que o governo estadual busque, através do Ministério da Defesa, o emprego de seus meios de coordenação e controle, em conjunto com o Corpo de Bombeiros local, bem como de aeronaves. Além disso, ele requereu a contratação da aviação agrícola brasileira, que é equipada e treinada para combater o incêndio.  

 “O  nosso gabinete buscou subsídios junto aos respeitados comandantes Antônio Carlos, Celso e Cabaça, cuja experiência somada resulta em mais de 50.000 (cinquenta mil) horas de voo em aviação agrícola, oportunidade em que fomos informados que possuímos no país cerca de 2.000 (dois mil) aeronaves com capacidade de efetuar um ataque eficiente aos focos de incêndio, sendo que 500 (quinhentos) estão alocadas em Mato Grosso e paradas nesse período de entre safra”, justificou o deputado do PV na tribuna. 

Veja Também  Deputados aprovam PEC da Previdência em segunda votação

Segundo Faissal, existem também brigadas civis treinadas para terminar o serviço em terra, uma vez que só o avião não resolve ao passo que pequenas brasas sobreviventes podem reacender a fornalha.  

“Esses aviões não precisam de pistas preparadas e podem operar a partir de estradas, fatos que se traduzem em velocidade e economia na operação.  Importante destacar ainda que FAB também presta esse tipo de serviço e inclusive realizou recentemente uma intervenção no pantanal sul matogrossense, sendo disponibilizado na oportunidade uma aeronave C-130 especialmente modificada para a missão e helicópteros de grande porte para combate ao incêndio.”, complementou.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Politica MT

Projeto obriga a desinfecção de escolas antes do retorno das aulas

Avatar

Publicado


.

Thiago na plenária da AL

Foto: ANGELO VARELA / ALMT

De autoria do deputado estadual Thiago Silva, o Projeto de Lei 632/2020 que propõe a obrigatoriedade da desinfecção das escolas, universidades, bibliotecas, teatros públicos e privados, antes do retorno às suas atividades em Mato Grosso.

Segundo o projeto, os usuários dos locais mencionados só poderão retornar às dependências depois de concluído o processo de desinfecção. Caberá à Secretaria de Estado de Saúde (SES) regularizar e fiscalizar os ambientes mencionados.

“Penso que seja importante realizar a desinfecção geral de escolas, teatros, universidades como garantia da não propagação do vírus, que tem ceifado mais de 2.000 vidas em nosso estado. Todo cuidado é importante no momento de flexibilizar o acesso a esses locais onde tem muita circulação de pessoas”, disse Silva.

De acordo com o projeto, somente após a desinfecção e autorização decretada pelo poder público estadual, será realizado o retorno das atividades mencionadas no projeto. 

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Veja Também  Deputados aprovam PEC da Previdência em segunda votação
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana