conecte-se conosco


Mato Grosso

Governo constrói 10 pontes de concreto no Vale do Araguaia

Avatar

Publicado


.

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), avança na construção de 10 pontes de concreto na região do Vale do Araguaia, em Mato Grosso. As obras são realizadas em quatro rodovias estaduais que cortam a região e vão contribuir para o desenvolvimento do Estado.

De acordo com o secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira, as pontes de madeira são consideradas entraves logísticos para o escoamento da produção e transporte – e a substituição por pontes de concreto vai assegurar a diminuição desses obstáculos e maior fluidez do trânsito nessa região.

Na MT-326, no trecho que compreende o entroncamento da BR-158 até o município de Cocalinho, na divisa com Goiás, são executadas quatro pontes de concreto.  As pontes são construídas sobre os rios Borecaia e vazante, Corixinho, Corixão, e Água Preta. São investidos aproximadamente R$ 25 milhões para execução de todas as obras.

Obra sobre o córrego Canastra I

A ponte sobre o Rio Borecaia e vazante é a maior sendo executada nesse trecho, com extensão total de 190 metros. A obra já está na reta final, em fase de acabamento e foram investidos R$ 11 milhões para sua execução.

Já a ponte sobre o Rio Corixinho terá 75 metros de extensão e 55% dos serviços já foram executados. Ao todo, são investidos quase R$ 5 milhões nesta obra. Outra ponte é construída sobre o Rio Corixão e terá 60 metros de extensão. Aproximadamente 66% dos serviços já foram executados.

Também está em construção a ponte sobre o rio Água Preta, que terá uma extensão total de 50 metros e aproximadamente R$ 3,4 milhões são investidos na execução da obra.

MT-100

Na MT-100 estão em construção três pontes de concreto sobre os Córregos Sete Voltas e Pitomba, no município de Araguaiana, além do Rio Claro, em Alto Araguaia. São investidos quase R$ 10 milhões para a execução das três obras.

Obra sobre o córrego Canastra I

A maior das três pontes é a construida sobre o Córrego Sete Voltas, com extensão de 60,55 metros. O investimento feito é de R$ 4 milhões. Já a ponte sobre o Córrego Pitomba tem extensão de 30,5 metros e o valor da obra é de R$ 1,5 milhão. As duas obras facilitarão a ligação do município de Araguaiana com Barra do Garças.

Já a ponte sobre o Rio Claro tem extensão de 40,55 metros. O valor da obra é de R$ 2,7 milhões e vai permitir a ligação da MT-100 sentido BR-364.

MT-020 e 109 

Já na MT-020, em Canarara, estão em construção duas pontes de concreto, sobre os Córregos Canastra I e II.  Ambas as pontes têm extensão de 31 metros e são investidos R$ 3,5 milhões na execução das duas obras.

Ainda em Canarana, mas na MT-109, está sendo construída a ponte sobre o Rio Tanguro. A ponte terá uma extensão de 31 metros e atualmente são realizados os serviços de infraestrutura.

Obra da ponte sobre o rio Tanguro

Ponte sobre o Rio das Mortes

Além das pontes já em obras, está prevista a construção da ponte de concreto sobre o Rio das Mortes, na MT-326, que vai interligar os municípios de Cocalinho e Nova Nazaré. A ordem de serviço para início da obra já foi emitida e a ponte terá 483 metros, sendo considerada a maior ponte dessa estrutura já construída em Mato Grosso.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook

Mato Grosso

Parceria entre Governo e empresas alcança 15 mil trabalhadores dos setores de alimentos e bebidas

Avatar

Publicado


.

Mato Grosso recebeu um reforço para a retomada da economia no Estado, nos próximos meses. Nesta quarta-feira (05.08), os secretários da Casa Civil, Mauro Carvalho, e de Desenvolvimento Econômico, César Miranda, participaram de reunião online com os organizadores do Movimento Nós, uma iniciativa criada por oito das principais companhias de alimentos e bebidas do país para ajudar o pequeno comércio a passar por este momento e garantir sua reabertura.

O movimento formado pelas empresas Ambev, Aurora, BRF, Coca-Cola, Heineken, Mondelez, Nestlé e Pepsico deve beneficiar, somente em Mato Grosso, 15 mil trabalhadores e impactar cerca de 50 mil pessoas. As ações estão voltadas a bares, restaurantes, mercearias e padarias.

“Mato Grosso foi contemplado com as ações desse movimento que iniciam imediatamente. Agradecemos muito as empresas que estão auxiliando os pequenos comerciantes e, com esta atitude, contribuem para que possamos seguir com a retomada da economia de forma segura”, diz Mauro Carvalho.

O Movimento Nós foi dividido em quatro pilares: suporte na reabertura com foco na saúde (com distribuição de EPIs), divulgação e informações relevantes do mercado para pequenos varejistas, reabastecimento facilitado do estoque, fortalecimento da relação entre comércios locais e consumidores.

César Miranda, do Desenvolvimento Econômico, acredita que o objetivo da coalizão das empresas vem ao encontro do que o Governo do Estado está trabalhando em Mato Grosso.

“Queremos uma reabertura com segurança, fortalecendo os pequenos pontos de venda, os pequenos comerciantes de bairro. Também vamos participar com as ações já tomadas de flexibilização fiscal e crédito para estes empreendedores”.

Haverá distribuição de kits com álcool em gel, máscaras, cartazes e cartilhas com os protocolos de saúde, condições diferenciadas para os empresários reabastecerem seus comércios, como cashback, produtos consignados, bonificações, descontos e extensão de crédito e campanha publicitária para trazer o público para os estabelecimentos.

Mais informações  no site: www.movimentonos.com.br

 

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Governo de Mato Grosso lamenta morte de liderança do Alto Xingu

Avatar

Publicado


.

O Governo de Mato Grosso expressa profundo pesar pela morte do cacique Aritana Yawalapiti, de 71 anos. Ele morreu nesta quarta-feira (05.08), vítima da covid-19.

Aritana era uma das principais lideranças indígenas do Alto Xingu.

“É uma enorme perda para Mato Grosso. Aritana era um grande ativista e dedicou sua vida em defesa da cultura e dos direitos indígenas. Nossa solidariedade à família, aos amigos e a toda a comunidade indígena por esse momento de dor”, afirmou o secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana