conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil e Federação dos Consegs distribuem sete toneladas de alimentos no interior e região metropolitana

Avatar

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil por meio da Coordenadoria de Polícia Comunitária e Federação dos Conselhos Comunitários de Segurança (Feconseg-MT) realizaram a distribuição de sete toneladas de alimentos destinadas às pessoas que fazem parte do cadastro mantido pelos conselhos comunitários da região e também inseridas nos programas oficiais do governo.

Os alimentos doados são oriundos da Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência (Setasc) e fazem parte da Campanha Vem Ser Mais Solidário, coordenada pela secretaria, que arrecada alimentos e materiais de limpeza para doações a famílias em situação de vulnerabilidade neste período da pandemia do coronavírus. Além dos alimentos também foram entregues kits de limpeza e 500 cobertores do programa Aconchego do governo do Estado.

No final de semana, os beneficiados foram os municípios de Jaciara, Juscimeira, Dom Aquino, Rondonópolis e Itiquira. As delegacias de Jaciara e Juscimeira serviram de base de apoio recebendo parte dos donativos.

Para o delegado de polícia do município de Jaciara, Sidarta Vidigal de Almeida, a Polícia Civil tem se mostrado muito próxima da sociedade nestes tempos de pandemia. “Ações como estas, conseguem levar um pouco de alento as pessoas necessitadas e aproximam a instituição da sociedade”, disse o delegado.

Segundo o presidente da Feconseg-MT Danillo Moraes o apoio da Polícia Civil na logística de distribuição dos alimentos e cobertores foi importante para suprir a necessidade urgente daqueles que realmente estão em situação de vulnerabilidade. “A Polícia Civil ressignifica seu papel no atual momento de pandemia e demonstra na essência o papel de servir e proteger a sociedade”, destacou.

Para o próximo mês a Polícia Civil e a Feconseg-MT estimam realizar novas ações de distribuição de donativos para municípios de outras regiões do Estado.

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook

Policial

Suspeitos são presos após PM receber denúncias sobre pessoas armadas no Vale do Goiabal

Avatar

Publicado


.

Em Juína, a Polícia Militar prendeu dois homens (57 e 23 anos) com armas de fogo e munições, na última sexta – feira (7), na região do Vale do Goiabal, zona rural do município. Na ação policial foram apreendidos dois simulacros de arma de fogo, uma pistola, uma espingarda, 58 munições cal .40, três carregadores de pistola e dois cartuchos recarregados.  

A PM recebeu denúncias de que pessoas estariam circulando pelo Vale do Goiabal portando armas de fogo e ameaçando os moradores da região. Na tarde de sexta-feira, os policiais realizaram patrulhamento tático na localidade e visualizaram três pessoas em um local onde foi possível verificar em cima de uma mesa, dois simulacros de arma de fogo e uma espingarda cal 36.

A polícia realizou o procedimento de abordagem pessoal nos suspeitos e um deles confessou ser o dono da espingarda alegando que anda armado porque vem sendo ameaçado por uma pessoa em uma caminhonete S10. O homem confessou que é foragido da justiça e que esteve preso na cidade de Porto Velho em  Rondônia, mas  que não voltou ao estado vizinho depois que recebeu benefício da saída temporária do Sistema Prisional. O suspeito recebeu voz de prisão e teve a arma de fogo apreendida. Os dois simulacros de arma de fogo também foram apreendidos pela PM. 

Outro homem abordado pelos policiais portava um coldre, uma pistola cal 40 com três carregadores municiados e 58 munições.  O suspeito justificou que tem registro da arma, que tem registro de caçador, ele disse ainda que trabalha em uma empresa de pesquisa em mineração da região onde existe um conflito agrário e que por isso anda armado para garantir sua segurança, mas moradores do local declararam aos policiais que o suspeito costuma ameaçar as pessoas e sempre transita pelo local portando o armamento de forma ostensiva. O homem foi preso e conduzido à delegacia para prestar esclarecimentos.

O armamento do suspeito foi apreendido e entregue a Polícia Judiciária Civil.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Suspeitos são presos após PM receber denúncias de pessoas armadas no Vale do Goiabal

Avatar

Publicado


.

Em Juína, a Polícia Militar prendeu dois homens (57 e 23 anos) com armas de fogo e munições, na última sexta – feira (7), na região do Vale do Goiabal, zona rural do município. Na ação policial foram apreendidos dois simulacros de arma de fogo, uma pistola, uma espingarda, 58 munições cal .40, três carregadores de pistola e dois cartuchos recarregados.  

A PM recebeu denúncias de que pessoas estariam circulando pelo Vale do Goiabal portando armas de fogo e ameaçando os moradores da região. Na tarde de sexta-feira, os policiais realizaram patrulhamento tático na localidade e visualizaram três pessoas em um local onde foi possível verificar em cima de uma mesa, dois simulacros de arma de fogo e uma espingarda cal 36.

A polícia realizou o procedimento de abordagem pessoal nos suspeitos e um deles confessou ser o dono da espingarda alegando que anda armado porque vem sendo ameaçado por uma pessoa em uma caminhonete S10. O homem confessou que é foragido da justiça e que esteve preso na cidade de Porto Velho em  Rondônia, mas  que não voltou ao estado vizinho depois que recebeu benefício da saída temporária do Sistema Prisional. O suspeito recebeu voz de prisão e teve a arma de fogo apreendida. Os dois simulacros de arma de fogo também foram apreendidos pela PM. 

Outro homem abordado pelos policiais portava um coldre, uma pistola cal 40 com três carregadores municiados e 58 munições.  O suspeito justificou que tem registro da arma, que tem registro de caçador, ele disse ainda que trabalha em uma empresa de pesquisa em mineração da região onde existe um conflito agrário e que por isso anda armado para garantir sua segurança, mas moradores do local declararam aos policiais que o suspeito costuma ameaçar as pessoas e sempre transita pelo local portando o armamento de forma ostensiva. O homem foi preso e conduzido à delegacia para prestar esclarecimentos.

O armamento do suspeito foi apreendido e entregue a Polícia Judiciária Civil.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana