conecte-se conosco


Policial

CAAPORA III: PRF apreende mais de 800 m³ de madeira ilegal em Mato Grosso

Avatar

Publicado


.

Além do combate ao transporte irregular de produto florestal, equipes realizaram fiscalização de emissão de poluentes

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) deflagrou, entre os dias 2 e 8 de julho, a terceira etapa da Operação Caapora. Em mais uma ação de combate aos crimes ambientais com foco na fiscalização de produto florestal a PRF apreendeu 842 m³ de madeira e carvão vegetal. Foram também registradas 14 ocorrências envolvendo cometimento de crime de poluição.

As fiscalizações ocorreram na BR-174, em Comodoro/MT e contaram com uma equipe de aproximadamente 16 PRFs. O INDEA (Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso) também participou das fiscalizações com 2 servidores, além de militares do Exército Brasileiro.

As cargas de madeira necessitam ser acompanhadas de nota fiscal e documento de origem florestal ou guia florestal. Qualquer irregularidade entre os documentos ou entre eles e a carga, tornam os documentos inválidos e a carga ilegal.

Com relação aos crimes de poluição, as ocorrências foram por irregularidades com ARLA 32, que é o Agente Redutor Líquido de Óxido de Nitrogênio Automotivo. Trata-se de um reagente utilizado juntamente com o Sistema de Redução Catalítica (SRC) para reduzir a emissão de óxido de nitrogênio nos gases de escape de veículos à diesel.

Confira os resultados da Operação em Mato Grosso:

Veículos fiscalizados 629
Veículos apreendidos 39
Ocorrências 41
Madeira apreendida 842 m³
Pessoas detidas e encaminhadas 41

No ano de 2019, Mato Grosso foi o estado que mais apreendeu madeira no país, totalizando 7.000 m³. Em 2020 (de 01 de janeiro à 08 de julho), os números já somam 5.840 m³, mais que o dobro em relação ao mesmo período em 2019 (2.340 m³).

Mesmo em tempos de pandemia, a PRF vem atuando fortemente no combate aos crimes ambientais afim de garantir um meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum e direito de todos, previsto constitucionalmente.

SECOM PRF MT

 

 

 

 

Fonte: PRF MT

Comentários Facebook

Policial

Bope identifica suspeitos com droga e armas de fogo; durante confronto, dupla veio a óbito

Avatar

Publicado


.

Equipes do Bope identificaram na noite desta quarta-feira (05.08), os dois homens que atiraram nos policiais que realizavam ronda, no bairro Altos da Serra, na capital. Devido à represália, a atitude foi revidada e os suspeitos atingidos e vieram a óbito.

Por ser uma região já conhecida pela incidência do tráfico de droga, a equipe patrulhava, quando numa certa rua foi recebida por disparos de armas de fogo. Foi iniciado o procedimento tático com cerco estratégico pelo local e as equipes divididas em duas.

Em uma das ruas, um grupo percebeu uma casa abandonada e quando se aproximava, um dos suspeitos atirou na direção dos militares e no revide, ele atingido.

Em outro ponto, a segunda equipe também foi recebida por disparos de arma de fogo, sendo o homem também atingido.

Com os dois homens foram encontrados um revólver calibre 38 e uma pistola 380. Na vistoria no local, os militares localizaram dois tabletes de maconha.

Foi prestado socorro a ambos e encaminhados à Upa do Planalto, mas constatado a morte pela equipe médica.

Devido à situação terminar em confronto com morte de suspeitos, a Corregedoria da PM irá instaurar um procedimento interno para apurar os fatos.

Via sistema, constou no nome de um dos suspeitos passagens criminais por roubo, sequestro, ameaça e um furto a agência bancaria. Os crimes foram nos anos de 2015, 2018 e 2020 – respectivamente.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Batalhão Ambiental encontra depósito sem licença e lixos hospitalares misturados em Curvelândia

Avatar

Publicado


.

Uma equipe do Batalhão Ambiental em Curvelândia (a 311 km de Cuiabá) descobriu nesta quarta-feira (05.08), um depósito de lixo que não atendia as normas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

A denúncia descrevia que na propriedade funcionava um centro de  armazenamento de produtos recicláveis, mas todo material estava misturado, inclusive lixo hospitalar.  

No local, a equipe foi recebida pelo proprietário que alegou ter alugado para um homem. Na vistoria, foi confirmada a irregularidade, sendo encontrado ainda recipiente de veneno de animal, filtro de combustível e  frascos de inseticida.

Questionado sobre o contrato de aluguel e a licença ambiental, o dono disse que não teria formalizado junto ao inquilino e, muito menos a autorização.     

Devido à irregularidade, foi aplicada uma multa de R$ 25 mil, e emitidos os autos de inspeção, infração e embargo no local.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana