conecte-se conosco


Politica MT

Nova governadoria distrital  do Rotary MT recebe Moção de Congratulação

Avatar

Publicado


.

Foto: FABLICIO RODRIGUES / ALMT

Em homenagem e reconhecimento ao trabalho social do Rotary Internacional, o deputado Dr. João (MDB) apresentou Moção de Congratulação para Brígida Maria Fischer, nova governadora do distrito 4440, ano rotárico 2020/2021, e Moção de Aplauso para Washington Calado Barbosa que conclui o seu biênio a frente da governadoria.

“Congratulamos o governador Washington, que marcou sua gestão com inúmeras conquistas tanto para o Rotary, como para a sociedade e manifestamos nosso irrestrito apoio a nova govenadora que assume a continuidade dos trabalhos”, ressalta o parlamentar.

Respeitando as normas de prevenção recomendadas pela Organização Mundial da Saúde, a tangaraense Brigida tomou posse no último dia 27 de junho, em cerimônia virtual. Além dela também foram conduzidos novos representantes das unidades regionais e demais diretorias de projetos.

O parlamentar destaca a importância do reconhecimento ao movimento pelas ações desenvolvidas junto a população do estado, no combate e prevenção ao novo coronavírus – Covid 19.  Entre os projetos sociais e humanitários já desenvolvidos pelo Rotary, está a destinação de mais de R$ 500 mil para compra de aparelhos e também equipamentos de proteção individual, 1000 testes para detecção e 100 mil mascaras para a população do estado, para reforçar as ações de combate a pandemia. Além da arrecadação de 50 mil toneladas de alimentos para distribuir para famílias em situação de vulnerabilidade.

“Manifestamos o nosso reconhecimento e reforçamos o apoio aos trabalhos em benefício da sociedade mato-grossense”, afirma.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook

Politica MT

Lúdio Cabral propõe revogar decreto do governo que retirou autonomia da Fapemat

Avatar

Publicado


.

Foto: ANGELO VARELA / ALMT

O deputado estadual Lúdio Cabral (PT) apresentou, nessa quarta-feira (5), um Projeto de Decreto Legislativo para devolver a autonomia da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Mato Grosso (Fapemat). O projeto de Lúdio susta os efeitos do Decreto 575/20, publicado pelo governador em 23 de julho, que determinou que a área meio da instituição seja exercida pela Secretaria de Ciência e Tecnologia (Secitec) e designou o secretário para responder pela presidência da Fapemat.

“Numa canetada, por decreto, o governador transferiu a presidência e a gestão administrativa e financeira da Fapemat para a Secretaria de Ciência e Tecnologia. Esse decreto é ilegal. Isso não pode acontecer. A fundação tem perfil acadêmico, tem autonomia administrativa e financeira, tem conselho curador e conselho diretor. A Secitec e a Fapemat são duas instituições distintas. Esse decreto na prática abre caminho para acabar com a Fapemat”, afirmou Lúdio.

Lúdio disse que, pela Lei Complementar nº 306, o governador poderia nomear um interino por até 30 dias em caso de vacância do cargo de presidente da Fapemat. Porém, esse prazo já passou, pois o cargo está vago há dois meses, desde 4 de junho, quando o presidente da fundação, Adriano Silva, morreu vítima da covid-19.

Dessa forma, o governador deveria ter indicado um substituto para o cargo no prazo máximo de um mês, que se esgotou em 4 de julho. Por isso, ao nomear o secretário de Ciência e Tecnologia para acumular interinamente a presidência da Fapemat por meio de decreto no dia 23 de julho, o governador extrapolou o prazo permitido para nomeação de um interino na função.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Politica MT

Acadepol da PJC-MT solicita apoio para reforma

Avatar

Publicado


.

Foto: SAMANTHA DOS ANJOS / Assessoria de Gabinete

O deputado estadual e presidente da Comissão de Segurança Pública e Comunitária da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), Delegado Claudinei (PSL), vIsitou na terça-feira (4), a sede da Academia da Polícia Civil de Mato Grosso (Acadepol), em Cuiabá. Ele foi recepcionado pelos delegados de polícia e diretores Welber Batista Franco e Joaquim Leitão Júnior.

Welber contou que o prédio precisa de alguns reparos e solicitou apoio ou intervenção do parlamentar para finalizarem a reforma externa na sede da instituição, como, também, a pintura do novo brasão da Academia. “A gente convidou o deputado para pedir uma colaboração na reforma e melhorias na Acadepol. O prédio necessita de pintura. Já estamos fazendo as demarcações no espaço e recomposição de instrumentos de trabalho. A gente precisa pintar as colunas, as partes metálicas externas, os tubos e inserir o brasão na parte externa que é uma nova identidade visual”, explica o diretor.

Claudinei disse que faria inicialmente uma articulação com a presidência da ALMT para viabilizar o devido apoio para a Acadepol. “Vou providenciar um ofício direcionado para presidência da Casa de Leis e verificar essa possibilidade de ajuda para essa importante instituição que forma os profissionais da segurança pública. Além dos recursos materiais, a Acadepol precisa também da mão-de-obra e, devido a pandemia da Covid-19, não tem como contar com a mão-de-obra dos reeducandos para realizar a pintura”, explica o deputado.

Biblioteca – Com a revitalização na estrutura da biblioteca da Acadepol, o diretor pediu ao deputado para verificar a possiblidade da Casa de Leis doar livros que possam contribuir com a formação dos alunos. “Queríamos ver a possível parceria com a Escola do Legislativo para termos alguns volumes, como por exemplo, da Constituição Federal. Até doações de quem vai desfazer de obras, se puder destinar para nós, será de suma importância”, pede Welber.

Indicação – O diretor agradeceu ao Delegado Claudinei o fato da instituição ter conseguido o reparo na linha de transmissão elétrica – uma demanda solicitada ao parlamentar em março de 2019. Essa demanda vem ao encontro da indicação n.º 432/2019 do deputado que solicita a necessidade de realizar a adequação da rede de energia elétrica do estande de tiros da Academia. “Temos que agradecer ao deputado pelo apoio. Já conseguimos o projeto para a Ordem de Serviço com a Energisa. Conseguimos os reparos, substituição de iluminação com lâmpadas, soquetes, entre outros aspectos relacionados a iluminação”, explica.

“Realmente, existia um projeto em andamento na Sesp (Secretaria de Estado de Segurança Pública de Mato Grosso) com pedido de adequação da rede elétrica de alta e baixa tensão do estande de tiros da Acadepol. Isso porque, a Energisa só consegue disponibilizar 70kW, sendo preciso  cerca de 90 kW, além do aporte financeiro”, conta Delegado Claudinei.

Novos Delegados – Para finalizar a visita na instituição, o deputado Claudinei conheceu os 29 delegados da Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso (PJC) que estavam em treinamento com a Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer). Eles tomaram posse no dia 16 de junho, e ficaram cerca de dois anos no aguardo da nomeação do concurso público em que foram aprovados.

“A Acadepol pode contar com o nosso apoio e parabenizo o trabalho que fazem aqui. Agora temos 29 delegados no curso de formação e vamos lutar para nomear mais delegados que aguardam ansiosos. Sei que a instituição preza o princípio da legalidade, o respeito à Constituição Federal e à sociedade, os direitos dos presos e indiciados. Aqui os alunos aprendem a atuar com dignidade”, diz Claudinei.

“Trazer para Academia alguma parceria, junto com o Poder Legislativo de Mato Grosso é uma forma legítima entre os poderes e instituições, uma forma de dialogar para trazer resultados eficientes para a sociedade. Ficamos extremamente gratos com a visita e a disponibilidade do deputado em poder ajudar a instituição que é a sua casa. É através dela que a paz chega até todos os lares da sociedade”, salienta o delegado de polícia.

A Acadepol foi fundada no ano de 1978, com a finalidade de preparar e capacitar delegados, escrivães e policiais civis, entre outros cargos da estrutura da PJC, para atender a área da segurança pública.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana