conecte-se conosco


Mato Grosso

Sefaz faz alerta a comerciantes e empresários sobre falsos fiscais

Avatar

Publicado


.

A Secretaria de Fazenda de Mato Grosso (Sefaz-MT) alerta aos comerciantes e empresários para uma ação de falsos fiscais na região Norte do Estado. Os estelionatários têm abordado contribuintes para vender assinaturas e espaços publicitários em uma suposta revista com o antigo nome do sindicato da categoria – Revista Sintafe.

Durante a abordagem, os falsos fiscais coíbem as vítimas com ameaças de possíveis fiscalizações e retenções de mercadorias em barreiras e postos fiscais. O valor cobrado pelo espaço para anúncio na revista seria de R$ 2.000.

É importante ressaltar que o sindicato que representa os fiscais de tributos estaduais é o Sindifisco-MT. O nome Sintafe deixou de ser utilizado pela entidade em 2014, o que reafirma o golpe aplicado.

O secretário de Fazenda, Rogério Gallo, afirma que o caso será repassado para os órgãos competentes para que seja investigado e os golpistas identificados. “Precisamos alertar os empresários: nem o sindicato, nem a Sefaz, pedem patrocínio. Esse caso já está com a Polícia. São estelionatários usando o nome do sindicato e da Sefaz. Serão punidos.”, assinalou.

De acordo com o presidente do Sindifisco-MT, João José de Barros, a entidade não realiza nenhuma cobrança aos contribuintes, o seu vínculo é exclusivamente com os fiscais de tributos da Sefaz. “Queremos deixar claro que o Sindicato nunca cobrou, não cobra e nem vai cobrar nada de contribuintes. Se alguém fizer isso é golpe”.

A Sefaz ressalta que não tem qualquer ligação com as ações praticadas e reitera a orientação para que o contribuinte chame a Polícia Militar quando receber este tipo de abordagem ou, se não houver a presença da pessoa, que encaminhe uma denúncia para Ouvidoria da secretaria.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook

Mato Grosso

MT Ciências realiza live com estudante vencedor da 11ª Mostra de Ciência e Tecnologia

Avatar

Publicado


.

A Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci) realizará, nesta quinta-feira (02.07), às 16h, uma live para apresentar o projeto científico desenvolvido pelo estudante do ensino médio, Gersione Filho, que obteve o primeiro lugar na “11ª Mostra Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação de Mato Grosso (MECTI)”, realizada ano passado. A transmissão será pelo Instagram do MT Ciências (@mtciencias).

A bióloga Camila Oliveira, monitora do projeto MT Ciências, conduzirá o bate-papo virtual com o estudante que vai apresentar o trabalho desenvolvido por ele para a agroindústria, no ramo da piscicultura.

O projeto prevê a introdução da automação no setor, principalmente na alimentação dos peixes, além de fortalecer a parceria entre grupos de piscicultores para o desenvolvimento tecnológico do segmento.

O projeto foi o mais bem votado durante a MECTI de 2019, o que rendeu ao aluno um intercâmbio de estudo, por seis meses nos Estados Unidos. O prêmio será patrocinado pelo Instituto Farmun e outros parceiros da Seciteci. O projeto também foi apresentado na Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace) deste ano.

A superintendente de Desenvolvimento Científico, Tecnológico e de Inovação da Seciteci, Lectícia Figueiredo, explica que estes encontros virtuais fortalecem as ações dos estudantes e do projeto MT Ciências.

“A finalidade é promover um bate-papo semanal por meio do Instagram do MT Ciências para trazer os alunos que se destacaram na mostra do ano passado. Apresentaremos dicas e ideias para compartilhar com os internautas”, diz.

Os interessados em participar e fazer perguntas durante a live devem acessar o Instagram do MT Ciências que é @mtciencias. 

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Empaer desenvolve aplicativo para atender produtores rurais

Avatar

Publicado


.

Para facilitar o acesso do agricultor familiar aos serviços oferecidos pela Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), um aplicativo está sendo desenvolvido para funcionar como uma solução digital de auxílio aos agricultores na tomada de decisões relacionadas à atividade rural.

O Técnico em Administração Sistêmica da Empaer, Eder Antônio da Silva, explica que a primeira versão do aplicativo estará pronta no final do mês de julho. Ao todo serão seis etapas de desenvolvimento, com o objetivo de promover agilidade nas informações prestadas e qualidade no atendimento.

De acordo com Eder, o novo aplicativo estará interligado com o Sistema de Acompanhamento e Gerenciamento das Atividades da Empaer, o Sagae. Essa plataforma está sendo utilizada para coletar as informações dos serviços prestados ao público alvo, além de avaliar o ganho social dos produtores rurais e o trabalho executado pelos técnicos da Empaer.

“Já cadastramos, pelo Sistema Sagae, mais de 26 mil agricultores familiares de 2.270 comunidades rurais em 123 municípios. A nossa intenção é chegar a 50 mil produtores cadastrados até o final do ano”, esclarece.

Para dar agilidade na produção do aplicativo, foram contratados três analistas de desenvolvimento com recursos do Programa REED+For Early Movers (REM). Eder explica que, entre outras funções, o produtor poderá acessar o histórico de solicitações feitas pelo aplicativo e todos os dados relacionados a sua propriedade, acompanhando inclusive a evolução da produção, com indicadores importados do Sagae.

O presidente da Empaer, Renaldo Loffi, ressalta que o acesso do cidadão aos serviços do Estado a partir de plataformas digitais é uma prioridade do governo Mauro Mendes, e esse aplicativo será inserido na plataforma MT Cidadão.

“Essa ferramenta vai facilitar a rotina dos agricultores e simplificar a vida no campo por meio de uma interação rápida e de fácil manuseio. O produtor vai interagir com uma equipe composta por técnicos, pesquisadores e profissionais de várias áreas aptos a prestarem informações e atendimento”.

Segundo Loffi, através do aplicativo o produtor poderá tirar dúvidas sobre assuntos diversos, como crédito rural e administração da propriedade, obter informações técnicas sobre culturas e criações e solicitar visitas para atendimento in loco na propriedade rural. Além dos produtores, os moradores urbanos, feirantes, diretores de escolas, ou qualquer outra pessoa que tenha alguma dúvida relacionada ao trabalho rural também poderá entrar em contato para obter orientação. Tudo isso diretamente pelo celular.

A nova ferramenta está sendo desenvolvida pelo setor de Tecnologia da Informação com a colaboração da equipe de Comunicação da Empaer, além de técnicos da área de Ater (Assistência Técnica e Extensão Rural), Pesquisa e Fomento. A publicitária e Técnica em Administração Sistêmica da Empaer, Lara Jordani, responsável pela parte visual, fluxo de informações e funcionalidade do aplicativo, comenta que a ferramenta tem por objetivo atender o agricultor e a sociedade em geral de forma mais prática, célere e econômica.

“Cada vez mais a tecnologia faz parte do dia a dia dos empreendimentos rurais, auxiliando na realização das tarefas e possibilitando mais eficiência, produtividade, economia e uso racional dos recursos. O produtor terá um novo canal para troca de informações com a Empaer”, enfatiza.

Conforme Lara, essa será uma ferramenta para levar tecnologia ao campo e tornar o contato com o técnico da Empaer mais fácil e rápido. E além desse atendimento direto ao produtor e a sociedade em geral, o aplicativo também permitirá uma comunicação mais eficiente entre os próprios técnicos de diferentes localidades no Estado, considerando a especialidade de cada um e atendendo, assim, a uma demanda específica que já existia dentro da empresa.

Jordani esclarece que a finalidade é gerar uma troca cada vez maior de informação e conhecimento entre os técnicos de cada área. Tudo para tornar o atendimento no campo ainda mais preciso e eficiente. Isso porque em muitos casos, o município conta com um técnico ou dois, por exemplo, e o atendimento demandando pelo produtor não é da sua área de especialidade.

Para atendê-lo da melhor forma, portanto, o técnico daquele município poderá buscar, pelo aplicativo, outros técnicos da Empaer especialistas naquele determinado assunto e assim, tirar dúvidas e esclarecer pontos importantes ou fundamentais para a correta orientação e acompanhamento do produtor. 

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana