conecte-se conosco


Internacional

Rússia adia cúpula do Brics devido ao novo coronavírus

Publicado

Internacional


.

A Rússia informou, nessa quarta-feira (27), que decidiu adiar a cúpula dos países do Brics (bloco formado pelo Brasil, a Rússia, Índia, China e África do Sul). A reunião estava marcada para julho, em São Petersburgo, mas teve de ser adiada em razão da pandemia do novo coronavírus.

A reunião dos chefes do Conselho de Estado da Organização de Cooperação de Xangai (SCO, na sigla em inglês) também foi adiada. Os eventos seriam realizados em São Petersburgo, de 21 a 23 de julho.

“As novas datas para as cúpulas serão determinadas dependendo do desenvolvimento da situação epidemiológica nos países do grupo e em todo o mundo”, afirmou o comitê organizador em comunicado.

Comentários Facebook
Veja Também  Secretário de Estado dos Estados Unidos chega a Boa Vista

Internacional

Secretário de Estado norte-americano chega a Boa Vista

Avatar

Publicado


.

O secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, desembarcou há pouco na capital de Roraima, Boa Vista. Pompeo vai conhecer o trabalho realizado pela Operação Acolhida, a força-tarefa que o governo federal criou em março de 2018 para receber os milhares de imigrantes e refugiados venezuelanos que chegavam ao Brasil, fugindo da instabilidade política e econômica no país vizinho.

Além de conversar com venezuelanos, Pompeo deve se reunir com o o ministro das Relações Exteriores do Brasil, Ernesto Araújo, e com o governador de Roraima, Antonio Denarium. A expectativa é que eles tratem de possíveis parcerias que atraiam investimentos norte-americanos para o país e para o estado, e, principalmente, sobre a situação na Venezuela.

A visita de Pompeo coincide com o aumento da pressão do governo norte-americano pela saída do poder do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro. Em seu breve tour pela América do Sul, Pompeo visitará também Colômbia, Suriname e Guiana. O embaixador dos Estados Unidos no Brasil, Todd Chapman, já está em Boa Vista desde quarta-feira (16), preparando a chegada do secretário. 

Veja Também  Secretário de Estado dos Estados Unidos chega a Boa Vista

De acordo com o governador de Roraima, Antonio Denarium, os Estados Unidos já destinaram US$ 50 milhões (cerca de R$ 265 milhões) para o Brasil fazer frente a situação humanitária, acolhendo os venezuelanos. 

“Vai ser um privilégio, uma honra para o estado de Roraima, receber a visita do secretário”, disse o governador Antonio Denarium sobre a presença de Pompeo e Chapman. “Eles vieram aqui para conhecer a Operação Acolhida, o trabalho que o Brasil, através [da coordenação] do Ministério da Defesa está fazendo no acolhimento dos venezuelanos”, acrescentou o governador.

O roteiro divulgado à imprensa prevê que o secretário norte-americano visite o posto de identificação e triagem da operação Acolhida; a Instalação WASH (Água, Saneamento e Higiene) da Paróquia de Nossa Senhora da Consolata – projeto que recebe financiamento da Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento, e, na sequência, se reúna com autoridades federais e estaduais na Base Aérea de Boa Vista. Por fim, antes de embarcar com destino a Bogotá, na Colômbia, Pompeo deverá conceder uma entrevista à imprensa.

Veja Também  Mais de 170 países aderiram ao programa de vacinas contra covid-19

Ouça na Radioagência Nacional:

Edição: Aline Leal

Comentários Facebook
Continue lendo

Internacional

Secretário de Estado dos Estados Unidos chega a Boa Vista

Avatar

Publicado


.

O secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, desembarcou há pouco na capital de Roraima, Boa Vista. Pompeo vai conhecer o trabalho realizado pela Operação Acolhida, a força-tarefa que o governo federal criou em março de 2018 para receber os milhares de imigrantes e refugiados venezuelanos que chegavam ao Brasil, fugindo da instabilidade política e econômica no país vizinho.

Além de conversar com venezuelanos, Pompeo deve se reunir com o o ministro das Relações Exteriores do Brasil, Ernesto Araújo, e com o governador de Roraima, Antonio Denarium. A expectativa é que eles tratem de possíveis parcerias que atraiam investimentos norte-americanos para o país e para o estado, e, principalmente, sobre a situação na Venezuela.

A visita de Pompeo coincide com o aumento da pressão do governo norte-americano pela saída do poder do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro. Em seu breve tour pela América do Sul, Pompeo visitará também Colômbia, Suriname e Guiana. O embaixador dos Estados Unidos no Brasil, Todd Chapman, já está em Boa Vista desde quarta-feira (16), preparando a chegada do secretário. 

Veja Também  Secretário de Estado dos Estados Unidos chega a Boa Vista

De acordo com o governador de Roraima, Antonio Denarium, os Estados Unidos já destinaram US$ 50 milhões (cerca de R$ 265 milhões) para o Brasil fazer frente a situação humanitária, acolhendo os venezuelanos. 

“Vai ser um privilégio, uma honra para o estado de Roraima, receber a visita do secretário”, disse o governador Antonio Denarium sobre a presença de Pompeo e Chapman. “Eles vieram aqui para conhecer a Operação Acolhida, o trabalho que o Brasil, através [da coordenação] do Ministério da Defesa está fazendo no acolhimento dos venezuelanos”, acrescentou o governador.

O roteiro divulgado à imprensa prevê que o secretário norte-americano visite o posto de identificação e triagem da operação Acolhida; a Instalação WASH (Água, Saneamento e Higiene) da Paróquia de Nossa Senhora da Consolata – projeto que recebe financiamento da Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento, e, na sequência, se reúna com autoridades federais e estaduais na Base Aérea de Boa Vista. Por fim, antes de embarcar com destino a Bogotá, na Colômbia, Pompeo deverá conceder uma entrevista à imprensa.

Veja Também  Fed deve elevar projeções econômicas ampliar promessa de juros baixos

Edição: Aline Leal

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana