conecte-se conosco


Internacional

Mau tempo adia lançamento da missão espacial tripulada da SpaceX

Avatar

Publicado


.

A SpaceX, empresa privada de foguetes do empresário bilionário Elon Musk, foi forçada pelo mau tempo a adiar o lançamento planejado para esta quarta-feira de dois norte-americanos para o espaço, uma missão que marcaria o primeiro voo espacial de astronautas da Nasa a partir do território norte-americano em nove anos.

A contagem regressiva foi interrompida menos de 17 minutos antes do horário marcado para o foguete SpaceX Falcon 9 decolar do Centro Espacial Kennedy, levando Doug Hurley e Bob Behnken em uma viagem de 19 horas a bordo da recém-projetada cápsula Crew Dragon para a Estação Espacial Internacional.

A próxima janela de lançamento está marcada para a tarde de sábado, quando a SpaceX fará uma segunda tentativa de enviar os astronautas para a órbita.

A tentativa de lançamento ocorreu em um dia com chuvas constantes na Flórida, e o Serviço Nacional de Meteorologia emitiu um alerta de tornado para a área. Os gerentes de operações de voo estavam monitorando várias condições climáticas ameaçadoras, incluindo a ameaça de raios, mesmo quando as tripulações começaram a carregar o foguete com combustível.

Naquele momento, Hurley, de 53 anos, e Behnken, de 49, já estavam presos em seus assentos na Crew Dragon, depois de subirem uma torre de 80 metros até a ponte de acesso que leva à cápsula no topo do foguete Falcon 9.

Uma transmissão de televisão ao vivo da NASA pela internet mostrou os dois homens sentados e parecendo calmos, lado a lado em seus trajes de voo brancos, quando o adiamento do lançamento foi anunciado.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, já havia voado a bordo do Air Force One para a Flórida e chegado a Cabo Canaveral para observar o lançamento. Musk, o vice-presidente dos EUA, Mike Pence, e o chefe da Nasa, Jim Bridenstine, também estavam lá para o lançamento planejado.

Os astronautas deveriam ter decolado da mesma plataforma de lançamento usada em 2011 pelo voo final de um ônibus espacial da NASA, pilotado por Hurley. Desde então, os astronautas da Nasa tiveram que pegar carona a bordo da sonda russa Soyuz para viajar ao espaço.

Comentários Facebook

Internacional

Venezuela: operações de segurança deixam 1.300 mortos em cinco meses

Avatar

Publicado


.

Operações de Segurança na Venezuela mataram pelo menos 1.324 pessoas nos primeiros cinco meses de 2020, informou o Alto Comissariado da Organização das Nações Unidas para os Direitos Humanos nessa quinta-feira (2).

A alta comissária Michelle Bachelet, que apresentou, em Genebra, relatório de 17 páginas sobre a Venezuela, disse que está “preocupada com os altos números de mortes de jovens pelas forças de segurança”, referindo-se a pessoas que teriam morrido enquanto resistiam às autoridades. 

Os dados oficiais da Venezuela mostram 6.710 homicídios em 2019 e 1.363 entre janeiro e maio deste ano. 

Os dados “não incluem as mortes violentas no contexto de operações de segurança, classificadas como ‘resistência à autoridade'”, afirmou a ex-presidente do Chile. 

Das mortes em operações de segurança em 2020, pelo menos 432 foram atribuídas à unidade das Forças Policiais Especiais (Faes), 366 à polícia investigativa conhecida como CICPC, 136 à Guarda Nacional e 124 à polícia do estado de Zulia, diz o relatório. 

Jorge Valero, embaixador venezuelano na ONU e em outras organizações internacionais em Genebra, disse que o relatório é baseado em “questionamentos infundados”, com o objetivo de “abastecer a agenda de agressão que se desdobra contra a Venezuela”. 

Comentários Facebook
Continue lendo

Internacional

Suíça restringe visitantes do Brasil e de mais 28 países

Avatar

Publicado


.

A partir de 6 de julho, viajantes de 29 países que quiserem ir à Suíça terão que se registrar com as autoridades e se autoisolar para evitar um ressurgimento do coronavírus, anunciou o governo suíço nessa quinta-feira (2).

A lista inclui, entre outros, os Estados Unidos, a Suécia, o Brasil e a Rússia, que foram classificados como países com alto risco de infecção.

Os visitantes com passagem nessas nações nos 14 dias anteriores terão que notificar as autoridades suíças de imediato, ao chegar, e ficar dez dias em quarentena, segundo o governo.

A lista inclui ainda Argentina, Chile, Colômbia, Arábia Saudita, África do Sul e Sérvia e será revisada continuamente.

O número de infecções começou a aumentar na Suíça nos últimos dias, provocando o receio de uma segunda onda de covid-19, mas suas fronteiras com Itália, Áustria, Alemanha e França estão abertas no momento.

O país, que suspendeu muitas de suas restrições, entre elas a reabertura de escolas e lojas, teve 31.967 testes positivos de covid-19 e 1.686 mortes até agora.

A Suíça faz parte do Espaço Schengen de 26 nações, que normalmente não têm verificações nas fronteiras. As viagens irrestritas entre a Suíça e todos os outros membros do Schengen estão permitidas, exceto a Suécia, que consta da lista governamental.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana