conecte-se conosco

Mato Grosso

MT Hemocentro atualiza Cadastro de Doadores de Medula Óssea

Avatar

Publicado


.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), por meio do MT Hemocentro e em parceria com diversas instituições, promove a Semana Estadual da Importância da Conscientização da Doação de Medula Óssea – que ocorre de 25 a 29 de maio -, com o objetivo de sensibilizar a população para a importância de ser um doador voluntário e salvar vidas.

No Estado de Mato Grosso, até março deste ano foram cadastrados 65.409 doadores, sendo 11 transplantes realizados com sucesso desde 2015; o último ocorreu em fevereiro deste ano.

A doação de medula óssea é importante para o tratamento de pacientes com doenças que comprometem a produção normal de células sanguíneas, como as leucemias-, além de portadores de aplasia de medula óssea e síndromes de imunodeficiência congênita.

O secretário de Estado de Saúde, Gilberto de Figueiredo, destaca que a iniciativa de ser um doador, é possível por meio do Redome, que é o cadastro nacional de doadores. “Estamos na semana de conscientização sobre a doação de medula óssea, que é importante para o tratamento de pacientes com doenças que comprometem a produção normal de células sanguíneas. Portanto, ajude a salvar mais uma vida. Faça o cadastramento no MT Hemocentro, que nesse momento de pandemia está atendendo por agendamento prévio, para evitar aglomeração, e participe dessa importante iniciativa que é a doação de medula óssea”.

Em Mato Grosso, o único serviço cadastrado pelo INCA (Instituto Nacional de Câncer) para realizar o cadastro de doadores de medula óssea é o MT Hemocentro, que está localizado na Rua 13 de junho, n° 1.055, e funciona de segunda a sexta feira, das 07h30 às 17h.

“Mesmo com a pandemia, o serviço continua funcionando normalmente. A pessoa que deseja se cadastrar pode comparecer espontaneamente no MT Hemocentro pode realizar o agendamento por meio do número 3623-0044 ramal 222”, informou a diretora do MT Hemocentro, Gian Carla Zanela.

Devido à diversidade populacional mato-grossense, a possibilidade de encontrar um doador compatível de medula óssea é maior. O MT Hemocentro dispõe de um serviço ambulatorial que atende pacientes com doenças hematológicas, sendo referência para todo o Estado, em que os pacientes podem precisar de um transplante como forma de tratamento; por isso é tão importante a sensibilização da população para o cadastro.    

Como ser um doador

Para que você seja um doador, é preciso se cadastrar no Registro de Doadores Voluntários de Medula Óssea (Redome), que é responsável por todas as informações de todos os doadores voluntários de medula óssea cadastrados no Brasil.

Em Mato Grosso, foi sancionada por meio da Lei 9.807/2012, de autoria do deputado estadual Ondanir Bortolini (PSD), que institui a Semana Estadual da Importância da Conscientização da Doação de Medula Óssea, com o objetivo de despertar na população o esclarecimento acerca do cadastro voluntário consciente.

Há quatro anos o MT Hemocentro realiza, com parcerias, um encontro que demarca a Semana de Conscientização sobre a doação de Medula Óssea. Neste ano, o evento seria realizado na última semana do mês de maio, o IV Encontro de Conscientização sobre a Doação de Medula Óssea e I Encontro Hematológico e Hemoterápico mato-grossense. Porém, devido à pandemia, o evento foi suspenso.

Entre os dias 25 e 29 de maio, estará ocorrendo a divulgação de informações, apresentação de vídeos e debates sobre o tema por meio dos canais digitais (Facebook do MT-Hemocentro e Instagram do projeto CERHEMO).  

      

 

 

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook

Mato Grosso

Vem Ser Mais Solidário atende profissionais da área de eventos

Avatar

Publicado


.

A campanha do Governo de Mato Grosso, “Vem Ser Mais Solidário – MT unido contra o coronavírus” atendeu, nesta sexta-feira (22.05), os profissionais que trabalham no setor de eventos em Cuiabá. Articulado pelo colunista social e produtor de eventos, Fernando Baracat, foram entregues cestas básicas para garçons, seguranças, músicos e vários outros trabalhadores do setor, que em razão da pandemia do novo coronavírus (COVID-19), estão impossibilitados de trabalhar.

A ação idealizada de maneira totalmente voluntária pela primeira-dama Virginia Mendes e executada por meio da Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc) tem como objetivo auxiliar famílias que estejam passando por situação de vulnerabilidade durante a pandemia, provendo alimento e materiais de limpeza.

Na Arena Pantanal, sede de arrecadação das doações do projeto, os profissionais beneficiados pela última ação receberam suas cestas seguindo todos os protocolos de saúde e higiene.

Fernando Baracat destacou a parceria com a primeira-dama e agradeceu o carinho e atendimento com os profissionais da classe. “Nós movimentamos bastante a economia com eventos, festas e centenas de trabalhadores estão precisando de ajuda neste momento tão difícil. E a primeira-dama Virginia Mendes tem sido uma grande parceira, provendo alimentos neste momento de extrema dificuldade. Muito obrigada pela ajuda”, disse Baracat.

O garçom João Figueiredo, um dos beneficiados com as cestas, enalteceu as doações. “O Governo e a primeira-dama estão de parabéns com esta ação, pois estão ajudando a todos que mais sofrem na pandemia. Nós estamos impossibilitados de trabalhar, não porque a gente quer, mas por conta do vírus, e as coisas começam a ficar difíceis em casa, faltando comida. Só tenho a agradecer essas cestas e a ajuda”, afirmou.

Para a primeira-dama Virginia Mendes, o objetivo é exatamente este, estender a mão a quem mais precisa neste momento. “Já tive a oportunidade de estar com grande parte desses profissionais em eventos e ocasiões festivas. Tenho um profundo respeito e admiração por todos e sei que somente com união, amor e solidariedade vamos conseguir superar a crise, mas vamos superar e, em breve, estaremos celebrando juntos novamente. Agradeço a todos que estão nos ajudando a levar comida a tantas famílias em Mato Grosso”, finalizou a primeira-dama.

Aos interessados em contribuir com essa rede do bem, há duas formas: procurar o ponto de arrecadação na Arena Pantanal, ou se preferir, a doação de recursos pode ser feita diretamente na conta bancária especial, aberta exclusivamente para isso: Banco do Brasil. Agência 3834-2. Conta bancária número 1.042.810-0 (CNPJ: 03.507.415/0009-00). Os recursos financeiros doados serão utilizados integralmente para a compra de cestas básicas.

 

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Sema garante novos equipamentos que fortalecerão fiscalização ambiental

Avatar

Publicado


.

O Batalhão de Polícia Militar de Proteção Ambiental (BPMPA) e a Delegacia Especializada de Meio Ambiente receberam nesta sexta-feira (22) uma camionete, um barco e equipamentos de campo. A entrega foi realizada por meio do Programa de Apoio Operacional da Usina Hidrelétrica de Sinop dentro do processo de licenciamento realizado pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema).

“A entrega foi feita para fortalecer as ações de campo e o apoio que essas instituições nos dão nas ações de proteção ao meio ambiente”, destacou a secretária adjunta de Licenciamento Ambiental e Recursos Hídricos da Sema, Lilian Santos, que representou a secretária Mauren Lazzaretti durante a solenidade.

Os equipamentos e veículos doados pela UHE Sinop foram recebidos pelo tenente coronel Rodrigo Eduardo Costa, comandante do BPMPA, e pela delegada Alessandra Saturnino, titular da Delegacia Especializada de Meio Ambiente.

“A Sema reconheceu nossas dificuldades e necessidades e intercedeu por nós no processo de licenciamento para que também fossemos contemplados dentro do Plano de Apoio Operacional”, agradeceu o comandante.

Sede nova

O Casarão do Parque Estadual Mãe Bonifácia irá abrigar a sede administrativa do Batalhão de Polícia Militar de Proteção Ambiental (BPMPA). A entrega das chaves foi feita ontem (22), formalizando o acordo com a Secretaria de Estado de Meio Ambiente firmado em dezembro de 2019.

A partir da instalação da sede, o Batalhão irá atuar com atividades de educação ambiental, fiscalização e segurança da unidade de conservação que atualmente é um dos cartões postais de Cuiabá.

“Estou na Sema há 22 anos e lembro que o Batalhão sempre nos apoiou para proteger nossas vidas durante os trabalhos de campo. É uma honra recebê-los aqui neste espaço que já foi ocupado, demonstrando a integração entre os órgãos que lutam pela proteção do meio ambiente e qualidade de vida da população”, destacou Lilian Santos.

Para o Tenente Coronel Eduardo, comandante do BPMPA, a utilização do Casarão pelo Batalhão trará à corporação a oportunidade de promover a aproximação com a população, por meio das ações de educação ambiental e de proteção à unidade de conservação.

O Casarão, construção icônica em madeira, estava fechado para reforma. A manutenção foi feita por meio de recursos de compensação ambiental da empresa Matrinchã Transmissora de Energia, que liga Ribeirãozinho até Paranaíta.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana