conecte-se conosco


Policial

Polícia Civil inova e realiza pela primeira vez reunião gerencial por videoconferência

Avatar

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

A Diretoria da Polícia Civil realizou nesta sexta-feira (22.05) a primeira reunião gerencial com as regionais da instituição por meio do sistema de videoconferência. Além do investimento em tecnologia, que otimiza tempo e agiliza a tomada de decisões, a videoconferência é uma tendência adotada no serviço público e empresas privadas diante da necessidade de prevenção à disseminação pelo novo coronavírus, evitando grandes aglomerações em ambientes fechados.

O encontro gerencial desta sexta-feira reuniu diretores da Polícia Civil na sede da instituição, interligados virtualmente com as 15 delegacias regionais, possibilitando a interação entre os participantes e discussão das pautas apresentadas.

O delegado-geral, Mário Dermeval Aravéchia de Resende, destacou que as reuniões por videoconferência possibilitam um ganho não apenas em tempo, como na economia de recursos e na agilidade na tomada de decisões. “É mais uma etapa de um longo processo que vem se desenvolvendo há mais de dois anos para concretizar o sonho de ver uma Polícia Civil tecnológica e amplamente conectada”, frisou o delegado-geral.

A reunião teve entre as pautas discutidas o reforço para que todas as unidades policiais observem e cumpram as normas sanitárias em relação à prevenção ao novo coronavírus. O delegado-geral adjunto, Gianmarco Pacola, explicou que uma nova portaria será divulgada pela instituição reforçando as medidas preventivas.

Investimento e agilidade

As câmeras de videoconferência fazem parte do investimento em tecnologia, no valor de R$ 4,5 milhões oriundo de um Termo de Ajustamento de Conduta celebrado com o Ministério Público Estadual que TI, com equipamentos modernos e maior capacidade de armazenamento de dados para dar suporte à implantação do inquérito eletrônico e demais sistemas utilizados pela Polícia Civil.  

O diretor de Interior, Walfrido Nascimento, reforça a agilidade trazida pela videoconferência, pois as demandas das regionais podem ser tratadas sem que aja necessidade de deslocamentos de grandes distâncias, como por exemplo das regionais localizadas em Alta Floresta, Juína, Guarantã do Norte e Vila Rica.

O delegado da regional de Vila Rica, Marcos Aurélio Dias Leão, elogiou a nova proposta de reunião gerencial e destacou a agilidade e economia com o formato adotado. “Cada viagem, em virtude da distância é bem cansativa, pois precisamos chegar, participar e logo retornar à regional. Para quem está em uma distância como por exemplo, a regional de Confresa, essa é uma ferramenta de importância tremenda, que também possibilita economia de combustível e no desgaste de viaturas. É o futuro para nossa instituição”.

As câmeras instaladas nas delegacias regionais são próprias para realização de videoconferências em salas de reunião. A Polícia Civil vai encaminhar também a todas as delegacias 450 webcams que serão utilizadas para gravação de oitivas, que faz parte do projeto de modernização tecnológica da instituição.

A reunião contou também com a participação dos dirigentes da Polícia Civil: diretora de Execução Estratégica, Daniela Maidel; diretor de Atividades Especiais, Fernando Pigozzi; chefe de gabinete da diretoria, delegado Newton Braga e coordenador de Gestão de Pessoas, delegado Arnon Osny Mendes Lucas.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook

Policial

Diretores visitam obras de revitalização da Delegacia de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos

Avatar

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

A Diretoria-geral da Polícia Civil visitou na manhã de quinta-feira (28.05), as obras de revitalização da estrutura da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos (DERRFVA). Além do acompanhamento da reforma, a visita tinha a finalidade de verificar o trabalho de atendimento ao público realizado pela unidade na estrutura temporária.

Através de parceria com o Departamento Estadual de Trânsito (Detran), a Delegacia de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos está sendo ampliada e renovando toda a sua estrutura física. A reforma de valor estimado R$ 1,3 milhão tem o objetivo de modernizar as atividades da delegacia, em especial nas áreas de inteligência e investigação, atendendo demandas solicitadas pelos servidores da unidade.

A primeira parte da visita aconteceu na 2ª Delegacia de Polícia de Várzea Grande, onde a DERRFVA está funcionando temporariamente durante o período de obras. Na ocasião, os diretores puderam verificar como é realizado o atendimento ao público e demais atividades desenvolvidas pela delegacia na unidade improvisada.

Posteriormente, os diretores junto aos delegados foram até a sede da DERRFVA onde visitaram os contaneirs e ônibus em que parte da unidade está atuando e passará a atuar em sua totalidade até o final da reforma.

Mesmo durante as obras na sede continuam sendo realizados os serviços de atendimento às vítimas de roubos e furtos, registro de ocorrência e restituição de veículos. Outro trabalho que é realizado no local é o prensamento de veículos que estavam acumulados há anos no pátio da delegacia.

O delegado titular da DERRFVA, Gustavo Garcia Francisco, disse que a visita foi uma oportunidade de mostrar a estrutura montada para fazer o atendimento ao público e também para mostrar o andamento das obras que já está em fase de demolição da área interna do antigo prédio, com as sapatas e fundações já instaladas.

“Durante a visita foi apresentado todo o projeto da nova estrutura, as construções, o fortalecimento das unidades investigativas, que foi aprovado por todos os diretores. Eles também parabenizaram a dedicação dos servidores, que mesmo diante de todas as dificuldades, como mudança de local, trabalho concomitantes com obra, continuam prestando um serviço de excelência ao público”, disse Gustavo.

O delegado-geral, Mário Dermeval Aravechia de Resende, ficou muito satisfeito com as obras ressaltando a importância da parceria com o Detran na revitalização da especializada. “A entrega da unidade totalmente revitalizada com mobiliário novo, iluminação apropriada, auditório e todo um sistema de tecnologia avançada que vai aprimorar o trabalho investigativo, está prevista para dezembro, transformando a unidade em uma das especializadas de roubos e furtos de veículos mais modernas do país”, destacou Dermeval.

A diretora da Diretoria de Execução Estratégica (DEE), Daniela Silveira Maidel, destacou que a visita foi muito produtiva, uma vez que além de conhecer a nova estrutura também foi possível perceber a motivação dos policiais devido a modernização da unidade. “Foi muito gratificante ver a animação dos policiais que mesmo passando por certo desconforto temporariamente, uma vez que precisaram sair da unidade e se alojar em outra delegacia, estão extremamente motivados com a melhoria”, disse a delegada.

Para a diretora metropolitana, Ana Paula de Farias Campos, a reforma e ampliação da DERRFVA trará conforto, dignidade e motivação aos servidores daquela delegacia, bem como resultará em melhoria do atendimento da população. “É o resultado da boa gestão do delegado titular da unidade, Gustavo Garcia e do esforço de toda equipe da unidade, que, com certeza, será refletido de forma positiva a toda sociedade”, concluiu.

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Policiais civis localizam corpo de vítima de homicídio que foi dada como desaparecida

Avatar

Publicado


.

Assessoria | Polícia Civil-MT

Um crime de homicídio ocorrido em Comodoro (644 km a oeste de Cuiabá) e tratado, inicialmente, como desaparecimento foi esclarecido pela Polícia Civil do município. O suspeito de cometer o crime foi preso e poderá ser indiciado por homicídio e ocultação de cadáver. 

O corpo da vítima, que tinha deficiência auditiva, foi localizado em estado avançado de decomposição na tarde desta quinta-feira (28.05).

As diligências iniciaram no dia 24 de abril, após o proprietário de uma casa, nas proximidades do rio Guaporé, procurar a Delegacia de Comodoro e relatar que Luciano Claudemir de Oliveira, 36 anos,  que era mudo, havia desaparecido.

Conforme o comunicante, Luciano residia no imóvel há cerca de cinco meses e recentemente havia se envolvido em uma ocorrência de  tentativa de homicídio contra outros dois homens. Uma das vítimas da tentativa do homicídio foi levada para o Hospital de Cáceres, onde ficou internada e depois recebeu alta.    

Luciano foi visto pela última vez na noite do dia 20 de abril e depois desapareceu. Testemunhas encontraram somente a motocicleta dele, uma Honda Titan vermelha, e outros pertences da vítima.

Policiais civis de Comodoro passaram a fazer diligências para esclarecer o desaparecimento. Como parte da investigação foi realizada a operação “Porto Seguro”, deflagrada na última sexta-feira (22.05), para cumprimento de três mandados de buscas e apreensões domiciliares, que resultaram na obtenção de provas para o esclarecimento do caso.

A Polícia Civil identificou que a vítima foi morta por disparo de arma de fogo e depois enterrada com o intuito de dificultar ou impedir as investigações. 

O corpo de Luciano foi encontrado em uma área a 110 quilômetros do perímetro urbano, região de mata a dois quilômetros da estrada de acesso ao Porto Municipal de Comodoro. 

Com a localização do cadáver e prisão do suspeito, os policiais civis prosseguem com as diligências para verificar se há outros participantes do crime e posteriormente concluir o inquérito policial. 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana