conecte-se conosco


Esportes

Duelo decisivo do Campeonato Alemão terá torcedores de papelão

Avatar

Publicado


.
Vai ter torcida no Campeonato Alemão, mas será em uma arquibancada preenchida com fãs de papelão. Mesmo com portões fechados – devido às medidas sanitárias para evitar o contágio do novo coronavírus (covid-19) -, o estádio Borussia Park, não vai ficar vazio para o confronto deste sábado entre o Borussia Mönchengladbach e Bayer Leverkusen, pela 27ª rodada da Bundesliga.

A iniciativa é de um grupo de torcedores, que vai distribuir 13 mil cartazes. De acordo com a agência de notícias AFP, quem colocou sua imagem em tamanho real na arquibancada pagou 19 euros e quem tem cadeira cativa na arquibancada ficou em seu lugar habitual. Para cada manequim de papelão, também houve pagamento de 2,50 euros – aproximadamente R$ 15 –  para fosse garantido lugar no estádio, como uma espécie de ingresso.

E não deve parar por aí, afinal, 13 mil lugares ocupados ainda é pouco, considerando que o Borussia Park tem capacidade para 59 mil torcedores. Segundo os organizadores, mais sete mil avatares já foram encomendados para as próximas rodadas.

Ouça na Rádio Nacional 

 

O diretor esportivo do Borussia Mönchengladbach, Max Eberl, elogiou a iniciativa dos torcedores, lembrando que ajuda a criar uma atmosfera no estádio. Entretanto, ele ressalta que é um exemplo de que futebol sem torcedores não é o mesmo. O técnico Marco Rose também gostou da novidade. Apesar de admitir que não é a mesma sensação de ter a arena lotada, os cartazes passam a sensação de não deixar sozinho quem está em campo.

A partida entre Borussia Mönchengladbach e Bayer Leverkusen é um confronto direto por uma vaga na próxima Liga dos Campeões. O Mönchengladbach ocupa atualmente a terceira posição da Bundesliga, com 52 pontos conquistados, dentro da zona de classificação para a maior competição de clubes da Europa. O Leverkusen é o quinto colocado do Campeonato Alemão, com 50 pontos, um a menos que o RB Leipzig, primeiro clube do G4.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Comentários Facebook

Esportes

Campeão olímpico diz que subestimou novo coronavírus

Avatar

Publicado


.

O russo Abdulrashid Sadulaev, campeão olímpico do wrestling nos Jogos de 2016 (Rio de Janeiro), afirmou que subestimava o novo coronavírus (covid-19) até ser infectado por ele.

“Admito que, como a maioria de meus compatriotas, também não dei importância ao coronavírus […]. Realmente subestimamos a doença, só começamos a sentir seu perigo e ameaça quando ela bateu à nossa porta”, declarou o atleta em uma postagem nas redes sociais.

Sadulaev, que é natural do Daguestão (região que fica no sudoeste da Rússia), afirma que o isolamento social é o melhor caminho para combater a proliferação do covid-19: “Precisamos cuidar não apenas de nós mesmos, mas também das pessoas que estão ao nosso redor, especialmente de nossos idosos. E as pessoas com doenças crônicas sofrem seriamente […]. Entendo que ficar em casa pelo terceiro mês não é uma tarefa fácil, mas precisamos mostrar um pouco de paciência […]. Esta é a nossa única saída, o alívio vem depois de todo fardo”.

Edição: Fábio Lisboa

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Confederação Brasileira de Basquete lamenta morte de Édio Alves

Avatar

Publicado


.

A Confederação Brasileira de Basquete (CBB) anunciou nesta segunda (25) a morte de Édio Alves, de 88 anos de idade e que atuou na entidade por 55 anos em diversas posições, entre elas de secretário-geral. A causa da morte foi o novo coronavírus (covid-19).

Seu Édio, como era conhecido, atuou na CBB da década de 1960 até o ano de 2017, acompanhando praticamente todos os títulos e medalhas conquistadas pelo basquete brasileiro, como o Mundial masculino de 1963, o bronze no Mundial feminino de 1971, o título Mundial feminino de 1994, e todas as medalhas olímpicas do masculino e do feminino, além de Sul-Americanos, Copas Américas e outras competições internacionais.

“Seu Édio foi um dos maiores responsáveis pelo basquete brasileiro por 55 anos, grande parte da história da CBB. Uma pessoa humana, séria, educada, sensível, que representava o basquete brasileiro internamente. Todas as pessoas sabem a sua importância. Um grande executivo, antes mesmo de se usar essas palavras nesse meio. Uma figura fantástica”, declarou o presidente da CBB, Guy Peixoto.

Edição: Fábio Lisboa

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana