conecte-se conosco


Nacional

‘Teremos 300 milhões de unidades de EPIs em breve’, diz Mandetta

Avatar

Publicado


source
Mandetta arrow-options
Carolina Antunes/PR

Luiz Henrique Mandetta: “Brasil tem 201 mortes e 5.717 casos registrados de Covid-19”

O ministro da Saúde , Luiz Henrique Mandetta, afirmou durante a coletiva da tarde de hoje (31)  que o Brasil precisa garantir a regularidade de equipamentos contra a Covid-19 , e que as fábricas chinesas já voltaram a aceitar pedidos. “Fechamos contrato de 300 milhões de unidades de equipamentos de proteção individual, que é o que precisamos para os próximos 60 dias. Para isso, teremos que montar uma operação de logística”, afirmou. 

LEIA MAIS: Brasil tem 201 mortes e 5.717 casos registrados de Covid-19

“Estamos próximos de anunciar uma solução muito robusta e boa sobre os ventiladores, mas ela ainda precisa amadurecer”, comemorou o Ministro. Braga Neto, da Casa Civil afirmou que, em comum acordo com a indústria farmacêutica, o aumento previsto por lei estará suspenso por 60 dias.

Testes rápidos

O Ministério da Saúde ainda ressaltou que testes rápidos estão encaminhados, e servirão para que as autoridades de saúde entendam o “efeito rebanho” de imunidade para os brasileiros. “Muitas pessoas vão receber a imunidade de graça. Não terão nem sintomas”, disse Mandetta. “A luta é grande, é uma luta de fôlego. Precisamos de muita paciência e resiliência”, afirmou.

LEIA MAIS: Covid-19: São Paulo já regista uma morte por hora

Cloroquina

SUS arrow-options
Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Estudo sobre remédio para casos graves será publicado em até 48 horas, diz Mandetta

A Secretaria de Ciência e Tecnologia afirma que o primeiro trabalho sobre cloroquina deverá ser publicado em revistas científicas em até 48 horas. “É um primeiro passo, que ajuda na conta de quantos leitos de Centro de Tratamento Intensivo precisamos”, diz Mandetta. 


Comentários Facebook

Nacional

São Paulo anunciará novas regras de isolamento: “quarentena inteligente”

Avatar

Publicado


source
Doria anunciará em coletiva na quarta-feira uma nova fase das medidas de isolamento social
Rovena Rosa/Agência Brasil

Doria anunciará em coletiva na quarta-feira uma nova fase das medidas de isolamento social

São Paulo deve anunciar nesta quarta-feira (27) as novas regras de isolamento social no estado, batizada como “quarentena inteligente” . O governador João Doria (PSDB) já informou que as medidas de restrição serão prorrogadas a partir do dia 31 de maio , mas o novo modelo adotará regras diferentes para o litoral, capital e região metropolitana de São Paulo.

“A nova quarentena será inteligente. Ela vai levar em conta toda a regionalização do Estado de São Paulo, o interior, a capital, a região metropolitana, o litoral de São Paulo. A decisão não será homogênea”, disse à Globonews . “Até agora, ela foi homogênea. Até esta quarentena que se encerra no dia 31 de maio. Foi homogênea porque precisava ser.”

Leia também: Pandemia em São Paulo deve durar até outubro, diz comitê da Covid-19

O governador ainda descartou a adoção de lockdown . Segundo ele, o protocolo para implementação da norma existe, mas que, por ora, “não há recomendação da equipe técnica para adotá-lo.”

O Estado é o epicentro do novo coronavírus (Sars-Cov-2) no Brasil, com 6.220 óbitos e 83.625 casos confirmados da doença até o último boletim, divulgado na segunda-feira (26).

Veja mais: São Paulo atinge 55% de isolamento social; maior taxa dos últimos 21 dias

Comentários Facebook
Continue lendo

Nacional

Laudo aponta que mãe estrangulou o filho de 11 anos

Avatar

Publicado


source
Mãe
Polícia Civil do Rio Grande Sul/Divulgação

Mãe confessou matar o filho, mas disse que morte foi acidental


 O laudo realizado pelo Posto Médico-Legal de Carazinho concluiu que Rafael Winques, de 11 anos, morreu por asfixia mecânica por estrangulamento. A informação é do Instituto Geral de Perícias. O caso aconteceu em Planalto, na Região Norte do estado. Alexandra Dougokenski, mãe da criança, confessou o crime na segunda-feira. Mas, na ocasião, ela alegou ter dado remédios para o filho se acalmar.

A chefe da Polícia Civil, delegada Nadine Anflor, disse em entrevista à Rádio Gaúcha que a mãe apontou onde o corpo foi abandonado após confessar o crime. Segundo a delegada, será apurada a eventual participação de outras pessoas no crime. “Não se descarta a participação de outras pessoas. Isso não quer dizer que nós temos outros suspeitos, mas não se descarta em nenhum momento essa possibilidade”, concluiu.

Leia também: São Paulo anunciará novas regras de isolamento: “quarentena inteligente”

Rafael desapareceu 15 de maio, quando foi dormir e, na manhã seguinte, não estava mais em casa. Alexandra vivia com Rafael e seu outro filho, um adolescente de 16 anos. A mulher chegou a dar entrevistas para uma emissora de TV pedindo para que o filho voltasse para casa. 

Alexandra foi presa temporariamente e já está no sistema penitenciário. A Polícia Civil pode pedir a prisão preventiva dela.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana