conecte-se conosco


Nacional

Prevent Senior pode sofrer intervenção após 79 mortes por Covid-19 em São Paulo

Avatar

Publicado


source
Prevent Senior coronavírus arrow-options
Divulgação

Prevent Senior é voltada para atendimento de idosos

A Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo solicitou intervenção imediata em três hospitais Sancta Maggiore, da rede Prevent Senior. Pedido ocorre após rede ter registrado 79 mortes por Covid-19, mais da metade dos 136 óbitos pela doença no estado de São Paulo.

Leia também: Coronavírus no Brasil: acompanhe a situação no País em tempo real

O pedido da Secretaria Municipal de Saúde foi enviado na última sexta-feira (29) para a Secretaria Estadual, mas ainda não obteve resposta. Apenas o órgão estadual tem autoridade para realizar a intervenção nos hospitais da Prevent Senior .

A Prefeitura de São Paulo acusa a rede de ter omitido casos do novo  coronavírus e também de hospitais Sancta Maggiore estarem superlotados. Na capital, há oito hospitais da rede. O pedido de intervenção vale para as unidades da Paraíso, Pinheiros e Santa Cecília.

“Entrou o coronavírus num hospital só de idosos e você tem hoje ali dentro um ponto, que a gente chama de ponto fora da curva, um lugar concentrado com centenas de pacientes idosos em diferentes graus de imunossupressão num meio que o hospital não conseguiu segurar a transmissão e eles têm ali dentro um ponto extremamente grave”, afirmou o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (DEM) sobre a rede nesta terça-feira (31) em coletiva de imprensa. 

Leia também: De gripezinha a “não é tudo isso”: vezes em que Bolsonaro minimizou coronavírus

A rede Prevent Senior é responsável por planos de saúde voltados a idosos, que são considerados grupo de risco no contágio por coronavírus, e também administra diversos hospitais e clínicas médicas no estado de São Paulo.

Comentários Facebook

Nacional

São Paulo anunciará novas regras de isolamento: “quarentena inteligente”

Avatar

Publicado


source
Doria anunciará em coletiva na quarta-feira uma nova fase das medidas de isolamento social
Rovena Rosa/Agência Brasil

Doria anunciará em coletiva na quarta-feira uma nova fase das medidas de isolamento social

São Paulo deve anunciar nesta quarta-feira (27) as novas regras de isolamento social no estado, batizada como “quarentena inteligente” . O governador João Doria (PSDB) já informou que as medidas de restrição serão prorrogadas a partir do dia 31 de maio , mas o novo modelo adotará regras diferentes para o litoral, capital e região metropolitana de São Paulo.

“A nova quarentena será inteligente. Ela vai levar em conta toda a regionalização do Estado de São Paulo, o interior, a capital, a região metropolitana, o litoral de São Paulo. A decisão não será homogênea”, disse à Globonews . “Até agora, ela foi homogênea. Até esta quarentena que se encerra no dia 31 de maio. Foi homogênea porque precisava ser.”

Leia também: Pandemia em São Paulo deve durar até outubro, diz comitê da Covid-19

O governador ainda descartou a adoção de lockdown . Segundo ele, o protocolo para implementação da norma existe, mas que, por ora, “não há recomendação da equipe técnica para adotá-lo.”

O Estado é o epicentro do novo coronavírus (Sars-Cov-2) no Brasil, com 6.220 óbitos e 83.625 casos confirmados da doença até o último boletim, divulgado na segunda-feira (26).

Veja mais: São Paulo atinge 55% de isolamento social; maior taxa dos últimos 21 dias

Comentários Facebook
Continue lendo

Nacional

Laudo aponta que mãe estrangulou o filho de 11 anos

Avatar

Publicado


source
Mãe
Polícia Civil do Rio Grande Sul/Divulgação

Mãe confessou matar o filho, mas disse que morte foi acidental


 O laudo realizado pelo Posto Médico-Legal de Carazinho concluiu que Rafael Winques, de 11 anos, morreu por asfixia mecânica por estrangulamento. A informação é do Instituto Geral de Perícias. O caso aconteceu em Planalto, na Região Norte do estado. Alexandra Dougokenski, mãe da criança, confessou o crime na segunda-feira. Mas, na ocasião, ela alegou ter dado remédios para o filho se acalmar.

A chefe da Polícia Civil, delegada Nadine Anflor, disse em entrevista à Rádio Gaúcha que a mãe apontou onde o corpo foi abandonado após confessar o crime. Segundo a delegada, será apurada a eventual participação de outras pessoas no crime. “Não se descarta a participação de outras pessoas. Isso não quer dizer que nós temos outros suspeitos, mas não se descarta em nenhum momento essa possibilidade”, concluiu.

Leia também: São Paulo anunciará novas regras de isolamento: “quarentena inteligente”

Rafael desapareceu 15 de maio, quando foi dormir e, na manhã seguinte, não estava mais em casa. Alexandra vivia com Rafael e seu outro filho, um adolescente de 16 anos. A mulher chegou a dar entrevistas para uma emissora de TV pedindo para que o filho voltasse para casa. 

Alexandra foi presa temporariamente e já está no sistema penitenciário. A Polícia Civil pode pedir a prisão preventiva dela.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana