conecte-se conosco


AMM

Entrada de Sâo Félix do Araguaia está sendo fiscalizada no combate ao coronavírus

Avatar

Publicado


.

O município de São Félix do Araguaia – MT está realizando blitz nas estradas que dão acesso ao município. A Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Saúde segue firmemente com iniciativas e atividades que visam orientar e conscientizar à população sobre o novo Coronavírus (Covid-19). Ações na entrada do município e em locais estratégicos com foco para aglomerações vêm sendo intensificadas com a finalidade de impedir a disseminação da doença nas cidades.

A Prefeitura Municipal conta com a equipe de profissionais da saúde e Policia Militar, onde estão limitando as entradas na cidade, acompanhando e monitorando a circulação.  Os ocupantes do veículo terão de dizer a origem, estado de saúde, como e onde permanecerão. A medida foi solicitada pela Secretaria Municipal de Saúde com base no Enfrentamento ao Coronavírus, mediante a situação pandêmica em que o país se encontra e o risco de surto em cidades do interior de Mato grosso.

A medida é para impedir que o vírus entre na cidade, já que o município não possui nenhum caso confirmado ou suspeito. Uma tenda foi montada na entrada principal e quem chega precisa preencher um questionário com diversas informações como nome, cidade de onde vem, contato da casa de quem ficará hospedado e eventuais sintomas como gripe, febre e falta de ar. O parente que está recebendo é responsável. O cidadão (que chega de fora) tem que ficar em quarentena. Ele não pode vir para cidade passear. Os profissionais explicam que a orientação é para ficar dentro de casa. A proposta é fazer um monitoramento sanitário rígido.

De acordo com decreto publicado pela prefeitura recentemente, todo o funcionamento do comércio está suspenso, incluindo bares e restaurantes. Ficam abertas as “farmácias, drogarias, bancos, casa lotérica, correios, postos de combustíveis, padarias, mercados e congêneres”. A pena para descumprimento da determinação é a suspensão das licenças de funcionamento. O tráfego de mercadorias está liberado. O atendimento agora funciona apenas pelo sistema delivery.

Toda pessoa que entra no município passa por uma avaliação. Caso os agentes detectarem algum caso suspeito, imediatamente a pessoa será encaminhada para uma unidade de saúde para os cuidados médicos. Só se combate esse vírus tomando atitudes enérgicas.

Fonte: AMM

Comentários Facebook

AMM

Com medidas rigorosas, Tangará da Serra combate avanço do Coronavírus

Avatar

Publicado


.

A Prefeitura Municipal de Tangará da Serra tem promovido o combate implacável ao coronavírus, concentrando esforços para adotar medidas de prevenção, seguindo todos os protocolos preconizados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e profissionais especialistas em saúde.

Nesse contexto, a política de isolamento social, toque de recolher e barreiras sanitárias foram medidas importantes e estão sendo eficazes para o achatamento da curva de contaminação e de casos que demandam atendimento médico hospitalar.

“Foi decretado estado de emergência e criamos o Comitê Interinstitucional de Prevenção e Monitoramento ao Coronavírus (COVID-19) conforme Decreto Municipal 128, de 20 de março de 2020”, informou o Prefeito Fábio Martins Junqueira.

Com ingentes esforços, o Município trabalha em estratégias para ampliar a capacidade de atendimento, ampliando leitos clínicos e de UTI para atendimento a pacientes acometidos com o COVID-19. “Como parte desse esforço e estratégia, requisitamos toda estrutura física, equipamentos, mobiliários, rouparia, entre outros itens, pertencentes ao Hospital e Maternidade Clínica da Criança para acolher pacientes acometidos com outras patologias, separando-os de pacientes atacados pelo COVID-19 os quais serão atendidos no Hospital Municipal”, explicou Junqueira.

Além disso, o Município realizou diversas requisições de equipamentos de proteção individual para proteger servidores que estão atuando na linha de frente do combate à pandemia, ventiladores mecânicos pulmonares para utilização em leitos de UTI, entre outros equipamentos para viabilizar instalação de leitos para atendimento de pacientes acometidos pelo vírus pandêmico (novo coronavírus Sars-Cov-2).

“Esclarecemos que não há qualquer orientação da administração municipal para não atender ou diminuir o atendimento de pacientes com outras patologias, ao contrário, o Município requisitou toda a estrutura do Hospital e Maternidade Clínica da Criança com objetivo de criar rapidamente leitos para pacientes com coronavírus e continuar o atendimento de pacientes com outras patologias separados dos pacientes acometidos com o Covid-19 sem prejudicar no fluxo e qualidade”, pontuou o Prefeito.

“Ressaltamos o comprometimento da imensa maioria dos servidores públicos municipais que tem trabalhado arduamente para manter os serviços bem como promover todas as medidas para o combate a pandemia, o poder público sem profissionais éticos, responsáveis, eficientes e comprometidos não seria possível enfrentar uma pandemia já infectou mais de 1 milhão de casos confirmados em mais de 150 países e territórios em cinco continentes, com milhares de casos mortais”, enfatizou o Chefe do Poder Executivo.

Fonte: AMM

Comentários Facebook
Continue lendo

AMM

Casas populares serão concluídas em Campos de Júlio

Avatar

Publicado


.

A Administração Municipal juntamente com a Câmara de Vereadores, durante um longo período buscou uma forma legal de dar continuidade à construção de quarenta casas populares no Bairro Vila Nova. Após análise e um parecer favorável do Poder Judiciário, através da empresa vencedora do processo licitatório, a obra que estava parada, foi retomada, agora sob a incumbência do Município de Campos de Júlio – MT.

Graças ao empenho dos Poderes Municipais, e ao entendimento do Judiciário, brevemente essas unidades habitacionais serão entregues. Quem iniciou e por qual motivo o projeto fora interrompido, deixou de ser o fator de questionamentos para as pessoas contempladas; o que mais importa é a possibilidade de possuir a sua moradia, sair do aluguel e melhorar de vida.

As famílias aguardam com ansiedade a conclusão e liberação das casas. Como o Município se comprometeu a desembolsar os custos relativos ao término da obra, e a construtora a dar celeridade na execução, é intensa a movimentação dos construtores alocados nesse empreendimento, levando os beneficiários a crerem que o sonho da casa própria está se tornando realidade.

Fonte: AMM

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana