conecte-se conosco


Policial

Caminhonete roubada em Cáceres é recuperada próximo a Porto Esperidião

Publicado

Policial


.

Assessoria | PJC-MT

Uma caminhonete roubada na cidade de Cáceres (225 km a oeste de Cuiabá) foi recuperada na manhã desta quinta-feira (26.03), na região do município de Porto Esperidião (325 km a oeste da Capital), em ação integrada da Delegacia Especial de Fronteira (Defron) e do  Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron). 

O trabalho realizado pela Polícia Civil e Polícia Militar está inserido na operação “Hórus/Vigia”, coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública. 

As equipes em conjunto realizavam barreiras nas proximidades da Rodovia BR 174, visando o transporte de veículos roubados e furtados na região de fronteira, quando avistaram a caminhonete modelo S10 de cor prata em atitude suspeita. Logo que recebeu ordem de parada, o condutor parou o veículo e correu para dentro de uma mata nas proximidades do rio Jauru. 

Imediatamente foram feitas buscas para localizar o suspeito, porém ele conseguiu fugir. Na checagem do veículo foi constatado se tratar de produto de roubo ocorrido em Cáceres no dia anterior, quarta-feira (25). Ainda segundo informações da vítima o crime havia lhe causado um prejuízo de aproximadamente R$ 85 mil.

Veja Também  PM recupera bicicletas furtadas em Cuiabá e Cáceres

A caminhonete S10 recuperada foi levada para  Delegacia Especial de Fronteira (Defron) para as providências necessárias e posterior restituição a vítima.

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook

Policial

Diretores recebem projeto de nova delegacia de polícia de Ribeirão Cascalheira

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

Diretores da Polícia Civil receberam na semana passada o projeto executivo da nova Delegacia de Ribeirão Cascalheira. O projeto foi apresentado na sede da diretoria geral em Cuiabá pela prefeita de Ribeirão Cascalheira, Luzia Brandão e pelo delegado do município, Sergio Luís Henrique de Almeida.

Durante a reunião com o delegado-geral, Mário Dermeval Aravechia de Resende e com a diretora de Execução Estratégica, Daniela Silveira Maidel, foi conversado sobre as condições do prédio onde a delegacia está atualmente instalada que não atende as necessidades da unidade.

Além das ocorrências da cidade, a Delegacia de Ribeirão Cascalheira atende o expediente de outros dois municípios, Bom Jesus do Araguaia e Serra Nova Dourada.

Mesmo diante das dificuldades estruturais enfrentadas, a prefeita Luzia Brandão, destacou a eficiência do trabalho da Polícia Civil na cidade e demonstrou o interesse da Prefeitura, Ministério Público, Conselho de Segurança, junto a sociedade civil organizada na construção de uma nova sede da Delegacia de Ribeirão Cascalheira.

Foi apresentado aos diretores, o projeto executivo da nova unidade junto a proposta de construção do prédio para posterior doação à Polícia Civil. O projeto prevê uma unidade de aproximadamente 300 m³ com estrutura adequada e em conformidade com as necessidades de uma delegacia de polícia.

Veja Também  PM recupera bicicletas furtadas em Cuiabá e Cáceres

O projeto será analisado pela Diretoria de Execução Estratégica (DEE) e após a aprovação de todos itens será dado início às obras. Após a construção da parte física do prédio, a Polícia Civil ficará responsável pela informatização da unidade e instalação de rede lógica.

Novas reuniões para tratar da construção da nova sede devem ser realizadas nos próximos dias e a equipe da DEE deve ir até o município para conhecer o terreno e outras questões relacionadas à nova unidade.

“Estamos ganhando um presente, uma vez que não havia previsão orçamentária para a construção dessa unidade. Nosso trabalho agora é participar dessa mobilização que a prefeitura de Ribeirão Cascalheira está fazendo junto a sociedade civil organizada para que em breve o município esteja instalado em uma unidade com melhores condições de trabalho”, disse a diretora da DEE, Daniela Maidel.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Batalhão Fazendário recebe viaturas e armas para reforçar policiamento nas fiscalizações

Publicado


A Secretaria de Fazenda (Sefaz) e a Polícia Militar de Mato Grosso (PM-MT) entregaram ao 27º Batalhão da Polícia Militar Fazendário (BPMFaz), quatro novas viaturas e 25 pistolas Glock 9 milímetros. Os veículos e os armamentos vão ajudar e reforçar a segurança durante as abordagens fiscais realizadas no trânsito de bens e mercadorias em todo o Estado.

Como parte dos equipamentos já está em uso pelo Batalhão Fazendário, foi realizada uma entrega simbólica na manhã desta segunda-feira (21.06), pelo secretário de Fazenda, Rogério Gallo, e pelo subchefe do Estado Maior, Cel PM Carlos Eduardo Pinheiro da Silva. Participaram da reunião o comandante do 27º BPMFaz, Ten Cel PM Waldir Félix e os secretários adjuntos da Sefaz.

Na ocasião, o secretário de Fazenda, Rogério Gallo, assinou uma portaria que institui o documento Notícia de Fato Tributário (NFT) que será ultilizado pelos agentes policiais para registro de possíveis irregularidades fiscais e tributárias, ocorridas no trânsito de mercadorias. A portaria será publicada na próxima edição do Diário Oficial.

Para Rogério Gallo, essa parceria reforça as ações policiais nas operações de fiscalização. Tanto a entrega das viaturas e do armamento, quanto a criação da NFT trazem mais efetividade ao trabalho de fiscalização e, consequentemente, o aumento da arrecadação tributária.

Veja Também  Batalhão Fazendário recebe viaturas e armas para reforçar policiamento nas fiscalizações

“O Batalhão Fazendário cumpre um papel muito relevante de apoio à fiscalização no trânsito, em postos fiscais e nas fronteiras do Estado. Com essa portaria damos um salto enorme na relação institucional, criando um instrumento específico para que a Polícia Militar, mesmo sem fiscalização junto, possa colher informações de modo estruturado e encaminhar a Sefaz para que seja dado o devido tratamento dos dados e, quando for o caso, a constituição do crédito tributário”.

Essas informações são repassadas ao fisco estadual por meio de um aplicativo de celular que pode ser usado a qualquer momento e local, mesmo que não haja acesso à internet. O registro da NFT deverá ser feito em sistema próprio, sempre que houver abordagem relativa ao trânsito de bens e mercadorias, independente se for constatado ou não alguma irregularidade.

“É um grande avanço não só para a Polícia Militar como para todo o Estado, pois o Batalhão Fazendário faz o trabalho em nível estadual, contribuindo com a arrecadação”, disse o subchefe do Estado Maior, Cel PM Carlos Eduardo Pinheiro da Silva, que fez a entrega simbólica das pistolas.

Sobre o armamento e as viaturas, o comandante do 27º BPMFaz, Ten Cel PM Waldir Félix, afirmou que é muito importante esse reforço nos instrumentos de trabalho, com equipamentos mais apropriados, que dão mais segurança e conforto aos policiais da tropa. As quatro viaturas foram disponibilizadas pela Secretaria de Fazenda e as 25 pistolas Glock, 9 milímetros, pela Polícia Militar.

Veja Também  Polícia Civil e Judiciário lançam ferramentas para quebrar o ciclo da violência doméstica

“Para nós é muito importante termos estrutura para executar nosso trabalho. Hoje recebemos viaturas que são adequadas, traçadas, a diesel e recebemos também as pistolas, um modelo que é considerado, hoje, o melhor armamento do mundo. Então só temos a agradecer à Sefaz e à PM por estar equipando toda nossa tropa”, afirma o Ten Cel PM Waldir Félix.

O 27º Batalhão Fazendário é um órgão integrante da Polícia Militar, vinculado administrativo e operacionalmente à Unidade Militar de Operações Conjuntas da Sefaz e conta com uma tropa de 26 policiais. Eles atuam nas operações fixas de fiscalização, nos principais postos fiscais, e nas fiscalizações volantes de trânsito. As operações de fiscalização são realizadas em todo o Estado para recolher notas fiscais irregulares, com valores subfaturados ou caminhões que percorrem Mato Grosso sem o devido imposto recolhido.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana