conecte-se conosco


Esportes

Amandinha é eleita a melhor do mundo pela sexta vez

Avatar

Publicado


.

A cearense Amanda Lyssa de Oliveira Crisóstomo, conhecida como ” Amandinha”, recebeu hoje (26) o prêmio de melhor jogadora de futsal do mundo. A atleta de 24 anos, jogadora da seleção brasileira e da equipe do Leoas da Serra, de Lages (SC), teve 789 votos contra os 623 da espanhola Ana Sevilla Luján na premiação Umbro Futsal Awards – principal da modalidade – promovida pelo site Futsal Planet.

Demais brasileiros vencedores

Leonardo de Melo Vieira Leite ” Higuita “, brasileiro naturalizado cazaque, foi escolhido o melhor goleiro com 693 pontos. Em segundo ficou o espanhol Juan José Angosto Hernández ” Juanjo” com 673.
Carlos Wagner Ferrão, pivô brasileiro do Barcelona, levou o prêmio de melhor jogador do mundo com folga. Conseguiu 958 pontos, 322 a mais do que o segundo, o espanhol Adolfo Fernández Díaz.
Leonardo Caetano Silva, o ” Leozinho “, ala do Magnus, foi eleito o melhor jogador jovem. Teve 580 pontos contra os 559 do espanhol Antônio Pérez Ortega. Mesmo decepcionando em algumas competições recentes, a seleção brasileira foi escolhida como a melhor do mundo. Portugal e Espanha ficaram logo abaixo.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Comentários Facebook

Esportes

Jogador inglês critica plano de cortes de salários

Avatar

Publicado


.

O atacante inglês Wayne Rooney classificou como “desgraça” a pressão realizada para que hajam cortes de salários de jogadores da Premier League (Primeira Divisão do Campeonato Inglês) por conta da pandemia do novo coronavírus (covid-19), publicou neste domingo (5) o jornal britânico Sunday Times.

Na última semana, o secretário de Saúde do Reino Unido, Matt Hancock, afirmou que os jogadores da Premier League devem sofrer cortes nos salários, e a Premier League disse que os clubes estão conversando sobre uma redução de 30%.

“Primeiro o secretário de saúde (…) disse que os jogadores da Premier League deveriam sofrer um corte salarial. Ele estava desesperado para desviar a atenção do tratamento que o Governo faz dessa pandemia?”, questionou o jogador.

O movimento de redução de salários de atletas profissionais tem se espalhado pelo mundo. Na Espanha, Alemanha, nos Estados Unidos e até no Brasil, seja no futebol ou em outras modalidades como o basquete (a NBA tem pensado na diminuição dos vencimentos de seus atletas) esta medida tem sido estudada para lidar com a diminuição de receitas de agremiações esportivas.

Doação de parte dos salários

Contudo, a postura de Rooney não é unanimidade entre as estrelas do futebol inglês. Na última sexta (3), o jornal Daily Mail publicou que os jogadores do Manchester United aceitaram reduzir seus salários e destinar este valor para o sistema de saúde do Reino Unido.

Segundo a publicação, os jogadores de Old Trafford concordaram em renunciar a 30% de seus vencimentos desde que o dinheiro seja usado para beneficiar hospitais e centros de saúde em Manchester na luta contra o coronavírus.

Além disso, o capitão do Liverpool, o meia Jordan Henderson, está organizando um fundo de crise que deve arrecadar milhões para o sistema de saúde do Reino Unido, contando com a ajuda de outros capitães do Campeonato Inglês.

Edição: Fábio Lisboa

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Ex-presidente da CBF José Maria Marín retorna ao Brasil

Avatar

Publicado


.

Por conta da idade avançada (87 anos) e dos riscos do novo coronavírus (covid-19), José Maria Marín retornou ao Brasil. O ex-presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) desembarcou neste domingo (5) no aeroporto de Viracopos (Campinas), vindo de um voo de Nova Iorque.

O dirigente estava detido há 5 anos nos EUA e cumpria prisão domiciliar por fraude bancária, organização criminosa e lavagem de dinheiro.

A prisão de Marin foi efetuada, em maio de 2015, em Zurique (Suíça). Ainda naquele ano, foi extraditado para os EUA, onde foi julgado e condenado à prisão e à devolução de milhões de dólares.

De acordo com as investigações norte-americanas, o ex-dirigente esportivo teria recebido cerca de U$ 6,5 milhões de propina de empresas de marketing esportivo dos EUA para assinar contratos de direitos comerciais de competições de futebol sul-americanas.

Banido pela Fifa, Marin teve agora a pena reduzida pela mesma juíza federal, Pamela Chen, que, ao decretar a sentença, o qualificou de “câncer” para o esporte. Banido pela Fifa, Marin, antes de ser presidente da CBF (2012 a 2014), foi governador, deputado e vereador pelo estado de São Paulo.

Edição: Fábio Lisboa

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana