conecte-se conosco


Destaque 2

Homem é denunciado após gravar vídeo comendo cobra e morcego em MT

Avatar

Publicado

G1 MT

Secretário da Saúde de Dom Aquino informou ter notificado o homem. Aldair Antônio da Silva, que aparece no vídeo, alega que enviou vídeo para um conhecido.

Um morador de Dom Aquino, a 172 km de Cuiabá, gravou um vídeo comendo cobra e morcego. As imagens começaram a circular e a Secretaria de Saúde do município denunciou o caso ao Ministério Público Estadual (MPE).

Aldair Antônio da Silva, de 46 anos, já foi notificado, com base na Lei de Crimes Ambientais. Ele alegou que nunca postaria o vídeo e que mandou para um conhecido dele, que havia lhe pedido. Após o ocorrido, ele foi notificado e assinou um termo se responsabilizando sobre o vídeo.

“Em nenhum momento eu quis prejudicar ninguém ou desafiar ninguém. Não foi a minha intenção causar transtorno”, afirma. No vídeo, ele pica os animais já mortos. Em seguida, coloca alho e come os pedaços crus. A cobra está com a pele.

O Artigo 209 da lei diz que é crime matar, perseguir, caçar, apanhar, utilizar espécimes da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão, licença ou autorização dos órgãos ambientais.

A pena prevista para esse tipo de crime é de seis meses a um ano de prisão, além de multa.

Segundo o secretário da Saúde de Dom Aquino, Cláudio Amarante, o vídeo é verídico e as providências foram tomadas.“Nós já tomamos as providências cabíveis na Vigilância Sanitária. Ele foi procurado e foi responsabilizado pelo crime. Encaminhamos ao Ministério Público e esperamos um posicionamento.”, afirma.

Comentários Facebook

Destaque 2

Neste momento prefeituras, Judiciário e Governo do Estado reunidos no fórum de Várzea Grande

Avatar

Publicado

Esta reunião está acontecendo para decidirem os municípios sobre decreto único, para as duas cidades. #serginholapada

A prefeita Lucimar Campos, prefeito Emamuel Ponheiro, representantes da AMM e Governo do estado estão em reunião com juiz Lindote no fórum de Várzea Grande.

 A possibilidade de um Lockdown nas duas cidades tem dividido muito as opiniões dos munícipes. O prefeito Emanuel Pinheiro disse antes de entrar para reunião, que vai avaliar o toque de recolher antes de pensar em Lockdown.

MAIS INFORMAÇÕES EM INSTANTES

URGENTE Neste momento prefeituras, Judiciário e Governo do Estado reunidos no fórom de Várzea Grande, para decidirem novo decreto.

Posted by Lapada Lapada on Friday, June 19, 2020

Comentários Facebook
Continue lendo

Destaque 2

Auxílio de R$ 9 mil para enterro de vítimas da Covid-19 é criado em cidade de MT

Avatar

Publicado

As famílias que tenham renda abaixo de nove salários mínimos, podendo ser comprovados com holerites ou documentos que mostrem a renda mensal recebida.

O Município,  criou um auxílio funeral de R$ 9 mil para custear o enterro das vítimas da Covid-19 que moravam no município. A nova lei foi sancionada pelo prefeito de Campos de Júlio José Odil da Silva (PP) na quarta-feira (17).

Com a nova lei, as despesas com o funeral e translado dos corpos das vítimas para Campos de Júlio ficam sob responsabilidade da Secretaria Municipal de Assistência Social.

No entanto, o auxílio deve cobrir apenas novos custos. Caso a família já tenho pago algum procedimento, o valor não será ressarcido, segundo a prefeitura.

O auxílio é válido para as famílias que tenham renda abaixo de nove salários mínimos, podendo ser comprovados com holerites ou documentos que mostrem a renda mensal recebida.

De acordo com a prefeitura, a cobertura das despesas será concedida exclusivamente para pessoas que moravam no município há pelo menos seis meses.

Para que o corpo seja transladado para o município, deve ser providenciado o acondicionamento em dois sacos impermeáveis, a desinfecção da parte externa do saco, o uso de câmara mortuária lacrada e profissionais com equipamento de proteção individual.

Até essa quinta-feira (18), Campos de Júlio registrava duas mortes e quase 50 casos confirmados da Covid-19, conforme boletim da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT).

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana