conecte-se conosco


Esportes

Simbolizando 'reconstrução' chama olímpica chega ao Japão

Avatar

Publicado


.

A chama olímpica chegou hoje (20) ao Japão, país sede da Olimpíada deste ano, por volta das 10h (horário loca), aproximadamente 22h de ontem (19) no Brasil. O avião, provenidente de Atenas (Grécia), aterrissou na base aérea de Matsushima, na província de Miyagi. Na próxima quinta-feira (26) começa o revezamento da tocha até Tóquio, um percurso de 12 dias. A abertura do evento na capital japonesa segue programada para o dia 24 de julho, da preocuparcão de atletas e ex-esportistas por conta da rápida disseminação do novo coronavírus (Covid-19) pelo mundo.

A tocha foi conduzida pelos tricampeões olímpicos Tadahiro Nomura (judô) e Saori Yoshida (wrestling), que a entregaram ao presidente do Comitê Organizador Local dos Jogos, Mori Yoshiro. A cerimônia de recepão da chama contou uma apresentação da Orquestra da Força Aérea Japonesa, que tocou a marcha olímpica de Tóquio, música da cerimônia de abertura da edição de 1964, também sediada na capital nipônica.

Como medida de precaução à pandemia, crianças de escolas locais que participariam da cerimônia acompanharam de longe a cerimônia. A tradicional festa de acendimento da tocha nas ruínas de Olímpia (Grécia), teve de ser realizada sem público. O revezamento do fogo olímpico no país europeu também foi interrompido, por medidas de prevenção recomendadas pela Organização Mundial da Saúde OMS).

“Acho que esse conceito de a esperança iluminar nosso caminho consiste no pensamento dos atletas e das pessoas da região. Enfrentando as dificuldades, acredito que o revezamento transmitirá força e esperança à população”, declarou Yoshida.

Segundo os organizadores, a tocha simboliza a reconstrução de áreas atingidas pelo tsunami de 11 de março de 2011, que também provocou a catástrofe nuclear de Fukushima – cidade onde começará o revezamento do fogo olímpico por 47 províncias do país. Até a saída, a chama será exposta em vários locais da região de Tohoku, Nordeste japonês. “Depois de 56 anos, o fogo olímpico reunirá os pensamentos das pessoas e iluminar o caminho delas até a chegada em Tóquio”, conclui Mori.

Edição: Cláudia Rodrigues

Comentários Facebook

Esportes

Uefa define 3 de agosto como limite para final da Liga dos Campeões

Avatar

Publicado


.

A final da Liga dos Campeões da Europa tem o dia 3 de agosto como data limite. Esta declaração foi dada pelo presidente da Uefa (entidade máxima do futebol europeu), o esloveno Aleksander Ceferin, em entrevista à emissora alemã ZDF.

Contudo, o dirigente afirmou que tudo vai depender do controle do novo coronavírus (covid-19) dentro do velho continente.

Segundo Ceferin, há um estudo para realizar as quartas de final e as semifinais em jogo único. As partidas poderão ser simultâneas a jogos de campeonatos nacionais de forma a que se cumpra o prazo. Há ainda a hipótese de estas fases decisivas acontecerem com estádios vazios e portões fechados. Porém, não existe consenso sobre esta medida dentro da Uefa e o próprio Ceferin afirmou que prefere a presença de público.

A final da atual edição da Liga dos Campeões da Europa está programada para ser disputada em Istambul (Turquia).

 

Edição: Fábio Lisboa

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Jogador inglês critica plano de cortes de salários

Avatar

Publicado


.

O atacante inglês Wayne Rooney classificou como “desgraça” a pressão realizada para que hajam cortes de salários de jogadores da Premier League (Primeira Divisão do Campeonato Inglês) por conta da pandemia do novo coronavírus (covid-19), publicou neste domingo (5) o jornal britânico Sunday Times.

Na última semana, o secretário de Saúde do Reino Unido, Matt Hancock, afirmou que os jogadores da Premier League devem sofrer cortes nos salários, e a Premier League disse que os clubes estão conversando sobre uma redução de 30%.

“Primeiro o secretário de saúde (…) disse que os jogadores da Premier League deveriam sofrer um corte salarial. Ele estava desesperado para desviar a atenção do tratamento que o Governo faz dessa pandemia?”, questionou o jogador.

O movimento de redução de salários de atletas profissionais tem se espalhado pelo mundo. Na Espanha, Alemanha, nos Estados Unidos e até no Brasil, seja no futebol ou em outras modalidades como o basquete (a NBA tem pensado na diminuição dos vencimentos de seus atletas) esta medida tem sido estudada para lidar com a diminuição de receitas de agremiações esportivas.

Doação de parte dos salários

Contudo, a postura de Rooney não é unanimidade entre as estrelas do futebol inglês. Na última sexta (3), o jornal Daily Mail publicou que os jogadores do Manchester United aceitaram reduzir seus salários e destinar este valor para o sistema de saúde do Reino Unido.

Segundo a publicação, os jogadores de Old Trafford concordaram em renunciar a 30% de seus vencimentos desde que o dinheiro seja usado para beneficiar hospitais e centros de saúde em Manchester na luta contra o coronavírus.

Além disso, o capitão do Liverpool, o meia Jordan Henderson, está organizando um fundo de crise que deve arrecadar milhões para o sistema de saúde do Reino Unido, contando com a ajuda de outros capitães do Campeonato Inglês.

Edição: Fábio Lisboa

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana