conecte-se conosco


Mato Grosso

Intermat regulariza quatro bairros de Nova Xavantina e entrega 156 títulos

Avatar

Publicado

Moradores do município de Nova Xavantina (652 km distante de Cuiabá) receberam 156 títulos definitivos do Insituto de Terras de Mato Grosso (Intermat) na tarde desta sexta-feira (21.02), na Câmara Municipal. A entrega foi resultado da regularização fundiária urbana de quatro bairros, a Cohab Jardim Tropical I e II, que teve 58 casas registradas, e os conjuntos habitacionais Meu Lar e Morar Melhor, com 98 títulos.

Para o presidente do Intermat, Francisco Serafim de Barros, a titulação de áreas é um importante mecanismo de desenvolvimento regional das cidades, e está sendo a prioridade do governo de Mato Grosso destravar a regularização fundiária que é de competência do Estado.

Todos os títulos entregues são registrados em cartório, de forma gratuita aos beneficiários, com o objetivo central de garantir a posse legal definitiva do imóvel ao proprietário. A regularização foi feita em parceria com a prefeitura municipal de Nova Xavantina.

“Ter o documento legal de propriedade da sua casa traz dignidade para as pessoas, que passam a ter o seu direito reconhecido. Estamos levando os esforços de regularização do Intermat para as cidades do interior com o objetivo central de resolver o problema dessas pessoas, que aguardam há muitos anos para ter o seu direito reconhecido”, conta o presidente.

Conforme o diretor de Regularização Fundiária Urbana, Robinson Pazetto Junior a necessidade da população de regularização é antiga, o processo de regularização da extinta Companhia de Habitação Popular (Cohab/MT) aguardava ao menos 25 anos para ser concluído.

“Fico feliz e honrado por fazer parte deste momento que está beneficiando tantas famílias, que querem o seu imóvel, e que estão recebendo o título devidamente registrado, dando segurança jurídica, acesso a dignidade e à moradia de uma forma segura. Agradeço de antemão a Prefeitura pelo serviço que ajudou o Intermat a desemprenhar, agradeço à Câmara de Vereadores que sempre se mostrou disposta a tocar a regularização de modo prioritário. Agradeço também a todos os servidores públicos do município”, afirma Pazetto.

Comentários Facebook

Mato Grosso

Terça-feira (31): Mato Grosso tem 25 casos confirmados de coronavírus

Avatar

Publicado


.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta terça-feira (31.03), 25 casos confirmados de coronavírus em Mato Grosso. Um aumento de sete casos, desde a divulgação da Nota Informativa nesta segunda-feira (30.03)

Os casos confirmados da Covid-19 são em Cuiabá (18), Rondonópolis (4), Nova Monte Verde (1) e Várzea Grande (2). Os pacientes são devidamente acompanhados pelas equipes de Vigilância Epidemiológica do Estado e dos municípios. Mais informações estão detalhadas na Nota Informativa divulgada pela SES (anexada a este texto).

Dos 25 casos confirmados de Covid-19 em Mato Grosso, oito estão hospitalizados, sendo quatro em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e quatro em enfermaria.

A Nota Informativa com dados atualizados é divulgada diariamente a partir das 17h – horário em que ocorre a coletiva de imprensa virtual com o secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, transmitida pelo Instagram e Facebook do Governo do Estado.

Cenário nacional

Nesta terça-feira, o Governo Federal confirmou 5.717 casos de Covid-19 no Brasil e 201 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, divulgado pelo Ministério Saúde na segunda-feira, o país contabilizava 159 mortes e 4.579 casos confirmados de pessoas infectadas pelo novo coronavírus.

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes. Ficar em casa quando estiver doente;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (máscara cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Reeducandos submetidos a exames por precaução testam negativo para coronavírus

Avatar

Publicado


.

Exames de quatro reeducandos da Penitenciária Central do Estado (PCE), realizados apenas como medida de precaução, apresentaram resultados negativos para coronavírus (Covid-19). Um deles, de 24 anos de idade, que estava com sintomas de gripe e tinha histórico de rinite, foi isolado de outros dois com os quais manteve contato, para evitar a transmissão gripal. Posteriormente, foi constatado contato com um terceiro recuperando, que também foi colocado em isolamento, por prevenção.

Mesmo que nenhum deles tenha apresentado sintomas característicos do coronavírus, como febre e falta de ar, as amostras dos quatro homens foram colhidas de forma preventiva. Os resultados foram entregues à PCE nesta terça-feira (31.03).

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT) reforça que não há caso suspeito de contaminação por coronavírus em nenhuma unidade penal de Mato Grosso. Ressalta ainda que a situação está sendo monitorada pelas equipes de saúde dos estebelecimentos penais e pela Coordenadoria de Saúde do Sistema Penitenciário, bem como a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT).

O secretário adjunto de Administração Penitenciária, Emanoel Flores, frisa que caso haja confirmação de qualquer caso em unidades penais do estado, será tratado de forma transparente e que é preciso agir com responsabilidade. “Divulgar um caso como este, sem a confirmação oficial das autoridades, pode causar graves danos, principalmente aos familiares dos reeducandos e dentro da própria unidade”, alerta.

Assim como todas as demais unidades da federação, O Executivo segue protocolo do Ministério da Saúde para registro de casos suspeitos de coronavírus. “Também é importante reforçar que redobramos os procedimentos e atendimentos em saúde, portanto, não há motivo para pânico”, acrescenta o secretário adjunto.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana