conecte-se conosco


Cidades

Servidor público de São Pedro da Cipa passará o carnaval com dinheiro no bolso

Publicado

Cidades

O pagamento dentro do mês trabalhado já é marca da gestão do prefeito Alexandre Russi que faz questão de pagar antecipadamente os servidores públicos do município de São Pedro da Cipa. 

O prefeito que está em seu segundo mandato reeleito com 83,64% diz que isso é uma forma de valorizar os servidores que tanto contribuem com a gestão. "Estou muito feliz em ter nossas contas em dias, esse é meu último ano de mandato e temos dinheiro em caixa obras sendo realizadas com recursos próprios e obras sendo realizadas com emendas parlamentares e federais, nossa economia vai muito bem, por isso conseguimos antecipar todos os meses a folha de pagamento", finalizou Alexandre Russi.

Ao longo de 7 anos e dois meses a gestão pagou antecipadamente os colaborados em todos os meses totalizando 84 meses de salários pagos dentro do mês trabalhado.

A servidora contratada Maria Aparecida Silva é técnica em saúde bucal que trabalha há 5 anos na prefeitura diz que nunca esteve tão satisfeita. "Estou muito feliz com esse emprego, pois quando menos espero o pagamento está na conta. Eu amo fazer parte dessa família, me sinto valorizada, em datas comemorativas como natal, ano novo, carnaval e feriados prolongados o prefeito antecipa ainda mais os pagamentos para que possamos viajar, nos divertir com nossas famílias tem como não ficar feliz?", disse Maria.

Então se você é servidor de São Pedro da Cipa, prepare-se para curtir o carnaval e o feriadão com dinheiro no bolso, claro se for cair na folia não beba se for dirigir. 

Comentários Facebook

Cidades

Tangará da Serra homologa protocolos de enfermagem

Avatar

Publicado

A Prefeitura Municipal de Tangará da Serra publicou nesta quinta-feira, 20, o decreto n.º 074/2020, que dispõe sobre o Protocolo de Enfermagem na Atenção Primária à Saúde no município. O decreto homologa a resolução 003/2020 do Conselho Municipal de Saúde, que estabelece protocolos para as seguintes áreas: atenção à demanda espontânea de cuidados no adulto; infecções sexualmente transmissíveis; hipertensão, diabetes e outros fatores associados a doenças cardiovasculares; atenção à demanda de cuidados na criança e saúde da mulher.

Os protocolos de enfermagem subsidiam a prática gerencial e assistencial dos profissionais de enfermagem nos diversos contextos de saúde. Estes instrumentos buscam a padronização e uniformização dos procedimentos, na perspectiva de reduzir erros e garantir maior qualidade nos atendimentos realizados.

Na Atenção Primária à Saúde (APS), os protocolos são fundamentais, especialmente nas consultas de enfermagem, em que o enfermeiro acolhe, escuta, examina e identifica os problemas de saúde (atuais e/ou potenciais), prescrevendo cuidados que visam a promoção, prevenção/proteção, recuperação ou reabilitação tanto em âmbito individual como coletivo.

Desde 1986, a partir da Lei do Exercício dos Profissionais de Enfermagem (7498/1986), o enfermeiro pode prescrever todos os cuidados de enfermagem, incluindo a prescrição de medicamentos estabelecidos em programas de saúde pública e em rotina aprovada pela instituição de saúde. No Código de Ética dos Profissionais de Enfermagem (564/2017) é reforçada essa premissa legal e ainda a possibilidade de outras prescrições em situações de emergência.

“Enaltecemos o empenho e esforço de todos os profissionais envolvidos nessa consolidação e conquista para a saúde e Enfermagem de Tangará da Serra, em especial, ao Enfermeiro Rômulo Cézar Ribeiro da Silva, presidente do Conselho Municipal de Saúde e a Enfermeira Dienefer Jaqueline Magalhães Feix, Secretária Municipal de Saúde”, destacou o Enfermeiro Vagner Ferreira do Nascimento, Conselheiro do Coren-MT.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cidades

Regularização fundiária urbana na Vila de Bom Jardim está bem próxima

Avatar

Publicado

O processo de regularização fundiária na comunidade Vila de Bom Jardim no município de Nobres está em vias de concretização, restando algumas formalidades legais a serem cumpridas. O anúncio foi feito pelo prefeito Leocir Hanel que dividiu com toda a sua administração e a Câmara Municipal de Nobres o resultado que está bem perto de um desfecho positivo.

Com agenda extensa na manhã de hoje e durante todo o dia, o Chefe do Executivo participou rapidamente da abertura da reunião realizada no Plenário da Prefeitura na manhã de hoje (21/02/20), quando falou que há poucas exigências a serem cumpridas e que em breve será criado um projeto de lei que será submetido à apreciação da Câmara de Vereadores, homologando os procedimentos que garantirão o georreferenciamento e a demarcação das áreas, o que permitirá, enfim, a titulação dos imóveis dentro do núcleo urbano da Vila Bom Jardim.

Em atenção a um convite formulado pela Secretaria Municipal de Turismo e Cultura, o cartorário Erival Capistrano e pessoas ligadas ao Cartório de Imóveis, participaram da reunião como instrutores do processo de legalização através da burocracia cartorária.

O presidente da Câmara Municipal de Nobres, André Avelino Bezerra, em companhia do vereador Oscar Lara participou da reunião que teve acompanhamento de secretários municipais e a equipe jurídica da Prefeitura de Nobres. Representantes do trade turístico também participaram da reunião, quando o prefeito Leocir Hanel evidenciou a boa vontade de Incra em disponibilizar informações e subsidiar tecnicamente o processo que culminará com a tão sonhada regularização fundiária da Vila de Bom Jardim.

Para o empresário Vicente Campos, um dos pioneiros na atividade turística em Bom Jardim, o prefeito não saberia quantificar a satisfação de uma comunidade que espera há 30 anos pela titulação de suas áreas.

Ainda de acordo com o prefeito Leocir Hanel, a conclusão da etapa de regularização fundiária abrirá caminho para o processo de cessão da Lagoa Azul para gestão do município de Nobres. Considerada a cereja do bolo dentre os atrativos turísticos, a Lagoa Azul em atividade representará um marco importante no turismo de Nobres.

O secretário municipal de Turismo, Daniel Martins da Cruz, está otimista e vislumbra que após mais uma reunião com os técnicos da área judicial do Incra, finalmente, a regularização fundiária urbana será implementada e conclusa com a legislação pertinente que dará segurança jurídica ao processo.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana