conecte-se conosco


Mato Grosso

Lideranças indígenas aprovam nova Escola Padrão

Avatar

Publicado

Lideranças indígenas repercutiram positivamente a criação da Escola Padrão Indígena, desenvolvida pelo Governo Mauro Mendes. Durante a apresentação do projeto, nesta terça-feira (18.01), no Encontro de Diretores das Escolas Estaduais Indígenas, em Cuiabá, os participantes ficaram entusiasmados com os novos prédios que substituirão os atuais.

O encontro, realizado no Hotel Fazenda, em Cuiabá, termina nesta sexta-feira (21). Durante a apresentação, as lideranças da etnia Xavante fizeram uma manifestação na linguagem nativa e todos concordaram com o projeto.

A professora Marcelina Ro’oniwe, diretora da Escola Estadual Indígena (EEI) Aldeona, de Nova Xavantina (a 645 quilômetros a lesta da Capital) classificou o projeto como “interessante”, pois há muitos anos a comunidade indígena aguarda os novos prédios. “Muito bom mesmo ter escola nova”, observa.

Marcelina lembra que a Escola Aldeona tem 10 salas anexas que também fazem parte do projeto. “Nesse momento, toda a comunidade está muito contente mesmo com a Seduc. É um projeto muito bom para toda a comunidade indígena de Mato Grosso”, comemora a diretora.

O diretor Elias Nomotse, da EEE Rãi Rãte, também de Nova Xavantina, tem a mesma avaliação sobre projeto. “Agradecemos a Seduc, pois a nova escola será planejada conforme a nossa cultura. Vai melhorar muito, muito”, festeja. A Rãi Rãte tem 14 salas anexas e atende a cerca de 500 alunos indígenas Xavante.

A assessora pedagógica de Campinápolis, Miriam Lagares, que atende a 10 escolas – sendo nove indígenas -, também comemora o projeto da Escola Padrão Indígena.

“É a realização de um sonho. A praticidade de chegar e montas as salas de forma rápida, toda estrutura pensada é perfeita. O destaque mesmo é que vai atender a todas as comunidades indígenas”, ressalta.

A Assessora explica que o projeto mexeu com a esperança de todos, pois construir a sala anexa no mesmo padrão da escola sede é um sonho. “Um sonho que virou realidade”, define.

O diretor Nilson do Carmos Kayabi, da EEI Juporijup, no município de Juara (a 709 quilômetros a médio-norte da Capital), que tem cinco salas, aponta esse projeto como um dos maiores desafios da Seduc. “O governo demonstrou interesse na educação indígena. Com esse projeto, todas as comunidades indígenas ganham. Nossa, será tudo para nossas salas anexas que hoje nem podemos considerar salas”, ressalta.

Outra entusiasta do projeto é a diretora Janesmar João, da EEI Myhyinymykytee Skiripi em Juína (a 735 quilômetros a noroeste da Capital). “Esse projeto é, acima de tudo, respeito não só pelos povos indígenas como pela individualidade, uma vez que temos um projeto global, mas que serão adequados às aldeias e às etnias. O princípio básico da educação indígena é o respeito da diversidade e à sua especificidade. E o projeto contempla isso”, frisa.

A assessora pedagógica Vanessa Buzanello, de General Carneiro (a 442 quilômetros a leste da Capital) define o projeto como “o sonho de qualquer educador”, pois em seu município são 30 salas anexas de escolas indígenas que funcionam em ambiente inadequados.

“Podemos dizer que a Seduc plantou uma semente dentro do coração de cada um. É a semente da esperança que existia há muito tempo e que foi plantada com esse projeto”, conclui. .

Comentários Facebook

Mato Grosso

Obras de reconstrução da escola 31 de Março avançam e devem ser concluídas em setembro

Avatar

Publicado


.

As obras de reconstrução da Escola Estadual 31 de Março, localizada no município de Canarana (a 823 quilômetros de Cuiabá), estão avançadas e devem ser concluídas no mês de setembro. A obra, realizada em convênio com a Prefeitura de Canarana, receberá investimentos na ordem de R$ 3,072 milhões, sendo R$ 2,5 milhões de recursos estadual e R$ 572 mil municipal.

A unidade de ensino será contemplada com um novo e moderno prédio, com 16 salas de aula, refeitório, cozinha, laboratórios, biblioteca integradora, banheiros adaptados para pessoa com deficiência, parte administrativa, além da reforma da quadra poliesportiva, que já existia no local. Com a construção do novo prédio, será possível ampliar a oferta de vagas na escola, que atualmente atende 530 alunos.

Conforme destaca a secretária de Estado de Educação, Marioneide Kliemaschewsk, mesmo com o período de pandemia e as aulas presenciais suspensas, as obras de reformas e construções de escolas na rede estadual continuam a todo vapor. “Nossa intenção é concluir várias dessas obras antes do retorno das aulas presenciais, garantindo que nossos alunos e profissionais da educação voltem para as salas de aula com total segurança e qualidade para continuar a estudar e trabalhar”, afirma a secretária.

Criada oficialmente em 1976, a Escola Estadual 31 de Março por muitos anos funcionou em um prédio precário, colocando em risco a vida dos alunos e profissionais da educação. Tanto que, em 2016, a escola foi demolida com a promessa de construção de um novo espaço. Os alunos foram transferidos para um prédio alugado, mas desde então aguardam pela reconstrução da escola. 

“Essa é uma obra muito importante, pois há cinco anos não sabemos o que é ter uma escola descente, com espaço digno e adequado para abrigar alunos e os profissionais. Estamos esperando ansiosos pela entrega dessa obra”, destaca a diretora da Escola, Janete Maria Sulzbacher Ortolan.

A assessora pedagógica, Sílvia Moura Faitão, ressalta que a escola 31 de Março é uma unidade histórica em Canarana e a comunidade escolar merecia a construção da escola nova. “Enquanto gestora, eu digo que o exercício de resiliência nos acompanhou por muitos anos e acompanhará até o final da construção dessa obra. Poder ver que o desejo da comunidade escolar está se concretizando é motivo de muita alegria e satisfação”, observa.

 

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Governo e prefeitura dão início à obra de pavimentação na MT-109

Avatar

Publicado


.

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), e a prefeitura de Querência (970 km de Cuiabá) deram início às obras de pavimentação de 10,6 quilômetros da MT-109, no município. As obras são realizadas em razão de um convênio firmado no final do mês de junho.

Será asfaltado o trecho que compreende o fim da pavimentação do perímetro urbano até o acesso ao assentamento Pingo D’Água. Ao todo são investidos pouco mais de R$ 6 milhões na execução da obra. Desse valor, a Sinfra destinou R$ 5,2 milhões e a prefeitura deu uma contrapartida de R$ 895 mil, através do convênio.

Atualmente são executados os serviços de sub base do terreno, que são realizados diretamente pela prefeitura. Veja vídeo abaixo. “Com esse dinheiro nós pretendemos ir além e entregar 12 quilômetros de asfalto. A pandemia está aí, mas as máquinas não podem parar. O serviço continua e a obra está a todo vapor”, garantiu o prefeito de Querência, Fernando Gorgen.

Ainda segundo o prefeito, a rodovia MT-109 é considerada uma importante ligação entre os municípios de Querência e Canabrava do Norte e uma rota de escoamento da produção agrícola da região, que estima para este ano uma produção de 400 mil hectares de soja e 230 mil hectares de milho.

Além do asfaltamento, ainda na MT-109,  será realizada a recuperação e reconstrução de um trecho de cinco quilômetros da rodovia, também através de um outro convênio. Serão destinados R$ 1,8 milhão à execução da pavimentação, sendo R$ 1,6 milhão repassados diretamente pela Sinfra.

Para o secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira, os convênios como esse são fundamentais para que o Estado avance em mais melhorias de infraestrutura em todo Mato Grosso com o grande diferencial de que as prefeituras são os executores e fiscalizadores das obras.

Isso garante a redução de custos, a qualidade e a garantia de que a obra será entregue dentro do prazo. “Com essas parcerias, a atual gestão do Governo do Estado mostra o quanto é diferenciada. Trabalhamos em parceria com os municípios, pois queremos que eles estejam alinhados com o Governo olhando, fiscalizando, notificando e entregando, junto conosco, obras de qualidade”, assegurou o secretário.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana