conecte-se conosco


Tecnologia

Xiaomi desenvolve máscara facial inteligente; conheça os recursos

Avatar

Publicado

Olhar Digital

Xiaomi arrow-options
Reprodução

Xiaomi desenvolve máscara facial


Em alta na China e em outros países da Ásia por causa do surto de coronavírus , as máscaras de proteção facial podem se tornar “inteligentes”. A chinesa Xiaomi entrou com um pedido de patente para um novo acessório de proteção no Escritório de Marcas e Patentes dos Estados Unidos (USPTO).

A descrição da patente revela que a máscara inteligente da Xiaomi poderá coletar dados através de sensores. Essas informações poderão ser armazenadas no próprio dispositivo, ou transferidas para outros aparelhos. A máscara também possui uma bateria interna que alimenta o filtro de ar padrão.

Leia também: Xiaomi pode começar a produzir celulares no Brasil; saiba quando

Acelerômetros e giroscópios ajudarão a determinar se o usuário está se movendo ou parado. Os sensores da máscara inteligente Xiaomi gravarão dados em tempo total de uso, absorção de poluição, volume de respiração, contagem de respiração, entre outros.

A máscara também pode ser conectada a um aplicativo que mostra todos os dados coletados, além de fornecer informações sobre o clima e a qualidade do ar da cidade dos usuários. Aparentemente, o acessório ainda será capaz de detectar possíveis anormalidades respiratórias e também pode recomendar um método de respiração mais saudável.

Vale lembrar que um pedido de patente não indica que a empresa planeja lançar o produto no mercado. A Xiaomi já produz e vende máscaras que filtram o ar, protegendo o usuário da poluição atmosférica, desde 2016. Em janeiro, por causa da alta demanda, a loja online da empresa chegou a sair do ar.

Comentários Facebook

Tecnologia

PlayStation 5 será lançado este ano mesmo com coronavírus, diz porta-voz da Sony

Avatar

Publicado


source
PlayStation 5 arrow-options
Reprodução/LetsGoDigital

PlayStation 5 ainda não teve ser design revelado


Apesar dos rumores de adiamento, parece que o PlayStation 5 será mesmo lançado este ano. Em entrevista à Bloomberg, uma porta-voz da Sony disse que não vê nenhum impacto notável no lançamento do console, planeja para o final de 2020. 

Leia também: Vai ter Xbox Series X: Microsoft promete console este ano mesmo com coronavírus

Mesmo com a continuidade dos planos para o PlayStation 5, a Sony disse que a pandemia do novo coronavírus pode, sim, afetar a empresa. O aumento de lucro projeto pela gigante dificilmente será alcançado, sobretudo devido à escassez de componentes para a produção e ao tempo em que fábricas ficaram paradas na China. 

Nesta semana, a Microsoft também afirmou que o lançamento do Xbox Series X deve permanecer de acordo com o planejado. O CEO da companhia afirmou que, mesmo com o impacto do novo coronavírus na cadeia de produção, o console tem condições de chegar ao mercado ainda em 2020.

Comentários Facebook
Continue lendo

Tecnologia

Site reúne serviços tecnológicos para reduzir impacto do coronavírus

Avatar

Publicado


source

Olhar Digital

site coronavírus arrow-options
Unsplash/Bench Accounting

Site mostra serviços para o momento de pandemia


Para ajudar a reduzir o impacto da pandemia do novo coronavírus , a empresa Hacking Rio criou o programa SOS Covid-19 . A ideia tem como objetivo reunir iniciativas de diversos setores como área médica, educação, logística e até varejo de alimentos.

Os usuários podem consultar todos os serviços oferecidos no site oficial do programa . A ideia é reunir em um só lugar soluções de vários segmentos para que as pessoas possam encontrá-los facilmente.

Leia também: Solução rápida: startups se unem para driblar a crise do coronavírus

A seleção de participantes foi realizada após um período de 72 horas de inscrição. Foram submetidas 278 soluções oriundas de seis países, como Brasil, Israel, Portugal, Estados Unidos, Eslováquia e Bielorrússia.

Entre os selecionados estão startups , pesquisadores, desenvolvedores, programadores, professores universitários, empresas e instituições públicas e privadas. Como é o caso da empresa Triagil, que oferece orientação para que as pessoas não busquem serviços de saúde desnecessariamente.

Além dela, a Contagiante também faz parte da iniciativa. Esse portal divulga pequenos negócios e iniciativas de educação que ajudam secretarias a manter os jovens estudando em casa.

Leia também: Recife e Rio de Janeiro monitoram celulares para garantir isolamento

Uma parte bastante interessante do site é a ” Voluntariado “. Essa aba do site reúne programas em que os usuários podem solicitar ajuda ou se voluntariar para ajudar pessoas impossibilitadas de sair. Podem se candidatar indivíduos dispostos a fazer compras ou realizar pequenas tarefas para idosos que não devem sair devido às recomendações do Ministério da Saúde, por exemplo.

Caso o projeto dê certo, a ideia da Hacking Rio é ampliar o número de empresas participantes conforme a demanda por alguns serviços específicos comecem a crescer em decorrência da epidemia do novo coronavírus .

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana