conecte-se conosco


Policial

PRF prende quatro pessoas transportando drogas em Mato Grosso

Avatar

Publicado

Os crimes ocorreram em Pontes e Lacerda, Primavera do Leste e Rondonópolis

Na última quarta-feira (19), quatro pessoas foram presas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) no Estado do Mato Grosso.

A primeira situação ocorreu em Rondonópolis, na BR-364, quando a equipe que fazia ronda visualizou um caminhão fazendo ultrapassagem em local proibido. Durante a abordagem, o motorista se demonstrou visivelmente alterado e ao ser questionado, admitiu ter ingerido alguns comprimidos de rebite. Também afirmou que trazia mais dos comprimidos para vender em Sorriso-MT. Foram encontrados 111 comprimidos da substância. A ocorrência foi encaminhada para a Polícia Civil de Rondonópolis

A segunda situação foi na BR-070, em Primavera do Leste, onde a equipe da PRF abordou o veículo I/Hyundai Tucson GL, na qual estavam o motorista e um passageiro. O motorista disse ter pego o carro emprestadado de seu irmão para ir de Rondonópolis à Redenção-PA, para trabalhar em uma fazenda e o passageiro disse estar apenas de carona. Com o auxílio dos cães farejadores, foram encontrados três tabletes de maconha. Os dois ocupantes do veículo alegaram desconhecer a droga. O caso foi encaminhado para Polícia Civil de Primavera do Leste.

A última situação ocorreu na BR-174, em Pontes e Lacerda, quando a equipe da PRF fazia fiscalização em um ônibus que realizava o itinerário Pontes e Lacerda a Cuiabá-MT. Durante a abordagem a um dos passageiros, o mesmo apresentou conversas divergentes e disse não possuir bagagem alguma. Porém, os policiais descobriram que ele levava uma mochila, dentro dela havia dois tabletes de maconha, pesando aproximadamente 1kg. A ocorrência foi encaminhada para a Polícia Civil de Pontes e Lacerda.

SECOM PRF MT

Comentários Facebook

Policial

Suspeito de matar companheira é autuado por homicídio com qualificadora em feminicídio

Avatar

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

O rapaz de 27 anos que matou a companheira a facadas na noite desta quinta-feira (02.04, em Cuiabá, foi autuado em flagrante por homicídio qualificado – feminicídio e uso de meio cruel. Ele foi encaminhado para unidade prisional em Várzea Grande nesta sexta-feira.

O crime ocorreu nem um condomínio no bairro Chácara dos Pinheiros na região do Coxipó. A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Cuiabá foi acionada sobre a ocorrência e equipes se dirigiram ao local, junto com a perícia e o Instituto Médico Legal. A vítima, Aline Gomes de Souza, 20 anos, foi encontrada morta próxima à guarita do condomínio.

De acordo com apuração, a vítima teve um desentendimento com o suspeito ainda dentro do apartamento, quando foi agredida. Ela conseguiu sair do local e correu em direção à guarita do condomínio, quando o suspeito a alcançou e desferiu golpes nas costas de Aline. Depois do crime, o rapaz fugiu em um carro branco.

Durante as diligências, com apoio da Polícia Militar, a DHPP foi informada de que o suspeito estava na região do bairro Osmar Cabral. Equipe da Delegacia de Delitos de Trânsito foi solicitada para apoiar as buscas e conseguiu localizá-lo próximo à unidade policial e prendê-lo.

Encaminhado à DHPP, o suspeito foi ouvido em interrogatório pelo delegado Marcel Gomes de Oliveira. Ele alegou que teve uma briga com a vítima, por ciúmes e que estaria arrependido.

A arma utilizada no crime foi localizada, posteriormente, pela equipe da Delegacia de Homicídios. 

O rapaz foi autuado em flagrante de acordo com o artigo 121, do Código Penal, com qualificadoras conforme estabelece o parágrafo segundo, nos incisos 3º (meio cruel) e 6º (crime contra a mulher por razões da condição de sexo feminino). A lei prevê pena para homicídio qualificado com reclusão de 12 a 30 anos.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Polícia Civil prende suspeito de ordenar morte de idoso em Várzea Grande

Avatar

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

Equipe da Delegacia Especializada em Homicídios e Proteção à Pessoa de Cuiabá (DHPP) prendeu nesta sexta-feira (03.04) um suspeito pelo crime de homicídio que vitimou Benedito Pio de Siqueira, 71 anos, morto em março deste ano no bairro Jardim das Oliveiras, em Várzea Grande.

O mandado de prisão temporária contra o suspeito foi representado pelo delegado Olímpio da Cunha Fernandes Júnior à 1a Vara Criminal da Comarca de Várzea Grande. Além da prisão, foi cumprido mandado para apreensão de aparelhos celulares e cadernos com anotações que podem auxiliar na responsabilização pelo crime cometido.

De acordo com o delegado, são três suspeitos de envolvimento no homicídio, sendo que os outros dois já estão presos.

Conforme a investigação, os suspeitos pertencem a uma facção criminosa. Dois deles teriam cumprido a ordem do suspeito preso nesta sexta-feira, apontado como “disciplina” da facção no bairro Jardim das Oliveiras e deu ordem para que a vítima, morador antigo do local, fosse morta. Os suspeitos teriam sequestrado a vítima em sua chácara, praticaram tortura e depois a mataram com golpes de faca, sem que o idoso pudesse se defender.

Crime

O corpo de Benedito Pio foi encontrado em uma área de chácaras, próxima ao rio Cuiabá, na manhã do dia 03 de março deste ano. Ele tinha um bar no Jardim das Oliveiras e era morador antigo do bairro.

A polícia foi acionada por moradores, quando crianças brincavam de soltar pipas e avistaram o corpo, que estava encoberto por galhos e folhas. A vítima apresentava ferimentos na parte lateral da cabeça. O corpo foi reconhecido por um irmão de Benedito Pio.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana