conecte-se conosco


''A ponte caiu''

Marido mata e enterra esposa e diz que ela teria sumido

Avatar

Publicado

Um crime de feminicídio ocorrido em General Carneiro (442 km a leste de Cuiabá) foi esclarecido pela Polícia Judiciária Civil e o autor preso nesta terça-feira (18.02), em ação para cumprimento de mandado de prisão preventiva decretado pela Justiça. O crime ocorreu no Distrito de Paredão Grande, zona rural de General Carneiro, no final do mês de janeiro deste ano.

Além da ordem judicial de prisão preventiva cumprida, o suspeito também foi autuado em flagrante pelo crime de ocultação de cadáver. As diligências iniciaram após comunicação do desaparecimento de Simone Ferreira, 40 anos, no dia 31 de janeiro deste ano.

A partir dessa data, a vítima não foi mais vista pelos familiares e conhecidos. Indagado sobre a esposa, o homem de 38 anos informou que teve um desentendimento entre os dois e a mulher havia resolvido ir embora de casa.

Ele dizia ainda que não saberia para onde a companheira foi, ou com quem poderia estar. Durante as investigações foram colhidas provas e evidências indicando o marido como principal suspeito do suposto desaparecimento.

Em um dos depoimentos prestados à Polícia Civil, o companheiro da mulher acabou assumindo o crime. O suspeito contou que ocorreu uma discussão conjugal no dia 31 de janeiro e a vítima bateu com a cabeça contra a parede.

Quando percebeu que ela estava sem pulso, o autor enterrou o corpo de Simone no quintal da casa onde moravam. Conforme o delegado de General Carneiro, Nelder Pereira Martins, o suspeito confessou o crime na terça-feira (18) e teve a prisão preventiva cumprida pelo feminicídio cometido por motivo fútil e emprego de meio cruel. “O preso foi autuado em flagrante pela ocultação de cadáver, delito tratado como permanente”, destacou o delegado.

Após interrogatório, a equipe da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) foi acionada e o corpo da vítima localizado em estado de putrefação no local indicado pelo suspeito. O material foi encaminhado a exame de necrópsia para constatação da causa da morte.

O autor foi conduzido para audiência de custódia e ficará à disposição da Justiça.

Comentários Facebook

''A ponte caiu''

Nova Ubiratã: Represa rompe após excesso de chuvas e leva parte de rodovia

Daniel da Silva

Publicado

Represa rompe após excesso de chuvas e leva parte de rodovia da MT-242

O excesso de chuvas na região de Nova Ubiratã (447 quilômetros de Cuiabá) causou diversos prejuízos e fez romper uma represa que fica próximo do local conhecido como agrovila. A secretaria de Obras, Infraestrutura e Transportes precisou interditar a rodovia MT-242, nas imediações do Distrito de Novo Mato Grosso, já que a água levou parte da pista.

De acordo com o responsável pela pasta, Cosmen Brito de Souza, desde a última quinta-feira o local vinha sendo monitorado. “A tubulação não resistiu o volume de água, cedeu e acabou levando parte da pista”, descreveu o secretário.

Segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), o volume de chuvas registrados na região está acima da média anual. “Em 15 dias choveu o que estava previsto para todo o mês de fevereiro. A situação é preocupante e requer atenção especial”, pontua Cosmen.

Para minimizar os impactos causados pelas chuvas, dezenas de profissionais têm trabalhado em sistema de plantão. Enquanto parte da equipe atua de forma paliativa, os demais profissionais fazem o monitoramento em trechos considerados de risco.

Neste domingo (23), funcionários de uma empresa terceirizada chegam ao município para iniciarem a construção de uma ponte no local. A previsão é de que o tráfego na rodovia seja restabelecido na quarta-feira (26).

Para ter acesso ao distrito, os motoristas devem utilizar rotas alternativas passando por diferentes propriedades rurais.

Além de Nova Ubiratã,as cidades de Sorriso, Sinop, Vera e Feliz Natal redobraram o monitoramento das estradas vicinais em razão do excesso de chuvas e o aumento do tráfego de veículos pesados.

Na semana passada, o município de Nova Brasilândia decretou situação de emergência depois que pontes e tubulações foram arrastadas pela chuva e deixaram comunidades inteiras isoladas.

A situação mais crítica está nos acessos ás comunidades rurais de Santa Rosa, Santa Amélia e Córrego Grande.

 

Fonte: Cenario MT

Comentários Facebook
Continue lendo

''A ponte caiu''

Duas mulheres são presas com droga em ônibus de viagem

Avatar

Publicado

Duas mulheres foram presas ao serem flagradas com pacotes de cocaína escondidos em cintas dentro de um ônibus abordado entre Rondônia e Mato Grosso.

Segundo a Polícia Militar e Civil, a apreensão ocorreu na quinta-feira (20) e foi divulgada neste sábado (22).

A operação envolveu policiais dos dois estados e prendeu as passageiras na rodoviária de Vilhena, em Rondônia.

De acordo com a polícia, a droga estava acondicionada no corpo das suspeitas. Elas afirmaram que saíram do Acre, passariam por Rondônia e iriam para Cuiabá.

As duas transportavam pouco mais de 6 kg de cocaína. As suspeitas viajavam com três crianças que foram levados ao Conselho Tutelar de Vilhena.

As presas são moradoras de Cáceres, a 220 km de Cuiabá.

A droga apreendida está avaliada em R$ 150 mil.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana