conecte-se conosco


Policial

Fapemat vai desenvolver ferramentas tecnológicas para Segurança Pública

Avatar

Publicado

Julia Oviedo | Sesp-MT

O secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante e o presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Mato Grosso (Fapemat), Adriano Silva, formalizaram nesta terça-feira (18.02) uma parceria para o desenvolvimento de produtos tecnológicos utilizados pelas forças de segurança do Estado. Ao todo, seis editais estão abertos e o investimento total será de R$ 1,3 milhão.

O investimento vai gerar uma economia de quase R$ 19 milhões aos cofres públicos. Caso desenvolvesse uma destas ferramentas por meio da iniciativa privada, o Estado desembolsaria aproximadamente R$ 20 milhões.

Uma das ferramentas é a criação de um sistema de gerenciamento dos equipamentos de serviço do Corpo de Bombeiros Militar (CBM) em tempo real. Outro, é para um aplicativo de celular para a Polícia Judiciária Civil (PJC) que possibilita que o policial civil tire fotos em 3D de objetos encontrados no momento da ocorrência, especificando cor, tamanho, peso, volume, forma, etc.

Um terceiro edital prevê a criação de uma ferramenta que analisará a base de dados estatística da Polícia Militar e conseguirá prever possíveis ocorrências futuras. O projeto piloto será desenvolvido apenas na região central de Cuiabá e, dependendo do sucesso da iniciativa, pode se expandir para outras regiões da cidade e, consequentemente, do estado.

Outros projetos também preveem a criação de uma plataforma interligando todos os sistemas da Secretaria de Segurança Pública (Sesp) e das forças de segurança do Estado. Além disso, a criação de um sistema de requisições e laudos da Politec, com a finalidade de informatizar os processos e deixá-los 100% online.

“É como se você fabricasse o sapato para o seu próprio pé: a academia será a fábrica e eu direi se o sapato está adequado ou não”, exemplificou o secretário de Segurança Pública, Alexandre Bustamante. O titular da pasta acredita que é o momento de o Estado investir menos na iniciativa privada e mais em instituições. Além disso, a parceria também irá valorizar o conhecimento científico de pesquisadores mato-grossenses.

“É uma experiência que estamos apostando muito, porque afinal de contas, você traz a academia para ajudar o Estado, primeiro diminuindo custos e segundo, desenvolvendo produtos com a chancela do Estado. Por isso, a Fapemat vem ajudar a gente nisso: sendo uma interlocutora entre as diversas universidades do estado com a área de segurança. Eu tenho certeza no sucesso desta iniciativa, que além da área de segurança também se desdobrará para outras secretarias”, pontuou Bustamante.

Em Mato Grosso, há quase 2 mil professores doutores, segundo a Fapemat. Além disso, o Estado possui uma grande demanda por produtos e serviços que podem ser desenvolvidos por estes profissionais. É o que defende o presidente da Fapemat, Adriano Silva.

“Nós estamos encurtando essa relação pesquisadores e Estado. E quero parabenizar o secretário Alexandre Bustamante e a equipe da Sesp que acreditou nesta parceria, que está sendo desenvolvida desde o ano passado e que resultará no benefício da sociedade”, disse Adriano Silva.

Modelo cearense

Durante a reunião, Bustamante relembrou do modelo de tecnologia para a atividade policial praticado no Ceará, que ele teve acesso durante reunião do Colégio Nacional de Segurança Pública (Consesp), realizada em Fortaleza em maio do ano passado. O modelo de parceria entre Segurança Pública cearense e Universidade Federal do Ceará foi o que inspirou o secretário da Sesp a buscar na Fapemat uma alternativa aos produtos comercializados na iniciativa privada.

“Este é o momento de o Estado olhar mais para as instituições como celeiro de produtos e serviços. Ele não pode simplesmente ficar refém da iniciativa privada”, finalizou Bustamante.

Editais

Os seis editais já estão abertos e também podem ser acessados pelo site da Fapemat. Confira:

Edital FAPEMAT Nº. 001 /2020 Segurança Pública – Corpo de Bombeiro MilitarEdital FAPEMAT Nº. 002/2020 Segurança Pública – Policia Judiciaria CivilEdital FAPEMAT Nº. 003/2020 Segurança Pública – STIEdital FAPEMAT Nº. 004/2020 Segurança Pública – STIEdital FAPEMAT Nº. 005/2020 Segurança Pública – POLITECEdital FAPEMAT Nº. 005/2020 Segurança Pública – POLITEC

Comentários Facebook

Policial

Polícia Civil instala tendas em área externa para pré-atendimentos da Central de Flagrantes

Avatar

Publicado


.

Assessoria/PC-MT

A Diretoria da Polícia Civil providenciou a instalação de tendas na área externa da Central de Plantão de Cuiabá, que funciona no bairro Verdão, como medida preventiva para reduzir a aglomeração de pessoas no interior do prédio. 

A ação foi tomada diante da necessidade de prevenção para policiais que trabalham no local, tanto civis, quanto militares, e também para quem necessita ir até a central em casos de flagrantes. 

O coordenador de plantões da região metropolitana, delegado Walter de Melo Fonseca Junior, explicou que dentro das medidas tomadas também serão colocadas cadeiras e instalados ventiladores com climatização, permitindo que alguns atendimentos necessários ao registro de flagrantes sejam realizados na área externa, visando reduzir riscos para os policiais e também à população.

“Diante das recomendações sanitárias, é importante reduzir em ambientes fechados a aglomeração de pessoas para evitar a proliferação do coronavírus. Com essa necessidade, a diretoria da Polícia Civil definiu por estruturar esse espaço permitindo que ao chegar no plantão, os policiais possam fazer o pré-atendimento de pessoas conduzidas na área externa”, explicou o delegado. 

Os policiais civis trabalham com uso de máscaras e álcool 70% que foi distribuído às unidades na última semana, na primeira etapa do produto doado ao Governo do Estado em uma parceria com empresas do setor e também com o Sindicato das Indústrias Sucroalcooleiras de Mato Grosso. 

Recomendações sanitárias 

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus. 

A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Batalhão Ambiental detém homem com replica de arma de fogo em Várzea Grande

Avatar

Publicado


.

Policiais militares do Batalhão de Proteção Ambiental prenderam nesta sexta-feira (27.03), um homem com um simulacro de pistola, na área central de Várzea Grande. O suspeito ainda carregava porções de maconha e pasta base de cocaína.

Conforme o boletim de ocorrência, os agentes estavam em patrulhamento pela Avenida Alzira Santana quando viram dois homens em uma motocicleta. Assim que viram a viatura saíram em alta velocidade e iniciado o acompanhamento.

Já na Rua Senhor Divino a moto com a dupla colidiu com outra motocicleta, causando uma queda. O garupa tentou correr, mas foi contido, já o piloto conseguiu fugir.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Fonte: PM MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana