conecte-se conosco


Cuiabá

Curso de boas práticas chega ao fim com entrega de certificados

Avatar

Publicado

Alunos do curso de Boas Práticas e Manipulação de Produtos de Origem Animal receberam seus certificados nesta segunda-feira (17). Mais de 80 permissionários das 48 feiras de Cuiabá e do Mercado do Porto participaram do evento, fruto de parceria entre a Secretaria de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico de Cuiabá, com o Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT), Campus Bela Vista.

Na ocasião, profissionais da Vigilância Sanitária, órgão subordinado à Secretaria de Saúde, abordaram temas relacionados às normas de risco sanitário que norteiam as fiscalizações a feiras livres e estabelecimentos do tipo. De acordo com o especialista de saúde Victor Pagnosi Pacheco, embora as exigências pareçam óbvias, o reforço nas informações deve ser contínuo.

“A capacitação não acaba aqui, é preciso estar sempre discutindo e falando sobre essas coisas. Por isso trouxemos as informações para dentro da realidade deles, falando sobre assuntos como higienização pessoal, uso de álcool 70% e toucas. A adoção destas condutas como práticas constantes reduz o fluxo de contaminação e previne risco direto de contágio aos alimentos”, explica.

O curso teve início na última segunda-feira (10), quando os participantes foram divididos em grupos de estudo que abortaram as temáticas: higiene pessoal no contexto de comercialização de carne e peixe; setor de peixe; de carne vermelha e microbiologia. As aulas foram ministradas por especialistas da instituição e aconteceram nos laboratórios.

Para a titular da Secretaria de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, Débora Marques, o poder público tem obrigação de auxiliar o setor, que resiste apesar da crise.  Para isso, outras ações são desenvolvidas, como as readequações das feiras livres, que já dão resultados no CPA II, Praeiro e Duque de Caxias.

“Não é só estética. A entrega de barracas, jalecos, crachás e alvarás nos ajudam a ordenar estes espaços. Os tempos mudaram e o consumidor não é o mesmo, por isso não se pode trabalhar do mesmo jeito que há 20 anos. Portanto, ao investirmos em ordenamento e qualificação estamos fomentando a economia neste setor”, avalia.

Edições futuras

No primeiro dia de capacitação o reitor do IFMT- Campus Belas Vista, Deiver Alessandro Teixeira anunciou a realização de mais uma qualificação voltada ao setor. O próximo curso será dividido em três módulos e terá foco em processamento, manipulação e comercialização de alimentos. 

Segundo ele, a qualificação terá duração de 80 horas e o edital para participação será divulgado nas próximas semanas. “Queremos ligar o nosso nome ao dos feirantes, para que as feiras avancem que as pessoas saibam que estes trabalhadores estão capacitados para oferecer mercadoria segura à população”, afirmou.

Débora lembra que a parceria não apresenta custos à Pasta. “O IFMT abriu as portas para nós e abraçamos esta oportunidade, de oferecer acesso ao ensino de excelência reconhecido nacionalmente.” Ela também destaca que na segunda-feira (17) esta etapa será finalizada e os certificados de participação entregues.

Comentários Facebook

Cuiabá

Técnicos são capacitados para ajudar no trabalho de desinfecção de pontos de ônibus e unidades de saúde

Avatar

Publicado


.

Técnicos de borrifação da Unidade de Vigilância em Zoonoses ligada à Secretaria Municipal de Saúde passaram nesta sexta-feira (03), por um treinamento  em relação ao uso de Equipamento de Proteção Individual (EPI) e desinfecção de ambiente por agente biológico. O objetivo da capacitação será somar um maior número de agentes aptos a integrar juntamente com as equipes montada pela Secretaria de Serviços Urbanos um trabalho mais abrangente de desinfecção de pontos críticos na capital e nas unidades de saúde para evitar a propagação do Coronavírus.

Ao todo, oito técnicos passaram pelo treinamento que foi ministrado pelo Capitão do Corpo de Bombeiros Militar, Sabóia. A higienização, com o produto a base de cloro, tem se mostrado eficaz em outros centros urbanos que também adotaram essa medida.

A operação tem como prioridade o atendimento de espaços por onde fluxo de pessoas é maior. Nesse período em andamento, já foram atendidas as policlínicas do Pedra 90, Pascoal Ramos, Coxipó, Verdão, Posto de Saúde do Jardim Leblon, Hospital e Pronto Socorro Municipal de Cuiabá e Hospital Municipal de Cuiabá (HMC) — Dr. Leony Palma de Carvalho. 

Além das unidades de saúde, o trabalho alcançou ainda as praças Maria Taquara, Bispo Dom José, Ipiranga, Alencastro, bem como as estações e pontos de embarque e desembarque de passageiros instaladas nelas. A área frontal do Palácio Alencastro também recebeu a operação de higienização e desinfecção. 

 

Veja medidas já adotadas:

 

– Aulas em creches, escolas e CMEIs continuam suspensas de 06/04 até 10/05. Merenda continuará sendo fornecida para todos alunos em vulnerabilidade social da rede municipal de ensino. Alunos do ensino fundamental e EJA continuarão com acompanhamento pedagógico on-line. 

 

– Atendimentos nos CRAS, CREA, albergues/abrigos apenas de forma individual, suspensão de atividades coletivas de 06/04 até 10/05.

 

– Restaurante Popular funcionará exclusivo para entrega de marmitex para pessoas em situação de rua.

 

– Suspensão do passe livre estudantil, tarifa social e cartão melhor idade de 06/05 a 10/05.

 

– Ônibus circularão 30%, sendo 10% exclusivamente para os profissionais da rede de saúde pública e privada. Já outros 20% só para usuários de atividades essenciais.

 

– Empresas de ônibus deverão disponibilizar álcool em gel, higienização a cada ponto final e lotação máxima de 50% da capacidade.

 

– Prorrogado por 90 dias os prazos de vencimento da taxa de vistoria de veículos, taxa de ocupação de solo, lincenciamento e funcionamento , ISSQN fixo anual, a contar do dia 01/04.

 

– Home office para para servidores municipais de 06/04 a 10/05 (não se aplica a servidores da área fim da saúde, fiscalização e demais funções essenciais).

 

– Fica estabelecido o antigo Pronto-socorro como unidade de referência ao covid-19 e Upa Verdão será unidade de apoio aos hospitais no combate ao coronavírus.

 

– Suspensão das férias e licença prêmio dos servidors da área fim da saúde.

 

– Fechamento de estabelecimentos comerciais e de serviço de 06/04 a 21/04 (shopping center, restaurantes, bares, lanchonetes, academias, clubes e similares e feiras livres e exposições em geral).

 

– Não se aplica aos seguintes estabelecimentos: Hospitais, clinicas e consultórios médicos, clnicas veterinárias e odontológicas em situação de urgência e emergência, supermercados e congêneres (padarias, açougues, lojas de conveniência, vedado consumo no local), farmácias, laboratórios, funerárias, bancos, lotéricas, transporte de valores, distribuires de água e gás, segurança privada, serviços de táxi e aplicativo de transporte, lavanderias e higienização, materiais de construção, combustíveis, callcenter, transporte de cargas que possam acarretar desabastecimento, autopeças, borracharias e oficinas de manutenção e reparos mecânicos, construção civil sem atendimento ao público, agropecuárias com venda de insumos, medicamentos e produtos veterinários, pet shops mediante agendamento e transporte de animais, correios, compercio de produtos naturais, suplementos e fórmulas sem consumo no local, fábricas e lojas de bolo sem consumo no local, lojas de cosméticos, perfumaria e higiene pessoal, lava jatos exclusivamente para recepção e entrega dominicilar de veículo, empresas de controle de vetores e pragas.

 

– Igrejas e templos religiosos poderão manter suas portas abertas simbolicamente, vedada a celebração de cultos, missas e rituais coletivos.

 

– Os estabelecimentos deverão adotar medidas de controle de acesso e limitação de público de modo a evitar aglomerações e resguardar a distância mínima de 2 metros por cliente, bem como todas as recomendações preconizadas pelos órgãos de saúde. 

 

– Horário de atendimento de supermercados, mercearias, açougues e similares: segunda a domingo e feriados, das 8h às 19h. (padarias poderão funcionar das 06h às 19h).

 

– Uso obrigatório de máscaras e luvas aos funcionários que atendem o público.

 

– Disponibilização de álcool em gel 70% e/ou produtos similares de esterelização para os consumidores.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cuiabá

Empresário apoia decreto que restringe funcionamento do comércio e garante isolamento social de funcionários

Avatar

Publicado


.

Empresário cuiabano preocupado com a Covid-19 apoia a restrição de funcionamento do comércio na Capital para evitar a propagação da doença. O decreto municipal ampliando  medidas de prevenção foi anunciado no último final de semana. Após o anúncio, Anesio Kokura decidiu suspender o funcionamento da Padaria Moinho, tradicional em Cuiabá.  Há 20 anos no mercado a padaria ficará fechada a partir desta segunda-feira (6), até a onda de contaminação ser superada.

O empresário Anésio Kokura disse que apesar de todos os cuidados que vinham sendo tomados, inclusive com algumas medidas inéditas no Estado, se assustou ao perceber que a população não se conscientizou e não percebeu a gravidade da situação.  “Antes mesmo da orientação para o isolamento domiciliar no dia 23 de abril, nos já havíamos tomado a decisão de fechar o restaurante e a padaria, só permanecendo aberto o empório”, contou o empresário.

A fim de garantir a segurança dos clientes e dos cerca de 100 funcionários, a empresa passou a adotar medidas rigorosas de higienização, com a utilização de gás ozônio para desinfetar carrinhos, aparelhos para medição da temperatura de clientes e orientação para que fosse mantida a distância e controle de acesso e clientes. “Apesar de todos os cuidados percebemos que é impossível evitar a contaminação e garantir 100% da saúde dos nossos funcionários e clientes”, disse Kokura.

“Iremos garantir o isolamento social pelo tempo que for necessário. Sabemos que estamos em meio a uma grave crise econômica. Muitas pessoas perderão seus empregos, mas temos que evitar o contágio e o colapso da nossa saúde. Hoje, não existe uma pessoa no mundo que não esteja preocupado com um parente. Iremos honrar nossos compromissos com funcionários e fornecedores enquanto pudermos. É uma questão de empatia, humanidade e atitude”, disse ele.

Decreto

O novo decreto, de nº 7.868, ampliando a quarentena foi anúnciado no último sábado (04), consolidando medidas emergenciais e temporárias de prevenção ao contágio pelo novo coronavírus (covid-19).

O prefeito Emanuel Pinheiro disse que as medidas são orientadas por autoridades e especialistas da área de saúde, que preveem o pico da disseminação do novo coronavírus a partir de 10 de abril de 2020.

Entre as medidas anunciadas, o decreto permitiu a abertura dos supermercados nos feriados – obedecendo todas as medidas de higiene e segurança necessárias, no período de 06 a 21 de abril, com horário de atendimento ao público de segunda a domingo e feriados, das 08h às 19h. O decreto isentou também as padarias, que podem funcionar a partir das 6h até as 19h.

“Todas as medidas exigem sacrifícios e precisamos ter consciência do papel de cada um nessa crise. Sabemos que serão tempos difíceis, mas sabemos também da dedicação dos cuiabanos e da coragem do nosso povo. Juntos vamos reerguer a pujante economia do município”, disse o prefeito Emanuel Pinheiro.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana