conecte-se conosco


Cuiabá

Sofá, colchão, brinquedos e até vaso sanitário são retirados das margens do Rio Cuiabá

Avatar

Publicado

No último sábado (15), a Prefeitura de Cuiabá realizou um novo mutirão de limpeza no Rio Cuiabá. A ação foi executada na região do bairro Praeirinho e resultou na retirada de cerca de 20 toneladas de lixo. Para colocar em prática a força-tarefa, o Município contou com o apoio de parceiros como o grupo Teoria Verde, a empresa Locar Gestão de Resíduo, e ainda teve a participação de indígenas da etnia Xavante.

A grande operação deste fim de semana é uma sequência do trabalho efetuado no Rio Cuiabá, por meio da Bala Ecológica. Diariamente, o equipamento, que está em funcionamento desde o ano passado, percorre o trecho da Ponte Nova a comunidade São Gonçalo Beira Rio recolhendo todo material encontrado. Em janeiro deste ano, por exemplo, mais de 10 toneladas já haviam sido recolhidas pela Prefeitura.

“Estamos de mãos dadas nesse trabalho de recolhimento do lixo do Rio Cuiabá. Nós indígenas, buscamos a preservação da natureza. Então, estamos dando nossa contribuição nessa ação. Precisamos do Rio Cuiabá e toda a natureza. Ele é muito importante para nós e para todos os cuiabanos em geral. Por isso, precisamos preservá-lo e pedir para que não joguem lixo nele”, declara o líder Xavante, Roque Teronmhieiwe.

O coordenador do projeto municipal Disque Cidade Verde, Abel Nascimento, que esteve na ação deste sábado, destacou que, além da coleta regular de lixo domiciliar, a Prefeitura de Cuiabá oferece ao cidadão diversos programas para evitar o descarte irregular de resíduos. Além disso, reforçou que, ao jogar o lixo no rio, a população acaba se prejudicando de diversas maneiras.

“Queremos esclarecer a população que muito mais importante que fazer essa limpeza é não jogar o lixo no rio. Recolhemos nessa ação sofás, televisores, geladeira, brinquedos, vaso sanitário e todo tipo de material que representa um pedaço da destruição da nossa natureza. Oferecemos programas como o Cata-treco e Mutirão da Limpeza para evitar esse tipo de situação. Então, a população tem opções para não fazer o rio um grande depósito de lixo”, comenta Abel Nascimento.

Para o ambientalista e diretor do grupo Teoria Verde, Jean Peliciari, a parceria com a Prefeitura de Cuiabá potencializa os resultados das ações de limpeza. Apesar de lembrar que o problema não será resolvido pela atividade, ele acredita que o trabalho é uma forma de chamar a atenção das pessoas para os danos causados no meio ambiente por conta da destinação incorreta do lixo.

“A gente vê que a atual gestão deu muito mais liberdade para que a Secretaria de Serviços Urbanos pudesse realizar trabalhos voltados para o rio. No entanto, sabemos que uma cidade evoluída não é a que mais se limpa, mas sim a que menos se suja. Então é importante que a população tenha o conhecimento de que manter a cidade limpa é também nossa responsabilidade”, disse o ambientalista.

 

Comentários Facebook

Cuiabá

Sugestão de pauta – Prefeito de Cuiabá divulga medidas preventivas a disseminação do novo coronavírus

Avatar

Publicado


.

Gustavo Duarte

Clique para ampliar

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, anuncia na manhã de sábado  (4), às 9h, medidas preventivas a disseminação do Coronavírus. O pronunciamento será transmitido ao vivo por meio de redes sociais.

A Prefeitura de Cuiabá, pautada no cuidado com à população, vem adotando uma série de medidas drásticas para evitar que a propagação da infecção se alastre na capital. Já adotou ações como a criação de um comitê de enfrentamento ao Covid 19. Também já determinou a  suspensão das aulas na rede municipal, suspensão de reajuste de água e esgotamento sanitário, fechamento do comércio (à exceção de estabelecimentos citados no Decreto 7.851/2020), a proibição do corte de fornecimento de água por 60 dias,  limitação do Restaurante Popular a 50 pessoas por vez, suspensão do passe livre e da tarifa social de 23/03 a 05/04, suspensão do transporte público, higienização dos ônibus no ponto final de cada linha e disponibilização de álcool em gel nos terminais e estações e ainda a determinação para execução do home office para os servidores públicos, excetuando-se os profissionais da Saúde.

 

Serviço

A transmissão será realizada nas seguintes páginas;

Facebook/emanuelpinheiromt

Instagram/emanuelpinheiromt

Comentários Facebook
Continue lendo

Cuiabá

Idosos recebem máscaras produzidas pelo ateliê do Programa Siminina

Avatar

Publicado


.

Vicente Aquino

Clique para ampliar

As máscaras de proteção contra a COVID-19 produzidas pelo ateliê do Programa Siminina começaram a ser distribuídas, na quinta-feira (02), durante a 22ª Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza. Os primeiros beneficiados foram os idosos acamados que receberam a vacina em casa e compõe o grupo prioritário a partir dos 60 anos.  

De acordo com o Núcleo de Apoio à Primeira-dama, em parceria com a coordenação do Programa Siminina, a estratégia montada para a distribuição aos idosos foi utilizada durante a  campanha da Secretaria Municipal de Saúde, que disponibilizou  101 pontos diferentes para imunização para evitar aglomeração da população.

“Os idosos estão entre as prioridades que definimos e pensamos em utilizar a campanha de vacinação para que no ato de vacinação o idoso receba à máscara e também fique consciente da importância das medidas de higienização para evitar o contágio do coronavírus”, contou a primeira-dama Márcia Pinheiro.

No primeiro momento, o ateliê irá produzir 1.300 máscara que têm o público alvo direcionado aos idosos, moradores em situação de rua e aos profissionais da saúde, em caso de necessidade de falta Equipamento de Proteção Individual (EPI). Entretanto, desde a segunda-feira (30), o Núcleo de Apoio à Primeira-dama têm recebido doações de tecidos e materiais que irão gerar mais de 3.500 máscaras, segundo a estimativa do ateliê.

Além da doação de materiais, a campanha também têm recebido diversos voluntários dispostos em contribuir com a confecção das máscaras como o caso da costureira, de 62 anos, Solange Maria. A proprietária do ateliê que leva se nome soube da campanha pelas redes sociais e se interessou em participar da ação qual também serviu para ocupar o tempo, uma vez que, ela integra o grupo de risco e deve permanecer em isolamento social.

“Como tenho o ateliê em casa para mim foi tranquilo, como não tinha encomenda resolvi ajudar na confecção das máscaras. E para mim está sendo ótimo. Mandei mensagem para falando que gostaria de ajudar e agora estou aqui costurando. O tempo passa rápido. É divertido”, disse ao afirmar que entregará cerca de 800 máscaras à campanha.

A produção das máscaras faz parte do conjunto de ações que o Núcleo de Apoio à primeira-dama tem preparado nesse momento de crise: a campanha da hastag #cuiabasolidaria.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana