conecte-se conosco


Cuiabá

Prefeitura de Cuiabá homenageia líderes de comunidade em entrega de duas novas praças

Avatar

Publicado

A população do bairro Cohab Nova, situado na região Oeste de Capital, ganhou dois novos espaços de lazer. Na noite da última quinta-feira (13), o prefeito Emanuel Pinheiro entregou as novas praças que homenageiam duas lideranças comunitárias, José Messias Fernandes de Oliveira e Perolina de Oliveira. As áreas estão localizadas na Avenida Cuiabá e foram completamente transformadas, por meio de um trabalho coordenado pelas secretarias de Serviços Urbanos e Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano.

“Um bairro de gente humilde, gente boa, que ajudou a escrever a história dos 300 anos de Cuiabá. Uma das mais tradicionais da nossa cidade e que merece o olhar carinhosos da gestão e um prefeito presente, que valoriza a região e entrega equipamentos para o bem-estar da população, como este que estamos entregando hoje. Que leva o nome de dois heróis anônimos, de pessoas da comunidade, que contribuíram para o desenvolvimento da comunidade e que merecem o nosso reconhecimento”, declarou o prefeito de Cuiabá.

Emocionada, a filha do homenageado agradeceu a gestão pelo reconhecimento do trabalho do pai pela comunidade. “Em 1998, meu pai, junto com a comunidade e o ex-vereador Profeta, deu início a essa construção e isso, depois de 22 anos, está sendo concretizado. Nós da família Fernandes agradecemos esta oportunidade de homenagear meu pai, muito obrigada”, disse Selma Fernandes.

O primeiro espaço foi construído no entroncamento da avenida com as ruas Torixoréu e Jaraguari. No local, além da construção de todo calçamento, foi realizado também os trabalhos de pintura, arborização, instalação de bancos, lixeiras, iluminação de LED e uma academia ao ar livre.

“Quero agradecer pelo olhar carinhoso com a nossa comunidade, por ver as nossas necessidades básicas. Nós passamos alguns anos esquecidos e somos muito gratos por esse belíssimo trabalho”, agradeceu em nome da associação de moradores o presidente do bairro Cohab Nova, Paulo José Siqueira Ribeiro.

A segunda praça, no cruzamento com a Rua Itiquira, recebeu os mesmo equipamentos, com exceção da academia ao ar livre, que deu lugar a um playground. “Mais uma entrega em parceria, quero agradecer aos servidores da Secretaria de Serviços Urbanos e também ao companheiro secretário Juares Samaniego e a todos que contribuíram direta e indiretamente para a execução de mais esta missão dada pelo prefeito Emanuel Pinheiro. Parabéns ao Cohab Nova que agora tem dois espaços de recreação e que vai trazer mais qualidade de vida para a comunidade”, apontou o secretário de Serviços Urbanos, José Roberto Stopa.

A Prefeitura de Cuiabá tem expandido esses espaços ao longo da Capital, alcançando pessoas que outrora se viam excluídas desse tipo de benefício. Desde sua implantação, em 2017, esse trabalho já alcançou todas as regiões da cidade, com a construção e revitalização de praças ou parques municipais. O planejamento do prefeito Emanuel Pinheiro é entregar, até dezembro de 2020, uma praça por semana. 

Estiveram presentes na cerimônia de entrega o vereador Misael Galvão, o deputado estadual Paulo Araújo, o secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano Juares Samaniego, o vereador Dr. Xavier, o vereador Macrean Santos e o administrador da região Oeste Adelson Rosa.

Comentários Facebook

Cuiabá

Defesa Civil monitora o volume de chuva em Cuiabá

Avatar

Publicado


A Defesa Civil, ligada à Secretaria Municipal de Ordem Pública, realiza o monitoramento do volume de chuva registrado na Capital. O mais recente levantamento aponta que até a data de hoje (27), o acumulado chegou a 243 milímetros (mm), o que representa um acréscimo de 15% se comparado ao mesmo período do ano passado. A média histórica, para fevereiro nos últimos dez anos, é de 210 milímetros.

Com base nos dados já coletados, estima-se que até o último dia do mês de fevereiro, o acumulado deverá aumentar ainda mais, entre  10 e 15 mm, do total de volume já registrado. Segundo o coordenador operacional da Defesa Civil Municipal, tenente-coronel Paulo Selva, a média esperada para o mês de março é um pouco menor, com a previsão de 170 milímetros, mas o trabalho de monitoramento terá continuidade. “A Defesa Civil está trabalhando ainda, com uma situação de normalidade, embora em alguns pontos da cidade tenhamos áreas mais propensas a alagamentos”.

Considerando o volume já registrado desde o início do ano e como medida preventiva, a Defesa Civil estuda implementar o trabalho já desenvolvido com a efetivação de equipes plantonistas para o período noturno e finais de semana. Caberá aos profissionais, juntamente com as equipes do Corpo de Bombeiros, o desenvolvimento de um trabalho suplementar considerando as situações decorrentes de intempéries, como deslizamentos e desabamentos. O coordenador ainda orienta ainda à população que se mantenha alerta ao menor sinal de incidentes. Pede ainda que o socorro (por meio do canal de emergência 193) seja acionado.

“É essencial que diante de uma situação de iminente perigo as pessoas mantenham a calma, procurem locais seguros e acionem os órgãos competentes para o devido socorro. Evite se locomover pelas enxurradas, não se abrigue ou estacione debaixo de árvores, e também não utilize equipamentos elétricos no caso de eles estarem molhados ou em locais úmidos, por causa das descargas elétricas. Isso são alguns cuidados que protegem à vida diante de uma tempestade,” orienta.

Serviço:

As pessoas que se encontrarem expostas às situações de risco e precisarem de resgate devem acionar, em  primeiro contato, o setor de urgência e emergência do Corpo de Bombeiro pelo número 193. Em casos de possíveis desmoronamentos, rachaduras, entre outros, a população pode acionar a Defesa Civil pelo número (65) 3623-9633.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cuiabá

Defesa Civil monitora o volume de chuvas em Cuiabá

Avatar

Publicado


A Defesa Civil, ligada à Secretaria Municipal de Ordem Pública, realiza o monitoramento do volume de chuva registrado na Capital. O mais recente levantamento aponta que até a data de hoje (27), o acumulado chegou a 243 milímetros (mm), o que representa um acréscimo de 15% se comparado ao mesmo período do ano passado. A média histórica, para fevereiro nos últimos dez anos, é de 210 milímetros.

Com base nos dados já coletados, estima-se que até o último dia do mês de fevereiro, o acumulado deverá aumentar ainda mais, entre  10 e 15 mm, do total de volume já registrado. Segundo o coordenador operacional da Defesa Civil Municipal, tenente-coronel Paulo Selva, a média esperada para o mês de março é um pouco menor, com a previsão de 170 milímetros, mas o trabalho de monitoramento terá continuidade. “A Defesa Civil está trabalhando ainda, com uma situação de normalidade, embora em alguns pontos da cidade tenhamos áreas mais propensas a alagamentos”.

Considerando o volume já registrado desde o início do ano e como medida preventiva, a Defesa Civil estuda implementar o trabalho já desenvolvido com a efetivação de equipes plantonistas para o período noturno e finais de semana. Caberá aos profissionais, juntamente com as equipes do Corpo de Bombeiros, o desenvolvimento de um trabalho suplementar considerando as situações decorrentes de intempéries, como deslizamentos e desabamentos. O coordenador ainda orienta ainda à população que se mantenha alerta ao menor sinal de incidentes. Pede ainda que o socorro (por meio do canal de emergência 193) seja acionado.

“É essencial que diante de uma situação de iminente perigo as pessoas mantenham a calma, procurem locais seguros e acionem os órgãos competentes para o devido socorro. Evite se locomover pelas enxurradas, não se abrigue ou estacione debaixo de árvores, e também não utilize equipamentos elétricos no caso de eles estarem molhados ou em locais úmidos, por causa das descargas elétricas. Isso são alguns cuidados que protegem à vida diante de uma tempestade,” orienta.

Serviço:

As pessoas que se encontrarem expostas às situações de risco e precisarem de resgate devem acionar, em  primeiro contato, o setor de urgência e emergência do Corpo de Bombeiro pelo número 193. Em casos de possíveis desmoronamentos, rachaduras, entre outros, a população pode acionar a Defesa Civil pelo número (65) 3623-9633.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana