conecte-se conosco


Mato Grosso

Cursos gratuitos oferecem capacitação em direitos do consumidor e educação financeira

Avatar

Publicado

Já ficou com dúvidas sobre informações relacionadas ao Direito do Consumidor? Ou se sentiu lesado e não sabia qual atitude tomar? Para ajudar nessas situações, a Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) disponibiliza cursos online voltados para a Política Nacional das Relações de Consumo. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas aqui até março.

Ao todo são 12 capacitações, sendo que parte é aberta ao público e outra parte é destinada a servidores, empresas e gestores públicos da área. Independentemente disso, é a oportunidade de agregar conhecimento sobre Direitos do Consumidor e, assim, participar ativamente na proteção e defesa desses direitos, além de melhorar a atuação enquanto profissional.

Cada curso possui carga horária, público alvo e período de realização diferentes, por isso é preciso ficar atento aos pré requisitos que constam nos editais. Entre as exigências mínimas estão: ter a partir de 16 anos; computador com acesso à internet; e compromisso com a carga horária, devendo cumprir ao menos 75% das horas para ter direito à certificação.

Pelo site www.defesadoconsumidor.gov.br é possível conferir as informações sobre todos os cursos. 

Confira as opções

Introdução à defesa do consumidor 

Planos de saúde e relações de consumo 

Oferta e publicidade

Educação Financeira para Consumidores 1: Planejar para realizar sonhos

Educação Financeira para Consumidores 2: Dominando emoções e criando novos hábitos

Educação Financeira para Consumidores 3: Inteligência financeira – saia do sufoco 

Princípios e direitos básicos do CDC

Vigilância Sanitária e Defesa do Consumidor

Consumo, seguro e saúde 

– Consumidor.gov.br – Módulos voltados para os órgãos gestores, empresas e órgãos de monitoramento.

Inscrições 

– Não serão consideradas as solicitações de inscrição realizadas: fora do período determinado ou por candidatos com menos de 16 anos;

– O simples preenchimento da ficha de inscrição não garante a inscrição no curso;

– Uma vez selecionado para a realização do curso, será facultada ao aluno a possibilidade de solicitar desistência até o 7º dia após o início do curso, sob pena de ser considerado evadido.

Certificação 

– Ao final do curso, uma declaração de conclusão será disponibilizada no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) somente aos alunos que tiverem respondido a todos os questionários disponibilizados no curso e  obtiverem, no mínimo, 50% dos pontos disponíveis.

– O certificado, em versão digital, será emitido e encaminhado para o cursista que obtiver aprovação no curso.

Comentários Facebook

Mato Grosso

Auditora da CGE ministra palestra sobre despertar pessoas e fortalecer organizações

Avatar

Publicado


A auditora da Controladoria Geral do Estado (CGE-MT), Cristiane Laura de Souza, proferiu, esta semana, a palestra “Fortalecer – Despertando Pessoas e Fortalecendo Organizações”, para servidores da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag-MT).

Solicitada pela Coordenadoria de Aplicação e Desenvolvimento da Seplag, a apresentação teve como objetivo provocar nos servidores uma percepção mais humana sobre si mesmos e em relação à rotina de trabalho, buscando contribuir para o despertar e o aprimoramento de suas capacidades e competências, resultando no fortalecimento organizacional no serviço público.

De acordo com a palestrante, especialista em Programação Neurolinguística (PNL), muitos potenciais ficam submersos em modelos mentais e crenças limitantes que atrapalham, no caso, o servidor de permitir olhar uma situação problemática de forma desafiadora e usar plenamente seus conhecimentos e habilidades para obter resultados satisfatórios para a administração estadual.

A auditora desafiou cada um dos participantes a refletir sobre diversas questões, tanto pessoais como laborais, a exemplo de: se vibra diante de um desafio ou gosta do que faz; a pensar quais são as principais competências e habilidades e como isso reflete no cotidiano do trabalho.

“O que me move é o desafio. Temos que estar abertos aos desafios, ter entusiasmo, vibrar com o que fazemos e queremos”, destacou a palestrante.  

Segundo ela, é primordial a sinergia no ambiente de trabalho. “Todos envolvidos na sinergia para realizar plenamente nossas capacidades e alcançar o fortalecimento organizacional no nosso setor, na nossa instituição”, argumentou.

Para a palestrante, nesse despertar de sentidos e consciência, é importante a valorização da diversidade de conhecimentos e habilidades. “Muitos acreditam que dentro de uma equipe todos temos que possuir o mesmo conhecimento quando, na realidade, isso é um equívoco.  Um trabalho em equipe constitui as aptidões e capacidades de pessoas diversas e essas diferenças precisam ser trabalhadas e valorizadas”, finalizou. 

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Obras na ZPE em Cáceres recomeçam nesta quinta-feira (27)

Avatar

Publicado


As obras na Zona de Processamento de Exportação (ZPE) de Mato Grosso, localizada em Cáceres (218 km de Cuiabá), estão sendo reiniciadas nesta quinta-feira (27.02) com a assinatura da ordem de serviço pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra).

O orçamento é de R$ 15,4 milhões, oriundo da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec), por meio do Fundo de Desenvolvimento Industrial e Comercial de Mato Grosso (Fundeic).

O governador Mauro Mendes determinou no início do mês que os trabalhos fossem retomados imediatamente. “A ZPE foi criada há mais de 30 anos e até agora muito pouco ou quase nada foi feito. Ela é em Cáceres, mas é de Mato Grosso e será importante para que possamos ter mais competitividade nas exportações do nosso Estado”, frisou Mendes em reunião em fevereiro com representantes do Conselho Nacional das ZPEs.

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico, César Miranda, a ZPE atrairá investimentos para Mato Grosso, pois tem vantagens competitivas para indústrias. “Há uma série de facilidades como isenção de alguns impostos federais e também a questão do trâmite dentro da alfândega. Por exemplo, cada operação de exportação é um processo dentro da Receita Federal. Estando dentro de uma zona alfandegada, é uma única autorização e tramita sem burocracia”, explicou.

A empresa vencedora da licitação, Primus Incorporação e Construção Ltda, cujo contrato foi retomado com o Governo do Estado por orientação da Procuradoria Geral do Estado (PGE), terá um prazo de 15 meses para sua conclusão.

De acordo com o secretário de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira e Silva, o projeto para a retomada da ZPE teve de passar por readequações, especialmente para atender as exigências específicas da Receita Federal.

Foram feitos ajustes no projeto de pavimentação e drenagem, que passam a ter uma nova concepção. Já o projeto de estrutura foi todo reanalisado, uma vez que ele foi feito em 2013 e desde então aconteceram mudanças de normas, sendo necessárias atualizações.

A nova diretoria executiva da Administração da Zona de Processamento de Exportação (Azpec) foi eleita no dia 19 de fevereiro e está elaborando um projeto de viabilidade para a ZPE e também uma política de atração de investidores para a região. A legislação vigente estabelece que 80% do que as indústrias produzirem no local poderá ser exportado e 20% ficar no mercado interno.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana