conecte-se conosco


APROSOJA

Conclusão BR163: frete já teve redução de 26% em MT

Avatar

Publicado

Política Agrícola e Logística

Conclusão BR163: frete já teve redução de 26% em MT

Um marco para o agronegócio brasileiro, diz entidade

Dnit

14/02/2020

O transporte de grãos em Mato Grosso está cerca de 26% mais barato após a conclusão total da pavimentação da BR-163, que liga o Norte do Estado ao porto de Miritituba, no Pará. A informação é da Associação dos Produtores de Soja e Milho estadual (Aprosoja-MT), por meio do Movimento Pró-Logística. Obra foi concluída no final do ano passado e será inaugurada nesta sexta-feira (14.02).

Conforme explica o diretor executivo do Movimento Pró-Logística, Edeon Vaz, em 2019 Mato Grosso transportou dez milhões de toneladas de grãos somente pela BR-163, o que gerou prejuízo de aproximadamente R$ 600 milhões aos produtores rurais, devido as más condições de trafegabilidade da rodovia.

“A pavimentação é de grande importância ao setor produtivo de Mato Grosso. É fundamental para garantir a rentabilidade do produtor rural. Essa vitória se deve também ao trabalho de dez anos do Movimento Pró-Logística. No ano passado os produtores tiveram prejuízos devido as péssimas condições da rodovia. Este ano, a previsão é transportar 13 milhões de toneladas e estima-se uma economia de R$ 780 milhões de reais”, afirmou Vaz.

Presidente da Aprosoja Mato Grosso e vice-presidente da Associação Brasileira dos Produtores de Soja (Aprosoja Brasil), Antonio Galvan, afirmou que a pavimentação total da BR-163 é um marco para o agronegócio brasileiro. Além disso, Galvan lembrou que é uma obra que beneficiará toda sociedade.

“Conclusão da BR-163 é um marco para o agro, que sonhamos por muitos anos. Com certeza todos ganharão. Nós produtores com a redução do frete, o transportador que não vai ter mais a preocupação de ficar na estrada, de parar no meio do caminho atolado. Eles vão ganhar mais porque o caminhão realmente vai poder produzir. E a sociedade como um todo também ganha. Quem anda de ônibus, moto, carro ou bicicleta vai poder ir e vir com mais qualidade. BR-163, alegria de todos e ganho para o país”, enfatizou o presidente.

Produtores rurais mato-grossenses já comemoram a mudança de comportamento na logística do Estado. Presidente do Sindicato Rural e produtor de Sorriso, Tiago Stefanello, disse que a conclusão da BR-163 é especial para Região Norte de Mato Grosso, pois garante mais competitividade aos produtores. “Agora nós temos os portos com mais fácil acesso, mais segurança aos caminhoneiros e produtores que transportam sua safra. Temos que dar parabéns a esse governo e a Aprosoja pela luta incansável pela conclusão da BR”, pontuou.

Já a produtora de Lucas do Rio Verde, Denise Hasse, a estrutura une pontas importantes em Mato Grosso e Pará. “Parabenizo todos envolvidos por honrarem essa promessa feita em 2019”, pontuou.

Para o diretor administrativo da Aprosoja e produtor de Nova Mutum, Lucas Costa Beber, a pavimentação total da BR-163 é um ato de respeito com os produtores de alimento e caminhoneiros do país. “Significa mais desenvolvimento em Mato Grosso. Hoje sabemos que um dos maiores desafios dos produtores é a logística e o frete, mas hoje sabemos que a rentabilidade do produtor irá melhorar após essa solução. Agradeço o presidente Jair Bolsonaro e o ministro Tarcísio Gomes por mostrar que com seriedade e honestidade tudo pode ser feito no nosso país”, disse.

Inauguração – A pavimentação total da BR-163 será inaugurada nesta sexta-feira, com a presença do presidente da República, Jair Bolsonaro, Ministro de Infraestrutura, Tarcísio Gomes, e autoridades de Mato Grosso e Pará. Presidente da Aprosoja-MT também acompanhará a entrega dos serviços.

A cerimônia ocorrerá às 14h, no Km 102, o chamado “Marco Zero” da rodovia, onde se encontraram, em 1970, o 8º Batalhão de Engenharia e Construção do Exército, que tocou a obra a partir de Santarém (PA), e o 9º Batalhão, responsável pelo trecho a partir de Cuiabá (MT).

Fonte: Ascom Aprosoja

Assessoria de Comunicação

Contatos: Telefone: 65 3644-4215 Email: [email protected]

Comentários Facebook

APROSOJA

Aprosoja promove evento sobre fungicidas biológicos no combate da ferrugem asiática

Avatar

Publicado

Defesa Agrícola

Aprosoja promove evento sobre fungicidas biológicos no combate da ferrugem asiática

vento será realizado na próxima quarta-feira (26.02)

22/02/2020

O uso de fungicidas biológicos e com multissítios (não químicos) para o combate da ferrugem asiática na produção de grãos no Brasil, será tema de encontro promovido pela Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja-MT). O evento será realizado na próxima quarta-feira (26.02), às 13h, na sede da entidade e contará com a presença de produtores rurais, especialistas no assunto e órgãos de controle estaduais e federais. 
 
Pesquisa sobre o uso desses insumos não químicos foi realizada no ano passado pela Fundação Rio Verde e Instituto Agris e será apresentada durante o encontro. O estudo mostra análise comparativa entre os plantios de dezembro e fevereiro, a viabilidade do cultivo em fevereiro e, principalmente, a significativa redução da aplicação de fungicidas químicos no plantio realizado nesse período. E apresenta também, dados sobre melhor eficiência no controle de ferrugem asiática com uso de fungicidas biológicos, proporcionando ainda mais sustentabilidade na produção.
 
Além dos técnicos da Aprosoja Mato Grosso e produtores que plantaram soja em fevereiro, estarão presentes outros três especialistas no tema, o professor doutor Erlei Melo Reis, Rogério Viana e Cassiano Seraguci. Também foram convidados para o encontro o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Ministério Público do Estado de Mato Grosso (MPMT), Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Casa Civil, Secretaria de Estado de Desenvolvimento (Sedec), e Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema). 
 
“Nossa intensão é mostrar para todos os órgãos de controle, bem como para a sociedade que a Aprosoja se preocupa com a sustentabilidade dentro das propriedades, que estamos preocupados e queremos a diminuição de insumos químicos na nossa produção, e que é possível produzir e ao mesmo tempo defender nossa produção com uso de biológicos. É importante que todos participem e conheçam os estudos que propõe essas mudanças”, explicou o produtor rural e presidente da Aprosoja, Antonio Galvan.

Fonte: Ascom Aprosoja

Assessoria de Comunicação

Contatos: Telefone: 65 3644-4215 Email: [email protected]

Comentários Facebook
Continue lendo

APROSOJA

STF adia decisão sobre alteração do Convênio 100

Avatar

Publicado

Defesa Agrícola

STF adia decisão sobre alteração do Convênio 100

Na soja o impacto anual de R$ 8 bilhões no custo aos produtores

19/02/2020

O Supremo Tribunal Federal (STF) adiou o julgamento da ação do PSOL, que contesta as isenções de impostos federais e estaduais para agrotóxicos, previsto no Convênio 100. A sessão estava marcada para esta quarta-feira (19.02) e a nova data está prevista para abril.

O benefício fiscal isenta da cobrança de IPI de 24 substâncias e reduz em 60% o ICMS nas operações interestaduais envolvendo 15 tipos de defensivos agrícolas. De acordo com o Ministério da Agricultura, o aumento dos custos de produção pode gerar um impacto de R$ 12 bilhões por ano aos produtores.

A Associação Brasileira dos Produtores de Soja (Aprosoja Brasil) (é amicus curiae), é parte interessada nesta ação, e já fez aporte de informações aos magistrados mostrando que, no caso da soja, haverá um impacto anual de R$ 8 bilhões no custo aos produtores.

Vice-presidente da Aprosoja Brasil e presidente da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja), Antonio Galvan comemora a mudança do julgamento. “Felizmente o Supremo transferiu o julgamento para outra data, ainda não informada. Teremos mais tempo para subsidiar a corte com informações sobre os impactos negativos gerados com a mudança no Convênio 100. Com certeza em algum momento isso será transferido ao consumidor final, chegará às gôndolas dos supermercados. Estamos confiantes que os ministros do STF entenderão a importância do Convênio 100”, afirmou.

 

Com Ascom Aprosoja Brasil

Fonte: Ascom Aprosoja

Assessoria de Comunicação

Contatos: Telefone: 65 3644-4215 Email: [email protected]

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana