conecte-se conosco


Esportes

Com time renovado, Cruzeiro sofre mas segue na Copa do Brasil

Avatar

Publicado

Em “reconstrução”, termo usado pelo próprio clube após o inédito rebaixamento para a Série B e em meio a uma crise financeira, o Cruzeiro ganhou um pequeno reforço financeiro ao garantir R$ 1,25 milhão com a classificação à segunda fase da Copa do Brasil. Mas como dinheiro não costuma vir com facilidade, a Raposa sofreu, nesta quinta-feira (13), para segurar o empate de 2 a 2 com o São Raimundo (RR) em Boa Vista e ficar com a vaga pela vantagem do empate, já que está em posição melhor que o rival no ranking de clube da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

O time que foi a campo na capital de Roraima é um esboço dessa “reconstrução” cruzeirense, com seis titulares abaixo dos 21 anos em meio a experientes que permaneceram no clube após a queda de 2019, como Fábio, Edílson e Léo. A equipe desperdiçou chances e saiu atrás no placar: Veracruz marcou para o São Raimundo. Edu, apenas no segundo jogo como profissional do Cruzeiro, deixou tudo igual, e Alexandre Jesus, logo no início da etapa final, virou o marcador. Mas o São Raimundo empatou com Stanley e, faltando 13 minutos para o término do jogo, Edu, o mesmo do primeiro gol cruzeirense, foi expulso. A partida ficou tensa, a ponto de dois jogadores do time celeste (Edílson e Arthur) discutirem de forma áspera já nos acréscimos. Mas os mineiros seguraram os nervos e a pressão adversária para saírem com a classificação.

O técnico Adilson Batista  não saiu muito satisfeito com o que presenciou em Boa Vista. “Muita ligação direta, um jogo muito faltoso, de bolas paradas. Claro, eu fico contente com a classificação, mas é um jogo para se esquecer. Não jogamos com o regulamento debaixo do braço. Eles estavam fazendo ligação e nós tendo dificuldades. Quando coloquei no segundo tempo o Judivan, melhoramos e tivemos chances de fazer o segundo, terceiro.  Quando você coloca time ofensivo e não consegue, às vezes tem de ter humildade de entender o que o campo está proporcionando”, disse em entrevista coletiva.

Na próxima etapa, o Cruzeiro terá pela frente outro time mineiro: o Boa Esporte, em Varginha (MG). Ao contrário da primeira fase, se a partida terminar empatada, a decisão será nos pênaltis.

Nos demais confrontos de quinta-feira (13), o Afogados (PE) venceu o Atlético (AC) por 3 a 0 e enfrentará o Atlético (MG) na segunda fase. Quem também se classificou jogando em casa foi a Ferroviária de Araraquara, que fez 2 a 0 no Avaí e agora terá pela frente o Águia Negra (MS). Já a Ponte Preta foi ao Rio Grande do Sul e superou o Novo Hamburgo por 2 a 1 — a Macaca medirá forças com o Vila Nova.

Edição: Sergio du Bocage

Comentários Facebook

Esportes

Washington Redskins anuncia que vai mudar de nome

Avatar

Publicado


.

Uma das maiores franquias da Liga de Futebol Americano nos Estados Unidos (NFL, na sigla em inglês) vai mudar de nome. Em comunicado oficial, o Washington Redskins anunciou nesta segunda-feira (13) que vai mudar o nome e o escudo após uma revisão completa da marca.

A possível mudança de nome do Washington Redskins não é novidade. Há décadas que ativistas fazem campanha contra o que se considera uma perpetuação de estereótipos negativos dos povos nativos da América do Norte. O argumento é que Redskins (peles vermelhas, em tradução livre) traz conotação preconceituosa e remete à época de extermínio de indígenas por mercenários.

A pressão para a mudança aumentou muito nos últimos dias, principalmente após a morte de George Floyd. A FedEx, principal patrocinadora dos Redskins, teria exigido a mudança do nome e do logotipo. Outras patrocinadoras, como Pepsi e Nike, também estariam pressionando a franquia.

Em 2013, o presidente do Washington Redskins, Dan Snyder, chegou a afirmar que nunca mudaria o nome do time. Porém, o comunicado desta segunda-feira (13) confirmou a alteração.

“Em 3 de julho, anunciamos o início de uma revisão completa do nome desta equipe. Como parte desse processo, queremos manter nossos patrocinadores, fãs e comunidade informados de nosso pensamento à medida que avançamos. Hoje, anunciamos que retiraremos o nome e o logotipo dos Redskins após a conclusão desta revisão. Dan Snyder e o técnico Rivera [Ron Rivera, técnico da equipe] estão trabalhando em estreita colaboração para desenvolver uma nova abordagem de nome e design que vai melhorar nosso orgulho e tradição da nossa rica franquia e vai inspirar nossos patrocinadores, fãs e comunidade pelos próximos 100 anos”.

A franquia nasceu em 1932, na cidade de Boston (Massachusetts) com o nome de Boston Braves. No ano seguinte, passou para Boston Redskins. Em 1937, a equipe se mudou para Washington e, desde então, passou a adotar o nome Washington Redskins.

Edição: Fábio Lisboa

Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Mundial por equipes de tênis de mesa é confirmado para início de 2021

Avatar

Publicado


.

A Federação Internacional de Tênis de Mesa (ITTF, na sigla em inglês) anunciou que o Campeonato Mundial por equipes da modalidade será disputado entre 28 de fevereiro e 7 de março do ano que vem em Busan (Coreia do Sul). A competição teve a data definida após ser adiada duas vezes, por causa da pandemia do novo coronavírus (covid-19).

Inicialmente, o Mundial ocorreria entre 22 e 29 de março, mas teve que ser remarcado para o período de 21 a 28 de junho. Como a situação da pandemia não se normalizou no mundo, a ITTF adiou o evento para 2021, deixando a decisão sobre a data para a reunião do Comitê Executivo da entidade, realizada na última sexta (10).

Para a sequência da temporada, a federação admite, em nota oficial, a probabilidade cada vez menor de realizar eventos internacionais em 2020 e que priorizará torneios regionais, adequados às restrições de viagem impostas pela pandemia. As competições, segundo a ITTF, serão disputadas em bolhas, com isolamento de locais e pessoas envolvidas.

O último Mundial foi disputado em Halmstad (Suécia) em 2018. A seleção masculina, atualmente a sexta do ranking da ITTF, chegou às quartas de final, caindo para a vice-campeã Alemanha. Já a feminina, 25ª do mundo, foi superada na primeira fase. As duas equipes estão classificadas para a Olimpíada de Tóquio (Japão), que também será no ano que vem.

O tênis de mesa do país vive o melhor momento na modalidade, com seis atletas entre os 100 melhores do mundo. Entre os homens, ocupam o top 100: Hugo Calderano (6º), Gustavo Tsuboi (44º), Vitor Ishiy (58º), Thiago Monteiro (84º) e Eric Jouti (88º). Bruna Takahashi, por sua vez, é a 47ª do ranking mundial feminino.

Edição: Fábio Lisboa

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana