conecte-se conosco


Carros

Cotado para o Brasil, VW ID.4 será mostrado pela primeira vez em abril

Avatar

Publicado

source
VW ID Crozz arrow-options
Divulgação

VW ID Crozz: protótipo servirá de base para o SUV ID.4, que tem mais de 300 cv, soma da potência dos dois motores elétricos

A Volkswagen ainda segue cautelosa com os carros elétricos e híbridos no Brasil. Por enquanto, certo mesmo é que a marca alguns lançamentos desses segmentos no País até 2023, como a própria fabricante já chegou a declarar.

LEIA MAIS: Toyota Corolla Hybrid x VW Golf GTE: uma briga eletrizante

Hoje, apenas o Golf GTE da sétima geração roda no País. Mas há mais novidades por aí e uma delas deverá ser o SUV elétrico VW ID.4 , que será mostrado pela primeira vez no Salão de Nova York (EUA), entre 9 e 19 de abril, conforme o site inglês Autocar .

Além do evento nova-iorquino, o ID.4 também tem grandes chances de ser mostrado no Salão do Automóvel, no São Paulo Expo, que acontece entre 12 e 22 de novembro. Numa rápida declaração para a imprensa, durante o lançamento do VW Polo GTS, o presidente da Volkswagen para a América Latina, Pablo Di Si, chegou a dizer apenas que o elétrico ID.3 é muito baixo para ser vendido no Brasil e que o SUV ID.4 seria mais adequado.

VW Passat GTE arrow-options
Divulgação

VW Passat GTE foi renovado no segundo semestre de 2019 é logo deve ser lançado no Brasil, provavelmente em 2020

 Mas antes do SUV ID.4, a VW do Brasil deverá trazer o Passat GTE, que também está cotado entre os seis híbridos e elétricos que a marca terá no País dentro dos próximos três anos. O carro foi renovado no início do segundo semestre de 2019 e já foi visto nas imediações da fábrica da Volkswagen em São Bernardo do Campo (SP).

O Passat GTE vem com o mesmo conjunto do Golf GTE, mas um pouco mais potente. São 156 cv do motor 1.4 turbo, a gasolina, que funciona com o elétrico, de 115 cv, somando 217 cv ao todo. Apenas rodando com eletricidade, o carro pode rodar 56 quilômetros.

LEIA MAIS: Carros elétricos e híbridos da VW entrarão no lugar dos a combustão, em 2026

Perguntamos sobre o novo Golf GTE, da oitava geração, aos executivos da Volkswagen, que disseram apenas que não há previsão da chegada do carro ao Brasil. Mas tudo indica que vão poder dizer algo sobre o assunto Golf assim que forem vendidas todas as 99 unidades do GTE da sétima geração, que foram trazidas do México.

Voltando ao VW ID.4

VW ID Crozz arrow-options
Divulgação

Novo SUV elétrico será um carro estratégico para a marca alemã em alguns mercados, entre os quais o americano

O SUV elétrico da VW terá muito da versão conceitual, o ID Crozz , inclusive as dimensões. O carro deverá contar com 4,63 metros de comprimento por 1,89 m de largura, 1,61 m de altura e 2,77 m de entre-eixos. Feito sobre a nova plataforma MEB, conta com dois motores elétricos, um em cada eixo, somando 302 cv.

A boa estabilidade e o desempenho deverão estar entre as principais qualidade do SUV elétrico, que tem distribuição de peso entre os eixos de 48% na dianteira e 52% na traseira. Pelo o que se sabe até agora, o carro terá 180 km/h como velocidade máxima, mas com grande poder de aceleração.

LEIA MAIS: Nova plataforma equipará todo o tipo de Volkswagen elétrico e reduzirá custos

Depois do VW ID.4 , a Volkswagen vai mostrar o ID.5, que será um SUV elétrico com ares de cupê, assim como acontece com a dupla T-Cross e Nivus, o novo modelo que será lançado no Brasil ainda no primeiro semestre de 2020.

Fonte: IG Carros
Comentários Facebook

Carros

General Motors confirma o fim da fabricante australiana Holden

Avatar

Publicado

source
General Motors arrow-options
Divulgação

Parceira da General Motors desde a década de 30, Holden encerrará suas operações na Austrália, Nova Zelândia e Tailândia até o fim do ano

Em mais um passo no processo de reestruturação global, a General Motors anunciou que fechará a marca Holden na Austrália, Tailândia e Nova Zelândia, encerrando as operações nos países. A GM ainda terá o compromisso de abastecer os mercados com peças e serviços de manutenção até o fim da década.

LEIA MAIS: FCA e PSA anunciam acordo de fusão; confira os detalhes

Estima-se que 600 funcionários perderão o emprego no encerramento da Holden na Oceania. Em Detroit (EUA), Mary Barra, chefe-executiva da GM Global, afirma que fechar a representante no continente é uma decisão difícil, porém correta. 

Mark Reuss, presidente da GM, complementa a declaração de Barra dizendo que a marca tinha planos de reerguer a Holden, mas continuar atuando em um mercado fragmentado como a Oceania teria custo alto.

LEIA MAIS: Renault, Nissan e Mitsubishi revelam novas estratégias para 2020

Scott Morrison, primeiro-ministro da Austrália, se diz inconformado com a situação. “Estou desapontado, mas não surpreso. Sei que muitos australianos estão irritados neste momento”, disse ele. “Os nossos contribuintes colocaram milhões de dólares nesta companhia multinacional e eles simplesmente encerraram as operações”.

LEIA MAIS: Veja como a parceria entre Ford e VW vai impactar os carros elétricos

Aos poucos, a GM está abandonando mercados não-lucrativos para focar em regiões pontuais, como Estados Unidos, China, Coreia do Sul e Brasil. Em 2017, a fabricante vendeu as marcas Opel e Vauxhall para a Peugeot-Citroën.

Fonte: IG Carros
Comentários Facebook
Continue lendo

Carros

Harley-Davidson CVO Road Glide chega à linha 2020

Avatar

Publicado

source
Harley arrow-options
Divulgação

Harley-Davidson CVO Road Glide: O suprassumo da marca, que custava R$ 155.900

Após a saída da CVO Road Glide, que era vendida no Brasil até o fim do ano passado, eis que ela acaba de chegar à linha 2020 no exterior. Sem previsão de retornar ao nosso mercado, sai por US$ 40.999 nos EUA, aproximadamente R$ 177.120 em conversão direta. O topo de linha da Harley-Davidson, criado pela divisão especial Custom Vehicle Operation, a equipa com tudo o que a marca pode oferecer.

LEIA MAIS: Harley-Davidson oferece condições especiais às famílias Touring e Softail

Harley arrow-options
Divulgação

Modelo é um dos mais equipados, o que faz ser uma das Harley preferidas dos que curtem pegar uma estrada

O maior destaque fica por conta do motor Milwaukee-Eight 117. Com 1.923 cc, gera 17,42 kgfm nos 3.750 rpm. Além disso, a Harley-Davidson de topo recebe o RDRS (Reflex Defensive Rider Systems ou Sistemas Reflex de Pilotagem Defensiva), pacote eletrônico com itens como ABS e controle de tração atuantes em curvas, entre outros recursos.

LEIA MAIS: Harley-Davidson lança edição comemorativa da Fat Boy, que faz 30 anos em 2020

Única pela carenagem fixa, do tipo nariz de tubarão, a CVO Road Glide , como se não bastasse, ainda vem com os aquecedores de manopla, sistema H-D Connect com conectividade para celulares, fone Bluetooth para permitir ao piloto controlar o sistema de infotenimento por comandos de voz e painel de 6,5 polegadas, com tela sensível ao toque.

Road Glide no Brasil

Harley arrow-options
Divulgação

Harley-Davidson Road Glide Limited, que acaba de chegar à linha 2020 com novidades

Enquanto isso, para o Brasil, a família Touring tem como destaque a Road Glide Limited , que chega à linha 2020 para substituir a Road Glide Ultra, oferecendo recursos touring premium, incluindo novo acabamento interno da carenagem, manoplas aquecidas, novo grafismo, emblemas e rodas. Ela é outra que traz o motor Milwaukee-Eight 114.

LEIA MAIS: Testamos a Harley-Davidson CVO Road Glide, que deixa o Brasil

Destaque para 2020 é o novo sistema Reflex Defensive Rider System, que conta com controle de tração, freios ABS, controle assistente de parada e pressão de pneus. O sistema de informação e lazer Boom Box GTS conta com tela colorida sensível ao toque mesmo com luvas, com opções de navegação, entretenimento e comunicação via Bluetooth com celulares. A Harley-Davidson Road Glide Limited chega com preço sugerido à partir de R$ 104.500.

Fonte: IG Carros
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana