conecte-se conosco


Cidades

CIEE divulga nova relação de estagiários após impugnação documental

Publicado

Cidades

Após a análise documental e de recursos, o Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE), por meio do Departamento Pessoal, publica nesta quinta-feira (23) os nomes dos estagiários aprovados no Processo Seletivo da Prefeitura de São José do Rio Claro.

Houve a impugnação de uma candidatura devido sua anterior vinculação estagiária por dois anos consecutiva na Prefeitura. De acordo com a Lei n° 11.788/2008, o artigo 11 destaca que “A duração do estágio, na mesma parte concedente, não poderá exceder 2 (dois) anos, exceto quando se tratar de estagiário portador de deficiência”.

Diante disso, a encarregada do Departamento Pessoal, Dantieli Fernanda da Silva, esclareceu que houve a necessidade de avaliação documental e recursal, seguindo os termos do edital n° 001/2019, para emitir a nova relação de aprovados que deverão exercer a função na Secretaria Municipal de Educação.

“Consultamos a legislação vigente e constatamos o equívoco em uma das inscrições devido o exercício de estágio por dois anos consecutivos, o que não é permitido conforme a Lei própria de uso nacional. Portanto, fez-se necessária a desclassificação, de modo a garantir a transparência dos trabalhos do Poder Executivo Municipal”, pondera.

Os selecionados deverão se dirigir ao setor, em horário de expediente, municiado dos documentos pessoais.

* Confira aqui a nova relação nominal dos classificados.

SELEÇÃO

A lista única classificatória, nominal e por ordem crescente, foi emitida após vistoria dos documentos do candidato pelo Centro de Integração Empresa Escola (CIEE). 

O método de classificação ocorreu por Análise de Documentação e histórico de aproveitamento escolar. Dentre os procedimentos avaliativos, o CIEE avaliou o candidato devidamente matriculado em instituição de ensino reconhecida e conveniada com a instituição, conferindo o critério de maior média aritmética das notas obtidas no último semestre, desclassificando o acadêmico que obteve média inferior a cinco (5,0). Já para o critério de desempate, selecionou-se o estudante matriculado no maior semestre do curso, seguido o de maior idade.

No total, são disponibilizadas 46 (quarenta e seis) vagas, dos quais dez são para estudantes do último bimestre do nível médio e outras 36 (cinquenta e seis) para acadêmicos a partir do 2° bimestre de áreas diversas, sendo que 10% (dez por cento) são asseguradas aos discentes Portadores de Necessidades Especiais (PNE), além de outros 20 (vinte) cadastros reservas.

Segundo o edital, o CIEE deverá entrar em contato com os candidatos aprovados para serem encaminhados os documentos para admissão; contudo, os colaboradores do Departamento Pessoal sugerem que os selecionados compareçam à Prefeitura em horário de expediente (07h às 13h), municiados dos mesmos.

JORNADA E AUXÍLIO

A carga horária do estágio será de acordo com o previsto no Plano de Trabalho, não podendo ultrapassar as 06 (seis) horas diárias e 30 (trinta) horas semanais.

A bolsa auxílio de nível superior com carga horária de seis horas será de R$ 750,00 (setecentos e cinquenta reais) mais R$ 50,00 (cinquenta reais) de auxilio transporte. Já a remuneração de nível médio será de R$ 550,00 (quinhentos e cinquenta reais) mais R$ 50,00 (cinquenta reais) de auxilio transporte.

O estágio será de 11 (onze) meses, podendo ser rescindido o vínculo a qualquer momento por ambas as partes. Os chamamentos ocorrerão de acordo com a necessidade institucional e disponibilidade financeira e orçamentária da Prefeitura Municipal de São José do Rio Claro-MT.

Outras informações poderão ser esclarecidas no Departamento Pessoal da Prefeitura de São José do Rio Claro-MT, localizada na Rua Paraíba, 355 – Centro ou pelo telefone (65) 3386-1222. O horário de expediente é de segunda a sexta-feira, das 07h às 13h.

Comentários Facebook

Cidades

Tangará da Serra homologa protocolos de enfermagem

Avatar

Publicado

A Prefeitura Municipal de Tangará da Serra publicou nesta quinta-feira, 20, o decreto n.º 074/2020, que dispõe sobre o Protocolo de Enfermagem na Atenção Primária à Saúde no município. O decreto homologa a resolução 003/2020 do Conselho Municipal de Saúde, que estabelece protocolos para as seguintes áreas: atenção à demanda espontânea de cuidados no adulto; infecções sexualmente transmissíveis; hipertensão, diabetes e outros fatores associados a doenças cardiovasculares; atenção à demanda de cuidados na criança e saúde da mulher.

Os protocolos de enfermagem subsidiam a prática gerencial e assistencial dos profissionais de enfermagem nos diversos contextos de saúde. Estes instrumentos buscam a padronização e uniformização dos procedimentos, na perspectiva de reduzir erros e garantir maior qualidade nos atendimentos realizados.

Na Atenção Primária à Saúde (APS), os protocolos são fundamentais, especialmente nas consultas de enfermagem, em que o enfermeiro acolhe, escuta, examina e identifica os problemas de saúde (atuais e/ou potenciais), prescrevendo cuidados que visam a promoção, prevenção/proteção, recuperação ou reabilitação tanto em âmbito individual como coletivo.

Desde 1986, a partir da Lei do Exercício dos Profissionais de Enfermagem (7498/1986), o enfermeiro pode prescrever todos os cuidados de enfermagem, incluindo a prescrição de medicamentos estabelecidos em programas de saúde pública e em rotina aprovada pela instituição de saúde. No Código de Ética dos Profissionais de Enfermagem (564/2017) é reforçada essa premissa legal e ainda a possibilidade de outras prescrições em situações de emergência.

“Enaltecemos o empenho e esforço de todos os profissionais envolvidos nessa consolidação e conquista para a saúde e Enfermagem de Tangará da Serra, em especial, ao Enfermeiro Rômulo Cézar Ribeiro da Silva, presidente do Conselho Municipal de Saúde e a Enfermeira Dienefer Jaqueline Magalhães Feix, Secretária Municipal de Saúde”, destacou o Enfermeiro Vagner Ferreira do Nascimento, Conselheiro do Coren-MT.

Comentários Facebook
Continue lendo

Cidades

Servidor público de São Pedro da Cipa passará o carnaval com dinheiro no bolso

Avatar

Publicado

O pagamento dentro do mês trabalhado já é marca da gestão do prefeito Alexandre Russi que faz questão de pagar antecipadamente os servidores públicos do município de São Pedro da Cipa. 

O prefeito que está em seu segundo mandato reeleito com 83,64% diz que isso é uma forma de valorizar os servidores que tanto contribuem com a gestão. "Estou muito feliz em ter nossas contas em dias, esse é meu último ano de mandato e temos dinheiro em caixa obras sendo realizadas com recursos próprios e obras sendo realizadas com emendas parlamentares e federais, nossa economia vai muito bem, por isso conseguimos antecipar todos os meses a folha de pagamento", finalizou Alexandre Russi.

Ao longo de 7 anos e dois meses a gestão pagou antecipadamente os colaborados em todos os meses totalizando 84 meses de salários pagos dentro do mês trabalhado.

A servidora contratada Maria Aparecida Silva é técnica em saúde bucal que trabalha há 5 anos na prefeitura diz que nunca esteve tão satisfeita. "Estou muito feliz com esse emprego, pois quando menos espero o pagamento está na conta. Eu amo fazer parte dessa família, me sinto valorizada, em datas comemorativas como natal, ano novo, carnaval e feriados prolongados o prefeito antecipa ainda mais os pagamentos para que possamos viajar, nos divertir com nossas famílias tem como não ficar feliz?", disse Maria.

Então se você é servidor de São Pedro da Cipa, prepare-se para curtir o carnaval e o feriadão com dinheiro no bolso, claro se for cair na folia não beba se for dirigir. 

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana