conecte-se conosco


Política Nacional

Nova Vaza Jato aponta para lobby entre jornalistas e procuradores

Avatar

Publicado

source
deltan dallagnol arrow-options
Fernando Frazão / Agência Brasil

Procurador da força-tarefa da Lava Jato, Deltan Dallagnol estaria envolvido em esquema com jornalistas do Antagonista

Uma nova reportagem da série Vaza Jato  foi publicada nesta segunda-feira (20) pelo The Intercept Brasil . Os registros afirmam que haveria uma relação entre o site O Antagonista e procuradores da operação Lava Jato para influenciar a escolha do presidente do Banco do Brasil .

Leia mais: Deputada do PSL defende piada com morte de Marielle: “Livre expressão”

De acordo com o The Intercept , a força-tarefa tinha como intuito evitar que Ivan Monteiro, ex-presidente da Petrobras, assumisse a chefia do Banco do Brasil, no final de 2018. Na altura, Monteiro era o nome mais cotado para assumir o cargo, sendo uma escolha do ministro da Economia, Paulo Guedes.

O atual chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni , teria ficado desagradado com a escolha. O descontentamento de Onyx teria feito com que Deltan Dallagnol solicitasse que assessores fossem em busca de documentos contra o ex-presidente da Petrobrás. Os arquivos teriam sido enviados a Claudio Dantas , do portal O Antagonista

Leia também: Cliente de chefe da Secom vira ‘número 1’ em verbas publicitárias da pasta

Notícias sobre um escândalo de corrupção envolvendo o escritório de advocacia Mossack Fonseca , suspeito de abrir empresas offshore no Panamá teriam parado de circular no Antagonista a pedido de Dallagnol ao dono e editor do site, Diogo Mainardi . Em troca, informações exclusivas eram repassadas por Dallagnol ao site. 

Uma mensagem de 30 de agosto de 2018 confirmaria a tese levantada pelo site de jornalismo investigativo, The Intercept . As mensagens foram entregues ao Intercept por uma fonte anônima e foram registradas no aplicativo Telegram. 

Fonte: IG Política
Comentários Facebook

Política Nacional

Michelle Bolsonaro busca crianças que viralizaram falando mal do PT nas eleições

Avatar

Publicado

source
mulher fazendo coração com as mãos e homem ao lado dela arrow-options
Carolina Antunes/PR

Michelle e Bolsonaro

Michelle Bolsonaro usou seu Instagram oficial para convocar crianças que apareceram em vídeos que viralizaram durante a campanha do marido, Jair Bolsonaro , para a presidência em 2018.

Nos stories da conta da primeira-dama, foi feita a convocação, com o desenho de um coelho: “Good morning (bom dia em inglês) com essas fofuras que marcaram a eleição do meu esposo. Se alguém conhecer alguma delas, me chame no direct”. Na sequência, foram postados alguns vídeos dessas crianças .

Leia também: Após realizar cirurgia, Michelle Bolsonaro recebe alta hospitalar em Brasília

Num desses vídeos postados no Instagram de Michelle , uma menina de cerca de 4 anos repreende a mãe, que cita o nome de Haddad, que disputou o segundo turno com Bolsonaro. Em outro, um menino chora quando ouve do pai que ele vai votar em Haddad, e responde, aos prantos, que vai votar em Bolsonaro.

Já outro vídeo, datado em 3 de outubro de 2018, também postado nos stories da primeira-dama, uma menina de cerca de 4 anos é filmada euquanto fala: “Eu sou o Bolsonaro, eu sou o Bolsonaro…”. A mãe, então, a interrompe e pergunta o que o Lula é. “Lula é um ladrão”, responde a garotinha na gravação.

Fonte: IG Política
Comentários Facebook
Continue lendo

Política Nacional

PF investiga atentado contra deputado federal do PSL em Mato Grosso do Sul

Avatar

Publicado

source
Deputado arrow-options
Luis Macedo/Câmara dos Deputados

No Facebook, Trutis se define como “conservador, pró-armas, anticomunista e carnívoro”

A Polícia Federal instaurou inquérito para investigar o atentado sofrido pelo deputado federal Loester Trutis (PSL-MS) na manhã deste domingo (16). O carro em que estava o parlamentar e integrantes de sua equipe foi alvejado por, no mínimo, cinco tiros.

Leia também:Três pessoas são baleadas em passagem de bloco na Berrini em São Paulo

“O deputado conseguiu revidar o ataque. Apesar da emboscada, todos estão bem e sem ferimentos. O Batalhão de Operações Especiais – BOPE fez a retirada do local e a Polícia Federal já está acompanhando o caso”, diz o texto publicado em rede social do parlamentar

Os disparos ocorreram na BR-060 quando eles seguiam de Campo Grande para Sidrolândia. O deputado informou que suspendeu sua agenda de compromissos.

A PF informou que o deputado e o motorista já prestaram depoimento.

Leia também: Arrastão e muita pancadaria em bloco carnavalesco; veja vídeo

Leia a nota da PF :

“A Policia Federal informa, em relação ao ataque praticado contra o Deputado Federal Loester Gomes Gomes de Souza, na data de hoje (16/02), que tomou todas as medidas iniciais em relação ao caso, e instaurou Inquérito Policial para investigar o ocorrido.

O parlamentar e seu motorista não foram atingidos pelos disparos e prestaram declarações buscando colaborar com o procedimento investigativo”

Fonte: IG Política
Comentários Facebook
Continue lendo

Destaques

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana