conecte-se conosco


Cidades

Prefeitura reafirma política socioassistencial com abertura de Casa de Passagem

Avatar

Publicado

Cerimônia realizada na manhã desta sexta-feira, 17, marcou a abertura da Casa de Passagem, localizada no bairro Jardim das Palmeiras, na Rua das Violetas, esquina com Rua dos Manjoleiros. A unidade é administrada pelo Centro de Apoio e Reabilitação de Toxicômano e Alcoolistas (CARTAS), atuando como um espaço provisório de acolhimento e apoio às pessoas em situação de rua e vulnerabilidade social.
Para operar, a Casa recebeu todo o suporte da Prefeitura de Sinop, por meio da Secretaria de Assistência Social, Trabalho e Habitação, que proporcionou a aquisição de mobiliário novo, mais a realização de serviços na parte elétrica do prédio, como destaca o secretário Ademir Debortoli.  
"Deixamos a estrutura física para ser usada pelo CARTAS. A prefeita Rosana Martinelli sempre tem cobrado da secretaria para que, realmente, possamos estar atendendo à população e dando esse apoio para a secretaria. Hoje, o CARTAS assumiu mais uma responsabilidade e que é a casa de passagem", destaca o gestor.
O local tem capacidade para receber, quando de seu funcionamento pleno, até, 30 pessoas (mulher e família) em situação de vulnerabilidade, por um período limitado. Para utilizar o serviço o cidadão precisa realizar um cadastro junto ao Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) ou ao Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e, também, deve passar por uma entrevista na própria Casa, junto à uma psicóloga e uma assistente social, onde será realizada uma triagem para inclusão de dados no sistema. Caso a pessoa necessite do serviço em dias de final de semana ou feriados, ele será acolhido e orientando a fazer os trâmites burocráticos no próximo dia útil.
"A entidade CARTAS já existe em Sinop há seis anos e também trabalhamos com o público de vulnerabilidade social, só que voltado para dependência química e alcoolismo. Então, pelo fato de já estarmos trabalhando com esse público, a secretaria [de Assistência Social] nos fez esse convite para estarmos administrando a casa de passagem. A casa aberta vai melhorar o fluxo das pessoas que aqui passam. A intenção é visualizar menos pessoas nas ruas, pedindo dinheiro, dormindo em frente de comércio ou rodoviária, pois pode ser estimulado à trabalhar na sociedade. A casa de passagem é para esse público", destaca Bruna Nogueira, coordenadora da Casa de Passagem.
Presidente do Cartas, Ana Elisa Del Padre destaca o papel da Prefeitura de Sinop em tornar possível, ao Cartas, todo o suporte para que a entidade assumisse mais esse desafio no município. "Esse trabalho não seria possível sem o apoio da Prefeitura de Sinop em doar para nós os móveis e todo o suporte. Na casa de passagem, as pessoas terão um local para dormir, café da manhã, jantar e, durante o dia, vão poder procurar emprego em Sinop. Se for identificado algum problema com a pessoa, alguma dependência química, ou algo que exija uma atenção especial, também será encaminhado para o CARTAS, que cuida dos toxicômanos, dependentes químicos. É um desafio grande, mas, em parceria com o município, queremos desenvolver esse trabalho de forma digna", frisou a dirigente.

Fonte: AMM
Comentários Facebook

Cidades

Tangará da Serra homologa protocolos de enfermagem

Avatar

Publicado

A Prefeitura Municipal de Tangará da Serra publicou nesta quinta-feira, 20, o decreto n.º 074/2020, que dispõe sobre o Protocolo de Enfermagem na Atenção Primária à Saúde no município. O decreto homologa a resolução 003/2020 do Conselho Municipal de Saúde, que estabelece protocolos para as seguintes áreas: atenção à demanda espontânea de cuidados no adulto; infecções sexualmente transmissíveis; hipertensão, diabetes e outros fatores associados a doenças cardiovasculares; atenção à demanda de cuidados na criança e saúde da mulher.

Os protocolos de enfermagem subsidiam a prática gerencial e assistencial dos profissionais de enfermagem nos diversos contextos de saúde. Estes instrumentos buscam a padronização e uniformização dos procedimentos, na perspectiva de reduzir erros e garantir maior qualidade nos atendimentos realizados.

Na Atenção Primária à Saúde (APS), os protocolos são fundamentais, especialmente nas consultas de enfermagem, em que o enfermeiro acolhe, escuta, examina e identifica os problemas de saúde (atuais e/ou potenciais), prescrevendo cuidados que visam a promoção, prevenção/proteção, recuperação ou reabilitação tanto em âmbito individual como coletivo.

Desde 1986, a partir da Lei do Exercício dos Profissionais de Enfermagem (7498/1986), o enfermeiro pode prescrever todos os cuidados de enfermagem, incluindo a prescrição de medicamentos estabelecidos em programas de saúde pública e em rotina aprovada pela instituição de saúde. No Código de Ética dos Profissionais de Enfermagem (564/2017) é reforçada essa premissa legal e ainda a possibilidade de outras prescrições em situações de emergência.

“Enaltecemos o empenho e esforço de todos os profissionais envolvidos nessa consolidação e conquista para a saúde e Enfermagem de Tangará da Serra, em especial, ao Enfermeiro Rômulo Cézar Ribeiro da Silva, presidente do Conselho Municipal de Saúde e a Enfermeira Dienefer Jaqueline Magalhães Feix, Secretária Municipal de Saúde”, destacou o Enfermeiro Vagner Ferreira do Nascimento, Conselheiro do Coren-MT.

Fonte: AMM
Comentários Facebook
Continue lendo

Cidades

Servidor público de São Pedro da Cipa passará o carnaval com dinheiro no bolso

Avatar

Publicado

O pagamento dentro do mês trabalhado já é marca da gestão do prefeito Alexandre Russi que faz questão de pagar antecipadamente os servidores públicos do município de São Pedro da Cipa. 

O prefeito que está em seu segundo mandato reeleito com 83,64% diz que isso é uma forma de valorizar os servidores que tanto contribuem com a gestão. "Estou muito feliz em ter nossas contas em dias, esse é meu último ano de mandato e temos dinheiro em caixa obras sendo realizadas com recursos próprios e obras sendo realizadas com emendas parlamentares e federais, nossa economia vai muito bem, por isso conseguimos antecipar todos os meses a folha de pagamento", finalizou Alexandre Russi.

Ao longo de 7 anos e dois meses a gestão pagou antecipadamente os colaborados em todos os meses totalizando 84 meses de salários pagos dentro do mês trabalhado.

A servidora contratada Maria Aparecida Silva é técnica em saúde bucal que trabalha há 5 anos na prefeitura diz que nunca esteve tão satisfeita. "Estou muito feliz com esse emprego, pois quando menos espero o pagamento está na conta. Eu amo fazer parte dessa família, me sinto valorizada, em datas comemorativas como natal, ano novo, carnaval e feriados prolongados o prefeito antecipa ainda mais os pagamentos para que possamos viajar, nos divertir com nossas famílias tem como não ficar feliz?", disse Maria.

Então se você é servidor de São Pedro da Cipa, prepare-se para curtir o carnaval e o feriadão com dinheiro no bolso, claro se for cair na folia não beba se for dirigir. 

Fonte: AMM
Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana