conecte-se conosco


Nacional

Rio é a cidade do Brasil em que se perde mais tempo no transporte público

Avatar

Publicado

Rio arrow-options
Reprodução

Cidade ficou na primeira posição do ranking

Todos os dias, o motorista de ônibus Julio Cesar Silva, de 37 anos, acorda cedo para mais um dia de trabalho. A caminho da garagem da empresa, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, os quase 60 minutos dentro de um ônibus lotado não são nada perto do que ainda está por vir, já que ele passará o restante do dia a bordo de um coletivo que circula entre o município caxiense e a capital. As informações são do jornal O Dia .

Leia também: Testemunha de defesa do filho, Flordelis depõe à Justiça no início de fevereiro

Essa via crucis no trânsito, sobretudo como passageiro, não é exclusividade de Silva. Um levantamento feito pela Moovit, empresa especializada em mobilidade urbana, aponta que o Rio de Janeiro é a cidade brasileira com maior tempo médio de deslocamento no transporte público. Pelo menos 11% dos deslocamentos feitos na capital duram mais de duas horas. Outros 36% levam, em média, até 2 horas.

Além dos ônibus , o levantamento levou em consideração os deslocamentos feitos por meio de VLT, metrô, trem, barca, teleférico e plano inclinado. A capital aparece em 3º lugar no ranking mundial, com média de 67 minutos. Só perde para Istambul, na Turquia (72 minutos); e para a Cidade do México (69 minutos). Outras duas cidades brasileiras aparecem entre as dez principais apontadas pelo estudo: Recife e São Paulo. Em ambas as capitais, o tempo de deslocamento médio é de 62 minutos.

“Às vezes tem superlotação, depende do horário. Aí, a gente já chega cansado no serviço. No caso dos rodoviários, após passar por esses problemas para chegarmos à garagem e iniciar o dia de trabalho, ainda temos que enfrentar congestionamento , vias em péssimas condições. É muito estresse”, desabafa Silva.

Tempo de espero é outro drama

Quatro vezes por semana, Paulo Pinho, de 58 anos, sai de Guapimirim, na Baixada Fluminense, rumo ao Centro do Rio. “Não podemos marcar um compromisso e contar com o serviço público. Tem dias que saio com quatro horas de antecedência e mesmo assim chego atrasado. Esse tempo eu poderia estar com minha família”, reclama.

Leia também: Enem libera notas nesta sexta-feira; veja como recuperar senha

O levantamento da Moovit também registrou que o tempo médio de espera por um transporte público, no Rio , é de cerca de 17 minutos. “Aqui em Barra de Guaratiba só existe uma linha de ônibus. Os horários são incertos e não coincidem com o BRT, onde a espera acaba sendo muito grande”, reclama a balconista Ana Gouveia.

Comentários Facebook

Nacional

Chuvas de meteoros poderão ser vistas no Brasil este mês

Avatar

Publicado


source
Chuva de meteoros
Divulgação

Confira os fenômenos que ocorrerão este mês

De vez em quando, o planeta Terra atravessa a órbita de uma corrente de meteoróides. Quando isso ocorre, vários meteoros entram juntos na atmosfera, em trajetórias paralelas, e parecem vir de um mesmo lugar. Essa região se chama ponto radiante e a chuva de meteoros recebe o nome da constelação onde está o ponto radiante.

E três dessas chuvas de meteoros tiveram o ponto alto no fim de julho, mas continuarão visíveis pelos próximos dias.

A Piscis Austrinídeos, dentro da constelação Peixe Austral, fica visível até a madrugada do dia 10. O melhor horário para observar os meteoros é por volta das 23h.

As Alfa-Capricornídeas, em Capricórnio, estão ativas até 15 de agosto e têm origem em um cometa. E na constelação de Aquário tem as Delta-Aquarídeas, também originadas em um cometa e que serão visíveis até o dia 23.

Já as Perseidas também são provocadas por um cometa, o Swift Tuttle, e ocorrem na constelação de Perseu, o Herói, até o dia 24 de agosto. Enquanto as outras tiveram o auge no mês passado, as Perseidas terão seu ponto alto na semana que vem. Devido ao horário, não será possível acompanhar o fenômeno a olho nu aqui no Brasil. Essa chuva de meteoros será bastante intensa no dia 12, das 10h até as 13h.

No domingo (9), Dia dos Pais, quem acordar bem cedo poderá acompanhar a ocultação de Marte. É como se fosse um eclipse, quando a Lua passa entre a Terra e o planeta vermelho.

Comentários Facebook
Continue lendo

Nacional

Presidente de sindicato esquece microfone ligado e confessa situação irregular

Avatar

Publicado


source
Rede Record
Reprodução/Rede Record

Presidente do sindicato esquece microfone aberto e fala sobre esquema irregular

O programa “Repórter Record Investigação” exibiu, nesta semana, uma reportagem sobre a condições de trabalho análogas à escravidão em campos de Sisal na Bahia. A própria apuração, porém, não contava com o registro obtido pela emissora após um dos entrevistados esquecer a câmera e o microfone ligados depois da entrevista.

Após entrevista na qual afirmava “as condições de trabalho adequadas”, o presidente do Sindicado das Indústrias de Fibras Vegetais do Estado da Bahia – Sindifibras, Wilson Andrade, se despediu sem desligar os equipamentos. Wilson, então, levanta-se da cadeira para conversar com seu assessor. “O esquema é completamente irregular. Não tem registro, o cara trabalha como autônomo”, diz.

Pouco antes, Wilson iniciava a conversa dizendo que “a defesa está feita!”, mas confessa que a repórter – que questionou a indústria – tem razão. “Tá errado, ela tem razão. Agora, você tem que defender naquilo que pode, tá certo?”, afirma o presidente do sindicato, antes de perceber que as afirmações estavam sendo gravadas.

Sobre as condições de trabalho nos campos de Sisal, a reportagem denunciou jornadas exaustivas, trabalho infantil e levradores que foram mutilados em equipamentos. Grande parte dos trabalhadores recebem salário inferior ao mínimo. Durante a entrevista, antes da conversa com oassessor, o presidente do sindicato chegou a afirmar que “não acha a situação grave”.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana