conecte-se conosco


Mulher

Após erros, mulher quer corrigir plásticas que a deixou com “lábios tortos”

Avatar

Publicado

Ellen Gonzalez, de Connecticut, Estados Unidos, sofreu bullying durante a infância. Isso fez com que ela odiasse a própria aparência e despertou o desejo de fazer plásticas. Em 2004, ela decidiu investir em preenchimento labial pela primeira fez, mas continuou insatisfeita com o que via no espelho. Anos mais tarde, em 2016, fez duas rinoplastias e outro procedimento nos lábios, dessa vez para deixá-los menores. 

Leia também: Mulher economiza em plástica e resultado dá errado: “Você recebe o que paga”

Ellen Gonzales arrow-options
Reprodução/The Sun

Segundo Ellen, o cirurgião deixou seus lábios tortos e, por isso, ela quer fazer plásticas de correção

Ao The Sun , Ellen, que atualmente tem 42 anos, afirma que as rinoplastias a deixaram com um “nariz de porco” e o preenchimento com “lábios tortos” que trouxeram diversas consequências, como dificuldades para sorrir, comer e beber. Agora, ela quer fazer plásticas corretivas para “voltar a ter a aparência de antes”. 

“Eu queria nunca ter feito nada no meu rosto. Me sinto feia e nada atraente. Não quero mais parecer falsa. Eu passei por muitos traumas na infância que me fizeram querer recorrer às plásticas. Quando te dizem que você é gorda, feia, que você estaria melhor morta, você faz qualquer coisa para mudar essa impressão que tem de si mesma.”

Ellen depois das plásticas em 2016 arrow-options
Reprodução/The Sun

Ellen depois das cirurgias plásticas em 2016

“[O cirurgião] originalmente fez uma rinoplastia  , mas meu nariz ficou parecendo um nariz de porco. Não parecia natural, mas como dois narizes separados.”

“A segunda vez ele retirou gordura da minha barriga para colocar no meu nariz. Agora, meu nariz parece maior do que o que tinha antes de todas as cirurgias.”

“O médico também disse que deixaria meus lábios menores, mas em vez de cortar de modo que formasse uma linha, ele os deixou tortos.

“O lábio inferior parece caído dos lados e quando eu fecho minha boca, o ar entra. Eles ficaram com nódulos. Quando cobrei uma explicação ele só disse que se eu não gostei, ele consertaria de novo”, comenta. 

“Para mim, cirurgia era sobre me fazer ficar bonita, mas agora não consigo comer ou beber direito. A comida cai da minha boca e se eu bebo líquidos estando em uma posição incorreta, eles também vazam. Eu preciso beber tudo com um canudo.”

“Eu escondo meus lábios inferiores para as pessoas não notarem. Eu pareço normal, contanto que não dê um sorriso”, confessa a norte-americana. 

Leia também: “Deu ruim” no preenchimento labial? Saiba o que fazer para corrigir isso

“Eu tirava fotos o tempo todo, hoje não quero mais”

Desempregada, Ellen afirma que não tem outra alternativa a não ser voltar ao mesmo cirurgião, em vez de procurar um segundo profissional. Ela espera que consiga recuperar sua aparência “normal” depois de tantos erros e servir de exemplo para as filhas, mostrando que se sentir confiante na própria pele vale mais a pena do que as plásticas. 

“O cirurgião vai fazer um procedimento corretivo e eu não tenho outra opção. Escrevi literalmente três páginas de notas sobre o que quero, começando com ‘não corte meu lábio superior’. Não estou me sentindo muito bem sobre confiar nele novamente. Meus lábios ainda estão com as cicatrizes da última vez, e eu não quero ter mais cicatrizes.”

Leia também: “O silicone vai rasgar a pele e cair”, diz mulher após erro em cirurgia plástica

“Antes, eu tirava fotos o tempo todo, hoje não quero mais. Meu objetivo é voltar a parecer comigo mesma para que as minhas filhas tenham uma boa autoestima e saibam se valorizar. [Não quero que elas] achem que ter os lábios super cheios da Barbie é a única forma de se sentir bonita”, finaliza Ellen. 

Comentários Facebook

Mulher

Por que um abuso sexual ainda incomoda mesmo depois de anos?

Avatar

Publicado


source

Na segunda-feira (13), Juliana Lohmann, 30 anos, compartilhou um relato onde fala que foi estuprada por um diretor de cinema . Segundo a atriz, o caso aconteceu há 12 anos, quando ela tinha 18 e viajou a São Paulo para fazer um teste de um longa metragem. “Ele me enganou, me drogou e me estuprou, violando sexual e deixando marcas que carregarei pro resto da vida”,  escreve. 

ilustração de mulher
FreePik

Psicóloga explica que abusos sexuais, como o estupro, deixam marcas para a vida toda

No texto, Juliana diz sobre como o acontecimento ainda reflete em sua vida, além de comentar a culpa que carregou durante tantos anos. No Instagram, a atriz também compartilhou seus sentimentos sobre ter exposto a situação após tanto tempo: “São acontecimentos que habitam meu íntimo de maneira muito profunda e constituem grande parte da mulher que me torno a cada dia”. 

“Essas memórias perduraram por tempo demais no silêncio e na dúvida que a estrutura patriarcal nos faz ter acerca das próprias marcas que nos infringem”, continua. Em entrevista ao Delas, a psicóloga clínica Daniela Generoso, presidente da ONG “É possível sonhar”, que atende vítimas de violência doméstica, explica que casos de abuso sexual, como o de Juliana, ressoam durante toda a vida. 

“É um trauma. É aquela cicatriz que fica e traz consequências”, fala. De acordo com a profissional, a vida social, profissional e íntima da mulher vítima de estupro vai ser afetada. “Ela não vai conseguir lidar com as pessoas e vai viver desconfiada, vai se achar inferior e duvidar da capacidade”, exemplifica. 

Ver essa foto no Instagram

Falar sobre o estupro que vivi aos 18 anos e as agressões provenientes de uma relação abusiva de tempos depois é resultado de um processo muito longo de elaboração. São acontecimentos que habitam meu íntimo de maneira muito profunda e constituem grande parte da mulher que me torno a cada dia. Essas memórias perduraram por tempo demais no silêncio e na dúvida que a estrutura patriarcal nos faz ter acerca das próprias marcas que nos infringem. Ajo movida pela força da certeza de que não podemos mais nos calar. Precisamos falar sobre as estruturas de opressão sob as quais as mulheres estão submetidas, sobre o machismo, sobre violência doméstica, sobre relacionamento abusivo, sobre estupro. Exponho esse relato no intuito de, além de jogar luz nessas questões, fazer com que outras mulheres, que talvez possam se identificar com tais acontecimentos, tenham mais clareza acerca das próprias experiências. Meu desejo, ao expor esse relato pessoal, é de denúncia. Não apenas da forma de operar desses homens, mas principalmente de um sistema. Esse isolamento me levou ao reencontro da coragem. Mas, nessa caminhada, tive pessoas que me deram a mão com muito amor. Obrigada @sayonarasarti @novacomunicacao pela confiança, escuta e parceria, e @claudiaonline @isadercole por ter me aberto esse espaço tão precioso. O link pra ler a matéria completa está na bio.

Uma publicação compartilhada por JULIANA LOHMANN (@julohmann) em 13 de Jul, 2020 às 2:39 PDT

Daniela relata que algumas mulheres desenvolvem transtornos psiquiátricos, como a ansiedade e depressão, transtornos alimentares e até problemas gastrointestinal. “É como se você tivesse sofrido um acidente e ficado com a perna manca. É uma consequência. Você consegue lidar? Sim, você vai aprender ferramentas para lidar se passar por terapia e vai conseguir se refazer, mas as consequências ficam”, aponta.

No relato publicado no site da revista Claudia, Juliana Lohmann fala sobre como sentiu por anos o que passou naquela noite. “Quanto mais eu me distanciava dos ocorridos, mais percebia que os danos psicológicos ainda reverberavam dolorosamente”, escreve. 

Culpa 

No texto, a atriz ainda comenta sobre como demorou anos para entender que o que aconteceu não foi sua culpa. “Eu passei doze anos, quase metade da minha vida até aqui, na dúvida. Eu me questionei se realmente eu não quis”, escreve Juliana.

De acordo com a psicóloga, a culpa é comum entre as vítimas de abuso sexual, inclusive, esse é um dos fatores que pode levá-las a demorar para expor o que aconteceu . “Sempre há um discurso para invalidar a mulher”, diz Daniela. 

Uma pesquisa de 2016 do Datafolha aponta que um em cada três brasileiros culpa a mulher em caso de estupro. “É um sistema patriarcal extremamente machista onde o homem ‘tem direito’ de possuir a mulher”, fala a psicóloga. 

Nesse sentido, Daniela reforça que sexo é algo consentido e que o “não” deve ser respeitado. Além disso, lembra a importância de denunciar formalmente, mesmo que de forma anônima.. “Precisamos expor o que acontece com a gente”. 

Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook
Continue lendo

Mulher

11 receitas com sobras de carnes para não desperdiçar nada

Avatar

Publicado


source

Alto Astral

O que fazer quando a geladeira está vazia e você sem criatividade nenhuma para preparar algo novo para o almoço , jantar ou, até mesmo, o lanche da tarde? Antes de sair cozinhando, vale a pena aproveitar o que já tem pronto, criando algumas receitas com sobras de carne .

Isso mesmo! Se restou aquele pouquinho do bife de ontem, frango ou peixe, você possui várias opções para reinventar suas refeições e montar algo muito gostoso. Nem vai parecer que você usou as sobras de outro dia e todos vão adorar saborear estes pratos.

Renove as suas refeições com as receitas com sobras de carne

1. Bolinho de arroz com pernil

receitas com sobras de carne Bolinho de arroz com pernil
Foto: Guia da Cozinha

Ingredientes:

  • 2 xícaras (chá) de arroz cozido
  • 1 colher (sopa) de cebola ralada
  • 1 dente de alho amassado
  • 2 colheres (sopa) de cheiro-verde picado
  • 1 xícara (chá) de pernil cozido ou assado desfiado
  • 1/2 xícara (chá) de leite
  • 1 ovo batido
  • 1 colher (café) de fermento em pó
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto
  • 1 xícara (chá) de farinha de trigo
  • 2 xícaras (chá) de farinha de rosca
  • 12 tiras de queijo coalho
  • Óleo para fritar

Modo de preparo:

Em uma tigela, misture o arroz, a cebola, o alho, o cheiro-verde, o pernil, o leite, o ovo, o fermento, sal, pimenta e a farinha de trigo. Com as mãos, modele os bolinhos, passe pela farinha de rosca e espete em uma das extremidades 1 tira de queijo, deixando uma parte para fora. Frite em óleo quente, escorra em papel absorvente e sirva em seguida.

2. Bolinho de peixe com geleia de pimenta

receitas com sobras de carne Bolinho de peixe com geleia de pimenta
Foto: Guia da Cozinha

Ingredientes:

  • 600g de batata com casca
  • 500g de peixe branco cozido e desfiado
  • 2 ovos
  • 1 colher (sopa) de farinha de trigo
  • 4 colheres (sopa) de maisena
  • 1/2 cebola picada
  • 1 dente de alho picado
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto
  • Óleo para fritar

Molho:

  • 1 xícara (chá) de açúcar
  • 3 pimentas dedo-de-moça picadas sem sementes
  • 1 xícara (chá) de suco de laranja
  • 1 maçã sem casca ralada

Modo de preparo:

Para a geleia, em uma panela, misture o açúcar, a pimenta, o suco de laranja, a maçã e leve ao fogo médio, mexendo de vez em quando por 10 minutos ou até encorpar e ficar no ponto de geleia. Transfira para uma molheira e deixe esfriar. Cozinhe a batata em uma panela com água até amaciar. Escorra e passe ainda quente pelo espremedor. Despeje em uma tigela, adicione o peixe, os ovos, a farinha, a maisena, a cebola, o alho, tempere com sal e pimenta e misture. Modele bolinhos com as mãos e frite, aos poucos, em óleo quente, até dourar. Escorra sobre papel-toalha e sirva acompanhado da geleia.

3. Omelete de frango

receitas com sobras de carne Omelete de frango
Foto: Guia da Cozinha

Ingredientes:

  • 4 ovos batidos
  • 2 colheres (sopa) de creme de leite
  • 1 colher (café) de ervas finas
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto

Recheio:

  • 1 colher (sopa) de manteiga
  • 1 cebola picada
  • 1 dente de alho amassado
  • 2 xícaras (chá) de frango cozido e desfiado
  • 1 tomate sem sementes picado
  • 2 colheres (sopa) de ervilha em conserva escorrida
  • 4 colheres (sopa) de milho verde em conserva escorrido
  • Sal, pimenta-do-reino e cheiro-verde picado
  • 1 xícara (chá) de queijo mussarela ralado

Modo de preparo:

Para o recheio, em uma panela, em fogo médio, derreta a manteiga. Refogue a cebola e o alho por 3 minutos. Adicione o frango, o tomate, a ervilha e o milho. Tempere com sal, pimenta, cheiro-verde e reserve. Em uma tigela, misture os ovos, o creme de leite e as ervas finas. Tempere com sal e pimenta. Em uma frigideira antiaderente média, em fogo médio, espalhe metade da mistura de ovos. Deixe firmar e vire. Deixe firmar do outro lado e espalhe metade do recheio. Polvilhe com metade da mussarela e dobre a omelete ao meio, deixando que derreta a mussarela. Repita o procedimento com o restante da massa e do recheio, fazendo mais uma omelete. Sirva em seguida, se desejar, decorada com folhas de alface.

4. Sanduíche natural com frango desfiado

Sanduíche natural com frango desfiado
Foto: Guia da Cozinha

Ingredientes:

  • 1 pacote de pão de forma (500g)
  • 16 folhas de alface lavadas

Creme:

  • 3 xícaras (chá) de frango cozido e desfiado
  • 1 xícara (chá) de tomate-cereja cortados ao meio
  • 1 cenoura ralada
  • 4 colheres (sopa) de maionese
  • 4 colheres (sopa) de cream cheese
  • 4 colheres (sopa) de cheiro-verde picado

Modo de preparo:

Para o creme de frango, em uma tigela, misture o frango, o tomate-cereja, a cenoura, a maionese, o cream cheese e o cheiro-verde. Espalhe este recheio em metade das fatias de pão, divida as folhas de alface entre eles e feche os sanduíches com as fatias de pão restantes. Embrulhe, um a um, em filme plástico ou guarde em potes tampados na geladeira até o momento de servir.

5. Torta de frango cremosa com iogurte

Torta de frango cremosa com iogurte
Foto: Guia da Cozinha

Ingredientes:

  • 2 xícaras (chá) de leite
  • 1 xícara (chá) de óleo
  • 1 pacote de creme de cebola (68g)
  • 3 ovos
  • 2 e 1/3 de xícaras (chá) de farinha de trigo
  • 1 colher (sopa) de fermento em pó
  • Margarina e farinha de trigo para untar e enfarinhar
  • Queijo parmesão ralado a gosto para polvilhar

Recheio:

  • 2 copos de requeijão cremoso (400g)
  • 1 copo de iogurte natural (200g)
  • 2 ovos
  • 1 cubo de caldo de legumes
  • 3 xícaras (chá) de frango cozido e desfiado
  • 1 xícara (chá) de milho congelado
  • 1 xícara (chá) de ervilha congelada
  • 1/2 xícara (chá) de pimentão vermelho picado
  • 1/2 xícara (chá) de pimentão amarelo picado
  • Sal e pimenta a gosto
  • 2 xícaras (chá) de queijo mussarela ralado

Modo de preparo:

No liquidificador, bata o leite, o óleo, o creme de cebola, os ovos e adicione a farinha, aos poucos. Por último, coloque o fermento. Reserve. No liquidificador, bata o requeijão com o iogurte, os ovos e o caldo de legumes. Em uma tigela, coloque o frango e junte com o creme batido, o milho, a ervilha e os pimentões. Tempere com sal e pimenta. Despeje metade da massa em um refratário grande untado e enfarinhado e espalhe o recheio e a mussarela. Cubra com o restante da massa e polvilhe com parmesão. Leve ao forno médio, preaquecido, por 30 minutos ou até dourar levemente. Corte e sirva.

6. Estrogonofe de frango pratico e econômico

receitas com sobras de carne Estrogonofe de frango prático e econômico
Foto: Guia da Cozinha

Ingredientes:

  • 1 colher (sopa) de margarina
  • 1,2kg de sobrecoxa de frango sem osso em cubos
  • 1 cebola picada
  • 1 dente de alho picado
  • 1/2 xícara (chá) de ketchup
  • 1 xícara (chá) de champignon fatiado
  • 1 cubo de caldo de galinha
  • 6 colheres (sopa) de água
  • 1 lata de creme de leite
  • Sal, pimenta-do-reino e noz-moscada ralada a gosto

Modo de preparo:

Aqueça uma panela com a margarina, em fogo médio, e frite o frango até dourar. Adicione a cebola, o alho e refogue por 3 minutos. Acrescente o ketchup, o champignon, o caldo de galinha, a água e refogue por 3 minutos. Misture o creme de leite, sal, pimenta, noz-moscada e cozinhe por 5 minutos. Desligue e, se desejar, sirva acompanhado de arroz branco e batata palha.

7. Pão de fubá com linguiça

Pão de fubá com linguiça toscana
Foto: Guia da Cozinha

Ingredientes:

  • 2 tabletes de fermento biológico fresco (30g)
  • 2 colheres (sopa) de açúcar
  • 1 colher (sobremesa) de sal
  • 1 xícara (chá) de leite morno
  • 1/2 xícara (chá) de óleo
  • 2 ovos
  • 1 xícara (chá) de fubá
  • 3 xícaras (chá) de farinha de trigo (aproximadamente)
  • Óleo e farinha de trigo para untar e enfarinhar
  • 1 gema para pincelar
  • Queijo parmesão ralado para pincelar

Recheio:

  • 1 colher (sopa) de manteiga
  • 1 cebola picada
  • 2 dentes de alho amassados
  • 5 gomos de linguiça toscana esmigalhada
  • Cheiro-verde picado a gosto
  • 1 xícara (chá) de queijo prato ralado

Modo de preparo:

Em uma tigela, misture o fermento e o açúcar até dissolver. Adicione o sal, o leite, o óleo, os ovos, o fubá e misture. Junte a farinha, aos poucos, sovando até que desgrude das mãos. Se necessário, acrescente mais farinha. Cubra e deixe descansar por 1 hora. Em uma panela, em fogo médio, derreta a manteiga e frite a cebola e o alho por 3 minutos. Junte a linguiça, cheiro-verde e refogue por 10 minutos, mexendo até secar e dourar. Deixe esfriar. Abra a massa com um rolo, formando um retângulo, e espalhe o recheio e o queijo. Enrole como rocambole, fechando as laterais, e coloque em uma fôrma untada e enfarinhada. Pincele com a gema, polvilhe com parmesão e leve ao forno médio, preaquecido, por 40 minutos ou até assar e dourar. Deixe amornar e sirva.

8. Polenta com ragu de linguiça

Polenta com ragu de linguiça
Foto: Guia da Cozinha

Ingredientes:

  • 1 e 1/2 xícara (chá) de fubá pré-cozido
  • 6 xícaras (chá) de água
  • 1 cubo de caldo de legumes
  • 2 colheres (sopa) de manteiga
  • Manteiga para untar
  • Cheiro-verde picado para polvilhar

Molho:

  • 3 colheres (sopa) de azeite
  • 1 cebola picada
  • 1 dente de alho picado
  • 600g de linguiça toscana sem pele esmigalhada
  • 3 tomates picados
  • 1 lata de molho de tomate
  • Sal, pimenta-do-reino e manjericão picado a gosto

Modo de preparo:

Misture o fubá com metade da água até dissolver. Reserve. Aqueça uma panela em fogo médio com a água restante, o caldo de legumes e a manteiga até ferver e dissolver o caldo. Adicione o fubá dissolvido e cozinhe, mexendo até engrossar levemente. Cozinhe por 5 minutos, transfira para um refratário untado e reserve. Para o molho, aqueça uma panela com o azeite, em fogo médio, e frite a cebola, o alho e a linguiça até dourar. Adicione o tomate, o molho, sal, pimenta, manjericão e cozinhe por 10 minutos, mexendo de vez em quando, até formar um molho encorpado. Despeje sobre a polenta, polvilhe com cheiro-verde e sirva.

9. Escondidinho de costela desfiada

receitas com sobras de carne Escondidinho de costela desfiada
Foto: Guia da Cozinha

Ingredientes:

  • 1kg de costela em pedaços
  • Sal, pimenta-do-reino e salsa picada a gosto
  • 2 dentes de alho picados
  • 1 cebola grande picada
  • 1 tomate maduro picado

Purê:

  • 1kg de mandioca em pedaços
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto
  • 1 xícara (chá) de leite
  • 2 colheres (sopa) de manteiga
  • 100g de queijo mussarela ralado

Modo de preparo:

Tempere a costela com sal e pimenta, coloque em uma panela de pressão e cubra com a água. Cozinhe por 40 minutos depois de iniciada a pressão. Desligue e coloque sobre água corrente para sair a pressão. Escorra e desfie a carne. Refogue a carne em uma panela com o alho e a cebola até dourar. Adicione o tomate, salsa, sal e pimenta e transfira para uma travessa média. Para o purê, cozinhe a mandioca em água fervente com sal por 25 minutos ou até amaciar. Escorra e passe ainda quente pelo espremedor. Aqueça o leite com a manteiga e adicione ao purê, misturando com uma colher de pau. Tempere com sal e pimenta e espalhe sobre o refogado. Polvilhe com o queijo e leve ao forno alto, preaquecido, por 15 minutos. Sirva em seguida.

10. Buraco quente aberto

receitas com sobras de carne Buraco quente aberto
Foto: Guia da Cozinha

Ingredientes:

  • 2 colheres (sopa) de óleo
  • 1 cebola ralada
  • 2 dentes de alho picados
  • 1 tomate sem sementes picados
  • 500g de carne moída
  • 1 envelope de caldo de carne em pó
  • 1/2 xícara (chá) de azeitona verde picada
  • 1 colher (sopa) de farinha de trigo
  • Sal, pimenta-do-reino e salsa picada a gosto
  • 4 pães franceses cortados ao meio no comprimento
  • 150g de queijo mussarela ralado

Modo de preparo:

Em uma panela, aqueça o óleo, em fogo médio, e refogue a cebola e o alho por 3 minutos. Junte o tomate e refogue por 2 minutos. Adicione a carne, o caldo de carne, a azeitona e refogue por 5 minutos ou até secar. Polvilhe a farinha e mexa até engrossar levemente. Tempere com sal, pimenta e salsa picada. Deixe amornar. Divida a carne entre as metades de pães sem o miolo e coloque em uma fôrma, um ao lado do outro. Polvilhe com a mussarela e leve ao forno médio, preaquecido, por 15 minutos ou até gratinar. Retire e sirva em seguida.

11. Escondidinho de carne com requeijão

receitas com sobras de carne Escondidinho de carne com requeijão
Foto: Guia da Cozinha

Ingredientes:

  • 1kg de filé-mignon em tiras
  • Sal, pimenta-do-reino e salsa picada a gosto
  • 2 colheres (sopa) de azeite
  • 1 cebola picada
  • 2 dentes de alho picados
  • 1 tomate sem sementes picado

Purê:

  • 600g de mandioquinha cozida e amassada
  • 2 colheres (sopa) de manteiga
  • 1 caixa de creme de leite (200g)
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto
  • 1 xícara (chá) requeijão cremoso
  • 50g de queijo parmesão ralado

Modo de preparo:

Em uma tigela, tempere a carne com sal e pimenta. Aqueça uma panela com o azeite, em fogo alto, e doure a carne. Adicione a cebola, o alho e refogue por 3 minutos. Junte o tomate e refogue por mais 2 minutos. Tempere com sal, pimenta, salsa picada e desligue. Coloque em um refratário médio e reserve. Para o purê, em uma panela, coloque a mandioquinha, a manteiga e o creme de leite. Leve ao fogo médio e refogue por 3 minutos. Tempere com sal, pimenta e espalhe sobre a carne, alisando com uma colher. Espalhe o requeijão e alise com uma colher. Polvilhe com o queijo parmesão e leve ao forno médio, preaquecido, por 10 minutos ou até dourar. Retire e sirva em seguida.

Leia também:

Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Política MT

Mato Grosso

Mais Lidas da Semana